Covıd-19, Marcelo Rebelo Sousa, Madeira, Política, Vacinação, Adolescentes

Covıd-19, Marcelo Rebelo Sousa

Vacinação dos 12 aos 15. Marcelo espera ver exemplo da Madeira replicado no continente

Vacinação dos 12 aos 15. Marcelo espera ver exemplo da Madeira replicado no continente

05/08/2021 21:45:00

Vacinação dos 12 aos 15. Marcelo espera ver exemplo da Madeira replicado no continente

O Presidente da República considerou que as dúvidas relativas à vacinação das crianças entre os 12 e 15 anos não são 'tanto dúvidas de princípio, quanto de momento', afirmando que 'tudo tem o seu tempo'.

Subscrever"Dois meses depois, concluía-se que eram fundamentais, dois meses antes eram desnecessárias e contraproducentes. Portanto, tudo tem o seu tempo e está a correr bem a vacinação", realçou Marcelo.O Presidente da República frisou que o"fundamental" é que,"quanto à questão de princípio" da vacinação das crianças, não haja"nenhuma objeção definitiva", e reiterou que é preciso"deixar correr o tempo" para mostrar que,"aquilo que é bom neste momento na Madeira" -- onde já está a decorrer a vacinação das crianças entre os 12 e os 15 anos --"venha também a ser considerado bom nos Açores e no continente".

Movimento 'Benfica Bem Maior' recomenda o voto em Rui Costa Derrotado pelo PS, Bernardino Soares diz que sai de Loures com 'obra feita' Portugal vence Espanha e apura-se para as meias-finais do Mundial

Marcelo Rebelo de Sousa quis ainda"felicitar a forma" como a campanha de vacinação está a"avançar muito rapidamente", e afirmar que a decisão do Governo de"abrir mais a economia e a sociedade portuguesa" foi uma"boa decisão".

"Os números têm dado razão a essa postura e a essa posição do Governo, e espero que a vacinação vá avançando, de acordo com as prioridades que estão definidas e cobrindo até ao limite possível a população portuguesa", afirmou o chefe de Estado. headtopics.com

Marcelo Rebelo de Sousa mostrou-se assim"muito esperançado" que seja"rápida a vacinação dos que estão entre os 16 e 17 anos", para que,"ulteriormente", seja possível começar a vacinar, então, as crianças entre os 12 e os 15 anos.

A DGS recomendou na sexta-feira a administração de vacinas contra a covid-19 em crianças entre os 12 e os 15 anos com comorbilidades.Segundo a norma que define as doenças prioritárias para vacinação entre os 12-15 anos, devem ser vacinadas prioritariamente contra a covid-19 as crianças que tenham cancro ativo, diabetes, obesidade, insuficiência renal crónica.

A norma estabelece também como doenças prioritárias para vacinação a transplantação, a imunossupressão, as doenças neurológicas, que englobam a paralisia cerebral e distrofias musculares, as perturbações do desenvolvimento, como a Trissomia 21 e perturbações do desenvolvimento intelectual grave e profundo.

A doença pulmonar crónica, doença respiratória crónica, como asma grave, e fibrose quística também estão entre as prioritárias.Para a DGS, deve ser dada a possibilidade de vacinação a todas as crianças desta faixa etária por indicação médica e segundo a disponibilidade de vacinas, remetendo uma decisão sobre o acesso universal para quando houver dados disponíveis adicionais sobre a vacinação nestas idades. headtopics.com

PSD vence Câmara de Reguengos de Monsaraz que foi sempre socialista Primeiro-ministro holandês na mira de gangue de tráfico de droga Matheus Nunes vai jogar pela seleção de Portugal: ''Foi uma decisão muito difícil'' Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

nao vales nada Fantoche! O banana de belém a arranjar desculpa para as merads que diz. Que comece pelos netos. Médico? Realmente a política acima de tudo!!

Marcelo volta a insistir na vacinação de crianças entre os 12 e 15 anos

DGS esclarece: jovens dos 12 aos 15 anos têm que esperar por 'task force' para vacinaçãoOs adolescentes saudáveis com idades entre os 12 e os 15 anos têm de esperar pela calendarização da 'task force' para serem vacinados contra a covid-19, não se podendo vacinar nesta fase, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Jovens saudáveis dos 12 aos 15 anos têm que esperar por 'task force' para vacinaçãoA DGS determina que as crianças com idades entre os 12 e os 15 anos que tenham cancro ativo, diabetes, obesidade, insuficiência renal crónica estão entre as que devem ser vacinadas prioritariamente contra a covid-19.

Vacinação de adolescentes dos 12 aos 15 anos gera dúvidas

Marcelo insiste na importância de vacinar crianças dos 12 aos 15 anosO Presidente da República defendeu, esta quinta-feira, a vacinação de todos os adolescentes dos 12 aos 15 anos. 'Já acontece na Madeira , mas espero que venha a acontecer nos Açores e no continente', sublinhou, em desacordo com as orientações emitidas pela DGS. Um constitucionalista Presidente da República que não respeita a constituição mas é especialista em medicina! chanfrados 'Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância' Esta tira-me do sério Com a senilidade galopante de que está possuído, já nem consegue fazer cumprir a CRP. depois de leccionar dezenas de anos a matéria, agora tb. quer ser 'especialista' em medicina?

As dez doenças prioritárias para a imunização dos jovens dos 12 aos 15 anosObesidade, diabetes, doença cardiovascular e insuficiência renal são algumas das patologias incluídas na norma da vacinação relativa às crianças. Confira a lista completa.