UE anuncia apoio de 3,4 mil milhões de euros à América Latina para recuperação pós-covid-19

UE anuncia apoio de 3,4 mil milhões de euros à América Latina para recuperação pós-covid-19

02/12/2021 23:16:00

UE anuncia apoio de 3,4 mil milhões de euros à América Latina para recuperação pós-covid-19

O anúncio foi feito durante uma reunião virtual presidida por Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, em representação da União Europeia (UE), juntamente com a presidente da Comissão Europeia e o Alto Representante da UE para a Política Externa e com a participação de sete chefes de Estado e

Os líderes da União Europeia acordaram um apoio de 3,4 mil milhões de euros aos países da América Latina e Caraíbas para uma recuperação sustentável a longo-prazo da pandemia de covid-19, anunciou o Conselho Europeu esta quinta-feira, em comunicado.

Cantora checa morre depois de apanhar covid-19 de propósito

O anúncio foi feito durante uma reunião virtual presidida por Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, em representação da União Europeia (UE), juntamente com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o Alto Representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell, e com a participação de sete chefes de Estado e de Governo da região da América Latina e Caraíbas (ALC), que asseguram a presidência de organizações regionais e sub-regionais em 2021 (Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México e Suriname).

Na reunião, subordinada ao tema “Unir esforços para uma recuperação pós-covid sustentável”, os dirigentes europeus anunciaram que esse apoio de 3,4 mil milhões de euros será disponibilizado no âmbito do principal instrumento financeiro de ação externa da UE, o NDICI-Global Europe (2021-2027), cujo Fundo Europeu para o Desenvolvimento Sustentável Plus (EFSD+) será uma parte nova deste programa, destinando-se a impulsionar mais de 12 mil milhões de euros de investimento público e privado na região. headtopics.com

Dessa verba, pelo menos 800 milhões serão reservados a apoiar as Caraíbas e a aplicação do acordo Pós-Cotonu, uma parceria assinada este ano entre a UE e a Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP).

Quase dez mil casos por dia em crianças e jovens após reabertura das escolas. Impacto da covid-19 já se sente nas turmas

“A reunião de líderes de hoje é um importante passo para relançar o diálogo entre a UE e a América Latina e as Caraíbas ao mais alto nível, após um hiato de seis anos”, declarou Charles Michel.“Esperamos que seja também um ponto de partida para uma plena cimeira birregional assim que as condições o permitirem”, porque “mais que nunca, a nossa associação estratégica é de relevância geopolítica: juntas, a UE e a ALC representam quase um terço dos membros da ONU e sete membros do G20”, frisou.

“Podemos, por isso, desempenhar um papel decisivo na definição da agenda multilateral e na abordagem dos principais desafios globais como a covid-19, o desenvolvimento sustentável e as alterações climáticas”, defendeu o presidente do Conselho Europeu.

Os líderes europeus afirmaram igualmente que “aguardam com expectativa o lançamento da Aliança Digital UE-ALC em 2022 para fomentar a digitalização centrada nos seres humanos em parceria, avançando para a harmonização de normas e promovendo a inovação digital”. headtopics.com

EUA temem invasão russa da Ucrânia a qualquer momento

Essa aliança terá como base a recente instalação de um cabo de fibra ótica transatlântico (EllaLink) entre a UE e a ALC que deverá em breve ser estendido a outros países ALC, um desenvolvimento de infraestruturas que é apoiado pela UE através do programa BELLA.

Os dirigentes comunitários encorajaram também a ALC a fazer uso da sua vasta rede de acordos de comércio e associação entre as duas regiões como motor para a recuperação económica e de oportunidades de negócio e investimento de ambos os lados do Atlântico, indica o comunicado.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Decisão 22: o confronto entre Catarina Martins e Cotrim Figueiredo na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Covid-19. Bruxelas espera que Portugal reavalie exigência de teste aos passageiros na UECoronazismo.

Preços na produção industrial na zona euro e UE mantêm em outubro trajetória em altaNa variação homóloga, os preços na produção industrial aumentaram em todos os Estados-membros, com as maiores subidas registadas na Irlanda (89,9%), Dinamarca (39,8%) e Bélgica (34,5%).

Países Baixos contra limitar para nove meses passaporte sanitário na UEOs Países Baixos opõem-se à proposta de Bruxelas de limitar a validade do passaporte covid na UE para nove meses, e defendem que os que já têm a vacinação completa possam viajar durante um ano sem dose de reforço.

Novo recorde de testes à covid-19: quase 117 mil num só diaO antigo máximo tinha sido registado em Abril passado e ficou abaixo dos 99 mil exames para detectar o novo coronavírus. E metade destes andaram irem à bola. Este país não existe....

Hospitais já têm escalas previstas para a época do NatalAutoridades de saúde antecipam 8 mil casos diários de covid-19 até ao Natal.