Coronavirus, Salud, España, Barcelona, Ncov, Enfermedades Respiratorias, Enfermedades, Virología, Salud Pública, Medicina, Enfermedades İnfecciosas

Coronavirus, Salud

Catalunha registra primeiro caso de coronavírus enquanto vice-ministro da Saúde do Irã é infectado

Com este, são cinco os casos de infectados na Espanha

25/02/2020 21:00:00

Com este, são cinco os casos de infectados na Espanha

Croácia e Áustria registram os primeiros casos da doença e contágio eleva a quase 1000 pessoas infectadas na Coreia do Sul

, saindo da Ásia. No Irã, o virus alcançou o vice-ministro da Saúde, Iraj Haririchi. Seu ministério aconselhou a população a ficar em casa devido à expansão do vírus no Irã, onde existem contradições quanto ao número de mortos: um deputado da cidade mais afetada falou na segunda-feira em 50 mortos, enquanto o Governo reconhece 15. Na

EUA anunciam proibição de entrada de viajantes vindos do Brasil por causa de coronavírus Companheiro bolivariano Bolsonaro 'Falta empenho de Bolsonaro no combate à corrupção', diz Sergio Moro - ISTOÉ Independente

Itália, uma mulher do norte do país que estava de férias em Palermo, na ilha de Sicília, é o primeiro caso registrado no sul. O vírus chegou também à Toscana, onde dois homens, em Florença e em Pistoia, deram positivo, e a Ligúria. Já foram registradas 7 mortes e 283 infecções na Itália.

As autoridades da Croácia e da Áustria confirmaram nesta terça os primeiros casos de contágio em seu território.O primeiro ministro croata, Andrej Plenkovic, confirmou o caso e monitora o assunto de perto. Também na Áustria, o governador do Tirol, Günther Platter, confirmou os dois primeiros casos positivos de coronavírus nesta região. Os dois pacientes estão isolados numa clínica de Innsbruck. Segundo o governador, as duas pessoas são de Bérgamo, na região da Lombardia, a mais afetada pelo vírus no norte da Itália. Os dois são pacientes jovens, de 24 años, e suas vidas não correm perigo.

As autoridades dos diversos países têm procurado acalmar a população, apesar datensão provocada pela confirmação acelerada de infectados em diversos países, e mortes. “Tenham confiança em nosso sistema de saúde pública que se destaca neste tipo de crise”, disse o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, quando entrava no plenário do Senado.

Também o primeiro ministro italiano, Giuseppe Conte, emitiu uma mensagem nessa mesma linha, pedindo confiança no sistema de saúde do seu país, muito embora tenha soltado palavras controvertidas nesta segunda, quando afirmou que o vírus havia se estendido na Itália porque os hospitais “não havia cumprido o protocolo”. “Os

cidadãos devem estar tranquilos. Nossos protocolos são eficientes, efetivos e adequados para responder a emergências”, assegurou.Em Bahréin, nove novos casos foram anunciados nesta terça, o que eleva a 17 o total no país. Na China, as autoridades informaram a ocorrência de mais 71 mortes (cerca de 2.700 no total), e há quase 78.000 contagiados. A Coreia do Sul confirmou 977 casos de contágio, 144 a mais do que esta segunda.



Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil

Croácia, Espanha, Áustria e Suíça confirmam casos de coronavírus - Saúde - EstadãoHotel nas Ilhas Canárias, arquipélago espanhol no Oceano Atlântico, foi colocado em quarentena após um caso ser testado positivo Saude Saude Até q enfim o carnaval acaba amanhã e aparecerão enfim os casos do Brasil. A falta de informação que gera pânico. Sejam honestos, por favor. Não se vendam ao governo.

Número de mortes por coronavírus passam de 2,5 mil - Saúde - EstadãoNúmero total de infectados passa de 77 mil, sendo a grande maioria na província de Hubei, na China

Milão se fecha diante do coronavírus: ‘Prateleiras do mercado já estão vazias’, conta brasileiro - Saúde - EstadãoAutoridades decidiram fechar escolas, museus, teatros, cinemas. Até mesmo a catedral de Milão – o célebre Duomo – foi fechado; Itália tem 152 casos confirmados e três mortos Até a máscara é Versace. 🤧

Itália luta contra 'explosão' de casos do coronavírus, após terceira morte registrada - Saúde - EstadãoEscolas, universidades, museus e cinemas são fechados e já faltam alimentos em mercados de Milão; Áustria suspendeu tráfego de trens com o país e partidas de futebol foram adiadas Cuidado maisa Aguardem depois do carnavirus.... 8 . Nb. 5 87. 7 9m i n

Brasileiros na Itália relatam ruas vazias e corrida por máscaras por causa de coronavírus - Saúde - EstadãoNorte de país europeu suspendeu eventos e até tradicional carnaval de Veneza; existe muito alarmismo, diz arquiteto Vão apostar que o andar de cima do Brasil já estão comprando mais ninguém fala pra ninguém Oa brasileiros nas cidades italianas em quarentena acham que há muito alarmismo. Daí fica evidente a capacidade do brasileiro de minimizar riscos e achar que tudo pode se resolver de última hora. Pela notícia parece que alguns brasileiros nas cidades italianas em quarentena acham que há muito alarmismo. Daí fica evidente a capacidade do brasileiro de minimizar riscos e achar que tudo pode se resolver de última hora.

Brasil acompanha situação na Itália e seguirá OMS, diz Ernesto Araújo - Saúde - Estadão'Não faríamos nada isoladamente', diz o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo Vai seguir um órgão Globalista? Como enfrentar isso com a destruição do SUS A essa altura, o vírus já está pulando carnaval. Nem máscara os funcionários de Guarulhos usam.