Sindicatos tentam convencer os 13 mil trabalhadores de BCP e Santander a aderir à greve de 1 de outubro

Sindicatos tentam convencer os 13 mil trabalhadores de BCP e Santander a aderir à greve de 1 de outubro

26/09/2021 18:45:00

Sindicatos tentam convencer os 13 mil trabalhadores de BCP e Santander a aderir à greve de 1 de outubro

Semana vai ser marcada por paralisação conjunta inédita no sector em mais de três décadas, na sexta-feira

JornalistaA próxima sexta-feira, 1 de outubro, será um dia como há muito não se via na banca. Os sindicatos juntaram-se e convocaram uma greve conjunta para tentar travar os despedimentos que estão em curso no Banco Comercial Português (BCP) e no Santander Totta. As saídas em ambos os bancos foram já de centenas de trabalhadores desde o início do ano, sendo que os despedimentos coletivos vão afetar agora quase 300 funcionários. Mas os sindicatos querem chamar os quase 13 mil funcionários para o protesto.

“Temos um problema de organização” no SNS, diz Marta Temido FBI confirma que restos mortais encontrados em trilho na Florida são de namorado de Gabby Petito Governo cria na Cultura subsídio “similar ao do desemprego”

“Esta greve diz respeito aos que são alvo de despedimento coletivo, mas também aos restantes trabalhadores. Estão todos convocados”, é o que diz a nota que o Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) tem no seu site. “Quem escapou a estas reestruturações desproporcionais, unilaterais, abruptas e desnecessárias estará potencialmente na linha da frente das próximas”, continua.

O Santander tinha, em junho, um quadro de 5765 trabalhadores e o BCP contava com6937funcionários. Destes, à volta de 230 serão alvo de despedimento coletivo no banco de capitais espanhóis e 62 no BCP.“Hoje são estes colegas, amanhã podes ser tu” é a frase deixada pelo Mais Sindicato, também na mesma linha em que tenta alargar o impacto da paralisação, bem como o Sintaf, ligado à CGTP, que apela à “união e participação de todos os trabalhadores” dos bancos. headtopics.com

O BCP e o Santander empreenderam processos de redução de quadro de pessoal, primeiro amigavelmente depois com rescisões unilaterais, com a justificação de contenção de custos, para adequação à estrutura de proveitos, e como forma de poder renovar os colaboradores numa altura em que é necessária uma maior aposta na inovação para fazer face a novos operadores concorrentes. A desadequação da estrutura numa união bancária em que há custos específicos imputados aos bancos nacionais é outra das justificações.

Mesmo assim, foi contra esses processos que foi convocada a greve conjunta para os dois bancos. Nos seus sites, os sindicatos têm publicado vários esclarecimentos e comunicados para que não haja dúvidas sobre a paralisação. Desde logo que a adesão à greve pode ser feita por qualquer trabalhador dos bancos, esteja ou não inscrito nos sindicatos que convocaram a paralisação, mas também há respostas a questões relacionadas com a adesão em teletrabalho.

Consulte Mais informação: Expresso »

Vai ser difícil. Não são funcionários públicos! O lugar está sempre em risco.

Em pleno jogo, os jogadores do Fulham homenagearam um adepto de 13 anos com paralisia cerebral que sofreu abusos onlineRhys Porter é um jovem de 13 anos que sofreu de bullying online depois de publicar vídeos a jogar futebol. Os jogadores do Fulham não ficaram indiferentes e depois de marcar frente ao Bristol correram para festejar com ele. Uma imagem de solidariedade que está a correr mundo

Sindicato acusa corticeira de ″represálias″ aos trabalhadoresO Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte denuncia que trabalhadores que participaram na última greve, em julho, estão a ser alvo de 'represálias' por parte de algumas empresas do setor, sediadas no concelho da Feira. A estrutura sindical vai, por esse motivo, apresentar queixa na Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Escolas de Nova Iorque impedidas por juiz de cumprir ordem de vacinaçãoJuiz admitiu uma providência cautelar contra decisão de vacinar todos os trabalhadores do maior sistema escolar dos EUA e submeteu o caso a um coletivo de três juízes, de forma expedita. Bravo... Cientistas alemães reunem-se para partilharem o que descobriram nas vacinas. A parte suculenta começa á 1h e 27 minutos. Tudo coisas boas, desde metais a 'objectos' que os peritos nem sabem o que é. Boa sorte a quem tomou estes venenos.

Banca despacha dívida do Sporting com desconto'Correio da Manhã' avança que Novo Banco e BCP preparam-se para vender com desconto uma dívida do Grupo Sporting de cerca de 240 milhões de euros. É a real da vergonha. O contribuinte paga. govpt PartidoCHEGA ppdpsd PartidoSociali3 EsquerdaNet 'BENfiQUisTão' Benfiquistaum Back on business

Pedro Proença: ″Poderemos ter os estádios cheios a partir do dia 1 de outubro″O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, este sábado, acreditar que os estádios possam estar sem limitação de lotação a partir de 1 de outubro, depois do anúncio de uma nova fase de desconfinamento pelo Governo.