UE/Cimeira: Líderes instam Comissão a avaliar medidas regulamentares adicionais na energia

Os líderes da União Europeia (UE), reunidos esta quinta-feira em cimeira em Bruxelas, exortaram a...

22/10/2021 01:59:00

Os líderes da União Europeia (UE), reunidos esta quinta-feira em cimeira em Bruxelas, exortaram a...

Os líderes da União Europeia (UE), reunidos esta quinta-feira em cimeira em Bruxelas, exortaram a Comissão Europeia a considerar 'medidas regulamentares adicionais' nos mercados do gás e da eletricidade, devendo avaliar 'certos comportamentos comerciais' em altura de crise energética.

E usufrua de todas as vantagens de ser assinante"O Conselho Europeu convida a Comissão a estudar o funcionamento dos mercados do gás e da eletricidade, bem como do Regime Comunitário de Licenças de Emissão da União Europeia, com a ajuda da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados [ESMA]", refere o documento de conclusões adotado esta noite pelos chefes de Governo e de Estado da UE.

Benfica igualou recorde com 57 anos O dia em que o futebol português morreu de vergonha Taça Libertadores: Marcelo felicita treinador Abel Ferreira

"Com base nisso, a Comissão avaliará se certos comportamentos comerciais requerem medidas regulamentares adicionais", acrescenta-se.Este primeiro dia do Conselho Europeu, dedicado à escalada dos preços da eletricidade na UE em consequência das subidas no mercado do gás e da maior procura, termina porém sem consenso entre os líderes sobre ações imediatas a adotar e marcado pelas posições mais incisivas de países como Espanha, que defende ações como aquisição conjunta de reservas de gás, indicaram fontes diplomáticas.

De acordo com as mesmas fontes, a discussão foi também marcada pela insistência da República Checa e da Polónia em ter uma referência ao Regime Comunitário de Licenças de Emissão da União Europeia nas conclusões, numa alusão ao mercado do carbono da UE, através do qual as empresas compram ou recebem licenças de emissão que autorizam as empresas a produzir uma quantidade equivalente de emissões de gases com efeito de estufa dentro de determinados limites estabelecidos que diminuirão progressivamente ao longo do tempo. headtopics.com

Sem ter ainda prestado declarações à imprensa portuguesa em Bruxelas, à margem desta cimeira europeia, o primeiro-ministro, António Costa, defendeu já esta semana a revisão do mecanismo de formação de preços da energia na União Europeia, que disse prejudicar Portugal, bem como medidas de curto prazo para enfrentar a atual crise sem colocarem em causa metas ambientais.

Nas conclusões divulgadas esta noite, o Conselho Europeu exorta ainda"os Estados-membros e a Comissão a utilizar urgentemente a 'caixa de ferramentas' [apresentada pelo executivo comunitário] da melhor forma possível para proporcionar alívio a curto prazo aos consumidores mais vulneráveis e para apoiar as empresas europeias".

À redação original foi acrescentada a ressalva sobre as"situações específicas e diversas dos Estados-membros".Na semana passada, o executivo comunitário apresentou uma"caixa de ferramentas" para orientar os países da UE na adoção de medidas ao nível nacional, numa altura em que a escalada dos preços da luz e do gás ameaça exacerbar a pobreza energética e causar dificuldades no pagamento das contas de aquecimento neste outono e neste inverno.

No âmbito dessa comunicação, Comissão Europeia propôs aos Estados-membros que avancem com 'vouchers' ou moratórias para aliviar as contas da luz aos consumidores mais frágeis, sugerindo ainda uma investigação a"possíveis comportamentos anticoncorrenciais". headtopics.com

″E bem fundo″. Zemmour responde a mulher com o dedo do meio Liga diz que 'não houve nenhum pedido formal' do Belenenses SAD para adiar o jogo Xi Jinping, o novo imperador da China

Portugal é um dos seis Estados-membros da União Europeia que já avançou com medidas de apoio para enfrentar a crise energética após orientações da Comissão Europeia para travar a escalada de preços, disse à Lusa fonte comunitária.

Nessa"caixa de ferramentas", o executivo comunitário sugeriu ainda aos países que avaliassem"potenciais benefícios" de uma aquisição conjunta voluntária de reservas de gás.Além da questão energética, este primeiro dia (de dois) do Conselho Europeu foi marcado por um debate"sereno" e"construtivo" sobre o Estado de direito na Polónia, em altura de tensão entre Bruxelas e Varsóvia, adiantaram fontes diplomáticas.

21 de Outubro de 2021 às 23:53 Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Estado de Direito na Polónia ameaça ''aquecer'' cimeira da UE focada na EnergiaEstado de Direito, à luz do recente acórdão do Tribunal Constitucional polaco determina haver normas nacionais que se sobrepõem à legislação europeia. Bruxelas considera isso desafio sem precedentes à primazia do Direito Comunitário.

Estado de Direito na Polónia ameaça ″aquecer″ cimeira focada na EnergiaOs líderes da União Europeia (UE) reúnem-se, a partir desta quinta-feira, m Bruxelas numa cimeira com uma agenda preenchida, dominada pelos preços da Energia, mas que será também marcada pela situação do Estado de Direito na Polónia. .a Europa perdeu o respeito dos seus aliados como recentemente se viu com os EUA.Agora , até por dentro anda a ser contrariada e de que forma.Tem a Europa se pensar se é este caminho federal que quer seguir .. ou outro, para que não perca de vez a influência que já quase não tem. A Europa quer ser respeitada mas recusava-se a respeitar a individualidade dos seus membros... Caso optem por 'escorraçado' a Polónia, pensem que já tem pelo menos mais 3 que se seguem...

Parlamento Europeu quer criação de um estatuto europeu do artistaEurodeputados instam a Comissão Europeia a criar um quadro europeu para garanta condições de trabalho e normas mínimas nos setores culturais e criativos comuns a todos os Estados-Membros.

Confiança dos consumidores da zona euro recua quase 1 ponto de setembro para outubroA confiança dos consumidores recuou quase um ponto, de setembro para outubro, quer na zona euro, quer na União Europeia (UE), divulgou hoje a Comissão Europeia.

Portugal manteve em 2020 a terceira maior dívida entre os Estados-membrosA dívida pública aumentou em 2020 face a 2019 tanto na Zona Euro como na UE como parte das medidas tomadas em resposta à pandemia da covid-19, justifica o Eurostat.

UE discute escalada dos preços da energiaA escalada dos preços da energia será o tema dominante no debate da cimeira europeia em Bruxelas.