Visão | Poluição ultrapassou o limite 'seguro' para a humanidade, alerta novo estudo

19/01/2022 13:55:00

Poluição ultrapassou o limite “seguro” para a humanidade, alerta novo estudo

Poluição ultrapassou o limite “seguro” para a humanidade, alerta novo estudo

Para perceberem se a poluição tinha ultrapassado os limites aceitáveis, os investigadores tiveram em conta alguns parâmetros, incluindo a taxa de produção de produtos químicos, que dizem estar a aumentar rapidamente, e a sua libertação para o ambiente

Ambiente 19.17.Mundo 18.Lusa Mundo 18.

01.2022 às 08h46 “O ritmo a que as sociedades estão a produzir e a libertar novos produtos químicos para o meio ambiente não é consistente com a permanência num espaço operacional seguro para a humanidade”, afirma, citada pelo Guardian , Patricia Villarrubia-Gómez, assistente de pesquisa no Stockholm Resilience Centre (Centro de Resiliência de Estocolmo), na Suécia.2022 às 15h19 Lusa Bolsonaro “definitivamente” seria um dos negacionistas no filme “Não olhe para cima” — realizador Lusa O cineasta norte-americano Adam McKay, realizador do filme"Não olhe para cima" ('Don't Look Up'), afirmou hoje que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, estaria entre os negacionistas retratados na obra Lusa Mundo 17.A investigadora fez parte de um novo estudo que concluiu que, de facto, a poluição no planeta está a ameaçar a estabilidade dos ecossistemas, desequilibrando-os, abordando os plásticos como motivo de grande preocupação, mas também mais de 300 mil produtos químicos sintéticos como os pesticidas, que eliminam muitos insetos não-alvo, fundamentais para a cadeia alimentar.A decisão foi confirmada numa reunião do comité especial para a construção da nova capital por Suharso Monoarfa, ministro do Planeamento do Desenvolvimento Nacional, de acordo com o jornal Kompas.De acordo com Villarrubia-Gómez, a produção de químicos sintéticos aumentou 50 vezes desde 1950 e prevê-se que esse valor triplique até 2050.2022 às 15h19 “Só para deixar claro, Bolsonaro definitivamente diria às pessoas para não olharem para cima.Para perceberem se a poluição química tinha ultrapassado a barreira segura para a humanidade, os investigadores tiveram em conta alguns parâmetros, incluindo a taxa de produção de produtos químicos, que dizem estar a aumentar rapidamente, e a sua libertação para o ambiente, mas também a extração de combustíveis fósseis para produzi-los.Presidido por Didier Houssin, o comité, que se reúne aproximadamente de três em três meses para analisar a evolução da pandemia, considerou que o risco global associado à covid-19 permanece elevado, devido em parte ao aumento de novas variantes do coronavírus SARS-CoV-2, como a Ómicron, que já é dominante no planeta.

“Há evidências de que as coisas estão a caminhar na direção errada”, refere Bethanie Carney Almroth, professora na Universidade de Gotemburgo e uma das investigadoras do estudo, citada pelo Guardian.A publicação responde a um artigo publicado na véspera, no jornal O Globo, pelo ministro da Casa Civil do Brasil, Ciro Nogueira, no qual ele comparou o Partido dos Trabalhadores (PT) ao cometa retratado no filme que acaba por destruir a Terra e exortou os eleitores a olharem para cima e apoiarem Bolsonaro.A mudança de capital administrativa, que acontece, de acordo com Widodo, devido aos problemas ambientais que a atual capital enfrenta, mas também numa tentativa de distribuir a riqueza do país – 60% da população do país está em Java, assim como mais de metade da atividade económica.“Por exemplo, a massa total de plásticos existente excede a massa total de todos os mamíferos vivos.Isso para mim é uma indicação bastante clara de que ultrapassámos um limite”, acrescenta.O ministro considerou que a economia está atualmente no caminho certo, embora tenha ressalvado que o setor sofreu impactos devido à pandemia de covid-19.A investigação concluiu que o limite definido para o nível seguro de poluição no mundo é o quinto de nove que a equipa diz terem sido ultrapassados, juntamente com o aquecimento global, a destruição de habitats selvagens, a perda de biodiversidade e a poluição excessiva por nitrogénio e fósforo.Depois desta decisão, alguns ambientalistas já alertaram para a possibilidade de esta transferência de capital poder acelerar a poluição na província de Kalimantan Oriental, contribuindo para a destruição de florestas tropicais.Para reverter este problema, os autores do estudo apontam para a importância de ser realizada uma regulamentação mais forte e definir-se um limite fixo para a produção e libertação de produtos químicos para atmosfera.CYR // JH.A covid-19 provocou 5.

Ao Guardian, Ian Boyd, professor na Universidade de St Andrews, na Escócia, que não esteve envolvido no estudo, referiu que, apesar de “os efeitos tóxicos dos produtos químicos individuais possam ser difíceis de detetar, não significa que o seu efeito conjunto” seja insignificante.“A regulamentação não é projetada para detetar ou entender esses efeitos.Nesta situação, onde temos um baixo nível de certeza científica sobre os efeitos, existe a necessidade de uma abordagem muito mais preventiva em relação aos novos produtos químicos e à quantidade emitida para o meio ambiente”, acrescenta ainda o professor.Os investigadores reconhecem que os dados utilizados no estudo, que fo são limitados em muitas áreas, apesar de afirmarem que as evidências apontam mesmo para uma violação do limite planetário.Para saber mais.950.

Consulte Mais informação:
VISÃO »
Loading news...
Failed to load news.

Visão | Bolsonaro 'definitivamente' seria um dos negacionistas no filme 'Não olhe para cima' -- realizadorO cineasta norte-americano Adam McKay, realizador do filme 'Não olhe para cima' ('Don't Look Up'), afirmou hoje que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, estaria entre os negacionistas retratados na obra Pq vcs não cuidam dos problemas internos ao invés de falar de outros presidentes? E o Lula enquadrava-se bem na filme”Um covil de ladroes”. Nem mais nem menos enquadra perfeita mente neste filme como presidente

Visão | Adeus, Jacarta: Indonésia vai mudar de capital e já há nome para a novaEste nome foi o escolhido entre mais de 80 opções, também por ser uma palavra conhecida pelos indonésios, usada quando se pretende referir à nação, um arquipélago, como um todo

Visão | Covid-19: OMS mantém emergência internacional para o coronavírus SARS-CoV-2A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje que mantém a emergência internacional para o coronavírus SARS-CoV-2 declarada em 30 de janeiro de 2020

Visão | Ventura em Aveiro assinala “virar de página” e já vê “caminho para andar” à direitaLíder do Chega reconhece que debate da RTP a nove marcou um ponto de viragem e quer “evitar elementos de fricção e a destruição de pontes”. A campanha, essa, continua morna

Visão | Moçambique: uma lição para o mundoEmbora a situação no norte do país seja complicada, a verdade é que as diferentes confissões religiosas se juntaram num propósito que pode ser uma lição contra o sectarismo e o extremismo religioso

Visão | Afinal, meteorito proveniente de Marte não contém sinais de vida primitiva no planeta vermelhoEm 1996, uma equipa da NASA anunciou que os compostos orgânicos encontrados num meteorito de 4 mil milhões de anos proveniente de Marte e descoberto em 1984 na Antártida podiam ser sinais de vida marciana antiga. Um novo estudo desfaz essa ideia à volta do polémico meteorito