Tunísia, Análise

Tunísia, Análise

Tunísia. Não é golpe, mas o eterno braço de ferro contra a corrupção e contra os islamistas!

Tunísia. Não é golpe, mas o eterno braço de ferro contra a corrupção e contra os islamistas!

01/08/2021 02:52:00

Tunísia . Não é golpe, mas o eterno braço de ferro contra a corrupção e contra os islamistas!

\nÚnico caso de sucesso da Primavera Árabe, a Tunísia enfrenta agora novo desafio à democracia, com a incógnita criada pela decisão presidencial de demitir o primeiro-ministro e assumir a governação. Para já, grande parte da população dá o benefício da dúvida a Kais Saied.

© AFPCautelosamente, o atual momento Tunísia deve mais ser encarado como um"golpe de força" que como um golpe de Estado, conforme a análise do especialista do Instituto de Pesquisa e Estudo dos Mundos Árabe e Muçulmano (IREMAM) Vincent Geisser. Há mesmo quem alvitre a possibilidade de uma guerra civil, mas para já há indicadores menos maus. Porquê?

Governo anuncia que deixa de ser obrigatório o uso de máscara nos recreios das escolas António Simões não vai votar nas eleições do Benfica: «Fui maltratado» O nosso destino é mesmo sermos pobres

Porque houve, de facto, uma interpretação e ativação abusiva do artigo 80.º da Constituição por parte do Presidente (PR), Kais Saied, mas também há atenuantes e um contexto político-social que empurram o PR para um jogo de soma zero, o qual, ganhando, assumirá o papel do estadista providencial e de encarnação da revolução permanente. Perdendo, não passará de aprendiz de ditador.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

A escritora que inventou o seu mistério para não ter de se explicarSibila, feiticeira, um mistério que continua por desvendar fora das letras mas que levou para a sua literatura a capacidade rara de captar o assombro e as sombras do real. Pérfida, cruel, sensual, excêntrica, Silvina Ocampo chega a Portugal quase 30

Corrida a cofres de armas não impede que milhares fiquem à margem da leiPrazo teve de ser adiado até sábado para fornecedores conseguirem dar resposta. Já há quem prefira entregar as armas do que ter de os comprar.

Lorène Bazolo: «As pessoas não têm ideia. Não é fácil chegar aqui, é muito trabalho»Portuguesa, que foi quarta na sua série dos 100 metros, lembra os sacríficios para estar nos Jogos Olímpicos

Maria Tsavachidis: ″Carros elétricos não são panaceia para combater mudanças climáticas″Maior aposta no transporte coletivo, na mobilidade ativa e em cidades mais verdes, 'onde só precisamos de metade do espaço para carros', é o que defende a CEO do EIT Urban Mobility, uma iniciativa do European Institute of Innovation and Technology, da União Europeia.

Gonçalves Pereira diz que não é recandidato por opção exclusiva da direcção do CDSActual vereador diz que soube pela comunicação social da decisão de Francisco Rodrigues dos Santos, que está a ser criticada internamente.

Rio não exclui apoio a cargo europeu de Costa, que poderia partir o PSO presidente do PSD não exclui apoiar o primeiro-ministro para um cargo europeu, mas ressalvou que 'depende de muitos fatores' e sublinhou os constrangimentos de António Costa nesse cenário, perante o PS que ficaria partido. Haja paciência para este energúmeno ..