Topo da Agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

Topo da Agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

17/01/2022 11:11:00

Topo da Agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

A semana arranca com os dados económicos vindos da China, onde se temeu que o ano de 2021 fechasse abaixo do crescimento esperado depois do ressurgimento da pandemia, e fecha com a intervenção de Christine Lagarde em mais um Fórum Económico Mundial em formato online.

Apesar de terem soado os alarmes relativamente ao crescimento chinês no final de 2021, dadas as falhas no fornecimento de energia e o reaparecimento de alguns focos de contágio de Covid-19 (levando a confinamentos musculados e à perturbação subsequente da atividade económica, algo mais gravoso no caso de cidades portuárias com muita importância nas exportações chinesas), os números do último trimestre devem revelar uma estabilização da atividade, com os analistas a preverem 8% de crescimento anual. Também serão divulgados os números da produção industrial no país, bem como a taxa de desemprego.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Segunda-feira, 17 de janeiro Evento em destaque: China divulga números do crescimento no último trimestre Apesar de terem soado os alarmes relativamente ao crescimento chinês no final de 2021, dadas as falhas no fornecimento de energia e o reaparecimento de alguns focos de contágio de Covid-19 (levando a confinamentos musculados e à perturbação subsequente da atividade económica, algo mais gravoso no caso de cidades portuárias com muita importância nas exportações chinesas), os números do último trimestre devem revelar uma estabilização da atividade, com os analistas a preverem 8% de crescimento anual. Também serão divulgados os números da produção industrial no país, bem como a taxa de desemprego. Outros eventos em foco: PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN, Chega, IL e Livre às 21h00 RTP1/RTP3 OCDE divulga Indicador Compósito Avançado de novembro Eurogrupo reúne para encontro mensal de janeiro Itália: Inflação em dezembro Evento em destaque: Instituto ZEW divulga índices de sentimento económico na zona euro e na Alemanha Com a inflação a subir a números não vistos em largos anos na zona euro e na sua maior economia, a alemã, importa perceber as perspetivas dos agentes para o futuro próximo. O BCE tem vindo a dar sinais de querer manter inalterada a sua política monetária, mas reconhece a pressão criada pela subida generalizada de preços, que levou a taxa de inflação na zona da moeda única aos 5,0% e aos 5,3% na Alemanha. Os mercados apontam para um aumento neste índice em relação a dezembro, com a vertente pandémica a também mostrar sinais de estabilização, depois das disrupções iniciais causadas pela Ómicron. Outros eventos em foco: BdP divulga Estatísticas das empresas da central de balanços no 3º trimestre Resultados trimestrais: Bank of America, Goldman Sachs, Bank of NY Mellon Quarta-feira, 19 de janeiro Evento em destaque: Mais resultados trimestrais da banca norte-americana Com mais uma época de resultados trimestrais em curso, os primeiros nomes de peso a anunciarem os números da sua operação no último trimestre de 2021 são os financeiros. A Goldman Sachs, Bank of America e a BNY Mellon reportam terça-feira, com a Morgan Stanley a seguir-se, na quarta-feira, numa semana que verá ainda nomes como a Netflix, a American ou a United Airlines publicarem os seus números do final do ano. Outros eventos em foco: BdP divulga números da balança de pagamentos em novembro INE publica Síntese Económica de Conjuntura de dezembro INE anuncia Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação de dezembro Reino Unido: Inflação em dezembro Reino Unido: Preços na produção industrial em dezembro Canadá: Inflação em dezembro Japão: Balança comercial em dezembro Resultados trimestrais: Morgan Stanley, Procter&Gamble, United Airlines (EUA); Burberry’s (Reino Unido) Quinta-feira, 20 de janeiro Evento em destaque: BdP divulga Endividamento do sector não financeiro de novembro Com o fim das moratórias, os créditos das famílias e empresas portuguesas parecem manter-se acima do nível de incumprimento que muito temeram, o que é positivo para a economia nacional. Ainda assim, a recuperação promete ser heterogénea, com vários sectores consideravelmente mais afetados e a mostrarem uma recuperação mais lenta, o que pode ameaçar a sua capacidade de sobrevivência e viabilidade financeira no médio prazo. Outros eventos em foco: PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN, Chega, IL e Livre na Antena 1, Rádio Renascença e TSF Eurostat confirma números da inflação em dezembro BCE publica minutas da reunião de política monetária de dezembro Alemanha: Preços na produção industrial em dezembro Espanha emite títulos do Tesouro a 10 anos Resultados trimestrais: Netflix, American Airlines (EUA) Sexta-feira, 21 de janeiro Evento em destaque: Fecha mais uma edição do Fórum Económico Mundial Novamente em formato não-presencial dadas as limitações impostas pela pandemia, o Fórum Económico Mundial volta a realizar-se em Davos, na Suíça, onde se debaterão as questões mais prementes da atualidade e do futuro económico. O destaque irá para as alterações climáticas e as alterações causadas pela pandemia na vida diária das populações, sobretudo o impacto na saúde mental, e o evento contará com discursos de Christine Lagarde, do Banco Central Europeu, que fala na sexta-feira, de Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou Janet Yellen, secretária do Tesouro norte-americano. Outros eventos em foco: Eurostat atualiza dados trimestrais sobre dívida e défices nacionais no 3º trimestre Reino Unido: Vendas a retalho em dezembro