Eleições Autárquicas, Eleições, Tribunal Constitucional, Comissão Nacional De Eleições, Partidos E Movimentos

Eleições Autárquicas, Eleições

Sorteio para os boletins de voto mete algoritmo e computador mas é algo anacrónico

Eleições autárquicas: Sorteio para os boletins de voto mete algoritmo e computador mas é algo anacrónico

04/08/2021 08:16:00

Eleições autárquicas: Sorteio para os boletins de voto mete algoritmo e computador mas é algo anacrónico

Sem tômbolas nem bolas no saco, os sorteios da ordem das candidaturas nos boletins das próximas eleições autárquicas são processos informatizados, que se cumprem com um secretismo burocrático e estranhos compassos de espera.

FotoA juíza decidiu que o sorteio da ordem no boletim das candidaturas autárquicas de Lisboa não podia ser objecto de reportagem fotográficaNelson Garrido Consulte Mais informação: Público »

Liliana Cá sem recorde e sem medalhaA lançadora portuguesa foi quinta na final do disco. E é por coisas como esta, meninas e meninos, que o jornal Público, mais um ou dois anos (máximo), e não passará de uma memória. Público 2020: sem noção da realidade e sem qualidade. Apaga maluco.

Há 35 milhões de europeus sem dinheiro para fériasEm Portugal, são 72,6% de pessoas em risco de pobreza que não conseguem pagar férias, sendo a média da UE de 59,5%. E para comida

Greve dos funcionários judiciais sem grande impactoOs funcionários judiciais iniciaram hoje uma greve de dois dias. Uma paralisação em defesa de um estatuto e carreiras mas que vai ter pouco ou nenhum impacto. Tudo porque os serviços mínimos decretados pelo colégio arbitral, incluem as diligências relacionadas com as eleições autárquicas.

Matosinhos permite testes tecnológicos sem esperar por leiMarcelo Rebelo de Sousa promulgou criação de espaços livres de tecnologia, com aviso sobre papel das câmaras.

Listas eleitorais afixadas em tribunal sem moradasAlguns juízes em Braga decidiram afixar nomes sem contacto de candidatos.

Marcelo, de máscara, e Bolsonaro, sem, buscam convergência contra a covid-19No encontro entre os presidentes português e brasileiro no Palácio da Alvorada, discutiu-se também economia, agricultura e comércio. 'Há divergências mas queremos convergência' Esse presidente do Brasil só nos faz passar vergonha, no mínimo Grande merda, com máscara. Deixa de ser besta Vergonha! Desrespeito.