Exposição, Arqueologia, Braga, Museu D. Diogo De Sousa, Arte

Exposição, Arqueologia

Uma coleção de arte clássica que é também a história de amor de um casal alemão

Uma coleção de arte clássica que é também a história de amor de um casal alemão

22/10/2021 09:49:00

Uma coleção de arte clássica que é também a história de amor de um casal alemão

No Museu D. Diogo de Sousa, em Braga , abre ao público uma rara coleção com 300 obras da antiguidade clássica doada por um casal alemão de colecionadores residente em Portugal. Tudo começou com um simples cartão deixado na receção do museu.

Ese, de repente, um casal desconhecido lhe oferecer uma rara coleção de arte e arqueologia da Antiguidade Clássica? O famoso slogan de um desodorizante dos anos 1980 pode bem ser aqui adaptado para ilustrar a reação inicial no Museu D. Diogo de Sousa, em Braga, quando a diretora Isabel Silva se viu surpreendida pela oferta de um casal alemão que ali deixara um singelo cartão após uma visita.

Neste caso, o contacto posterior apresentou-lhe Hans-Peter Bühler e Marion Bühler-Brockhaus, colecionadores e mecenas radicados em Portugal (Setúbal) desde 2006, e uma proposta inesperada: doar ao museu toda a coleção pessoal de arqueologia clássica que o casal foi construindo ao longo de décadas. No total, são mais de 300 peças de valor incalculável, todas provenientes do Mediterrâneo, que compreendem várias geografias e cronologias entre o período grego e o romano, destacando-se um busto de mármore de Augusto, fundador do Império Romano. O resultado estará à vista do público, a partir de hoje, em exposição permanente no museu da antiga capital da Galécia, Bracara Augusta.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Quando ter uma doença trava o acesso a uma casaPara muitas pessoas com diabetes, cancro ou VIH, há uma luta desigual no acesso a um crédito ou a um seguro. Há uma lei que pode mudar tudo. Direito ao esquecimento é votado esta quarta-feira.

″Portugal tem uma hipótese fantástica de poder liderar esta transição para uma sociedade carbono zero″choosezero foi o tema da intervenção de Pedro Diaz Gaspar, diretor de Future Business Technology do Ceiia, e na qual apresentou o AYR, uma plataforma de sustentabilidade criada pelo Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto que recompensa as pessoas e comunidades por não emitem CO2. Esta plataforma foi premiada pela Google e esta parceria irá ajudar na sua aplicação em várias cidades do mundo. maravilha destruição do tecido industrial, do que resta, preços altos e uma ilusão que o mundo vai acabar.....entretanto arranjamos mangaruças com o litio e destruímos o meio ambiente.

OE2022: uma troca sem nexoFaz sentido que um partido se disponha a apoiar um Orçamento do Estado, acaso o Governo legisle sobre matérias que nada têm a ver com o OE? Nesse caso, para aprovar uma lei sobre Educação, pode colocar-se como condição o incentivo à cultura do trigo? Isto é tudo igual? E faz sentido que um Governo só se disponha a negociar com uma parte do Parlamento? Uma troca, nem sexo O PREC não sai da cabeça de alguns, como a infantilidade do que é justo e do que é injusto, quando há muito se comparam profissões e remuneração, analisando a qualificação requerida. O que é justo é o que eu aceito e assino. O resto é treta, e o mercado é o mundo inteiro. Sabe o que é um troca-tintas? …e que acumula com a função de lacaio? …e que se imagina jornalista? …mas não passa de pato bravo?

Klopp furioso com jornalista: «Eu não sou idiota e tu não és uma boa pessoa»Treinador do Liverpool perde as estribeiras em entrevista após vitória frente ao Atlético Madrid Nada que o Grupo Cofina não saiba o que é ... Ser jornalista ñ implica relatar histórias que ñ acontecem ou inventar narrativas, como estão habituados

Putin dá uma semana de férias aos russos para travar pandemiaO Presidente russo, Vladimir Putin, deu esta quarta-feira uma semana de férias pagas à população, de 30 de outubro a 7 de novembro, para travar o avanço da pandemia de covid-19, que continua a agravar-se.

Putin dá uma semana de férias aos russos para travar pandemiaEm várias zonas, o aumento das infeções forçou as autoridades a suspender a assistência médica à população, já que as unidades de saúde foram forçadas a concentrar-se no tratamento de pacientes infetados com o novo coronavírus. Como Franco el uno de mayo en España, fútbol y Toros, pero a lo bestia! O circo sin pan...