Transportes, Reino Unido

Scholz culpa o “Brexit” pela crise de combustíveis no Reino Unido

Transportes: Scholz culpa o “Brexit” pela crise de combustíveis no Reino Unido

27/09/2021 23:30:00

Transportes : Scholz culpa o “ Brexit ” pela crise de combustíveis no Reino Unido

O combustível atingiu, esta segunda-feira, o preço mais elevado dos últimos oito anos no Reino Unido e começa a escassear nos postos de combustível.

, referiu esta segunda-feira que a culpa da crise de combustível no Reino Unido é do “Brexit” e da decisão dos britânicos de acabarem com a livre circulação.“O direito à livre circulação de trabalhadores faz parte da União Europeia e trabalhámos arduamente para convencer os britânicos para não saírem da união”, disse o ainda ministro das Finanças do Governo de coligação liderado pela chanceler Angela Merkel. “Eles decidiram de outra maneira e espero que consigam lidar com os problemas daí advindos.”

Cristiano Ronaldo culpa colegas de equipa pela humilhação contra o Liverpool Ministro do Ambiente admite pouco otimismo em relação a cimeira do clima Orçamento do Estado 2022: simule uma maioria

O líder do Partido Social-Democrata alemão (SPD), que venceu as eleições deste domingo e vai agora tentar negociar uma coligação governativa, garantiu que todos estão empenhados nessa “ideia importante" de conseguir que haja “boas relações entre a UE e o Reino Unido”, no entanto, este continua a ser “um problema a resolver”.

Vários Estados-membros, Alemanha incluída, estão a ver-se a braços com a falta de motoristas de veículos pesados para transportes de bens, no entanto, ao contrário do que tem acontecido no Reino Unido, as empresas da UE têm conseguido socorrer-se de cidadãos dos países vizinhos para colmatar as faltas. headtopics.com

A crise combustível britânica tem vindo em crescendo e esta segunda-feira os combustíveis atingiram o preço mais elevado dos últimos oito anos​, ao mesmo tempo que começavam a escassear nos postos de abastecimento. Nos supermercados também se começavam a notar prateleiras vazias.

As autoridades apelaram à calma e os fornecedores de combustíveis esperam voltar ao normal “nos próximos dias”. Enquanto isso, o Exército foi colocado em prontidão para eventualmente auxiliar no abastecimento, mas o Governo não aprovou que sejam militares a conduzir os camiões.

Com os problemas desabastecimento oBrexit”​ voltou a ganhar o centro do debate. Segundo a Transport Intelligence, o “Brexit” tornou “legalmente impossível o recrutamento de motoristas estrangeiros de veículos pesados” e pandemia levou à saída do Reino Unido de muitos motoristas da Europa do Leste.

Consulte Mais informação: Público »

Crise dos combustíveis no Reino Unido alimentada pelo 'pânico' dos consumidoresPostos de abastecimento ameaçaram fechar com falta de combustível e consumidores correram para abastecer os seus veículos. Governo britânico já suspendeu lei da concorrência para tentar que os combustíveis cheguem às 'bombas'. Recorrer ao exército está, para já, fora da mesa

Corrida aos postos de combustível no Reino UnidoAumentaram os receios de que a gasolina e gasóleo esgotem devido à falta de camionistas para transportar os combustíveis, mas também alimentos e outros produtos. Tudo por causa das novas leis de imigração no Reino Unido e dos efeitos da Covid-19..

″Pânico″ está a secar postos de combustível no Reino UnidoA escassez de combustível no Reino Unido deve-se ao abastecimento desencadeado pelo 'pânico', afirmou esta segunda-feira o presidente da Associação de Postos de Gasolina (PRA) britânica, tendo o Governo recorrido ao Exército para ajudar.

″Pânico″ está a secar postos de combustível no Reino UnidoA corrida ao abastecimento acelerou nos últimos dias, depois de várias petrolíferas terem anunciado o encerramento de alguns postos devido à dificuldade em abastecê-los, problema que atribuíram à falta de camionistas para conduzir os tanques desde as refinarias.

''Pânico'' está a secar postos de combustível no Reino UnidoEmpresas do setor vincam que as dificuldades no abastecimento estão a ser causadas por 'picos temporários na procura do cliente - não uma escassez nacional de combustível'. O Governo tem apelado à calma e à consciência dos automobilistas para que comprem apenas a gasolina ou gasóleo que precisem.

Reino Unido. Extrema-direita promove violência sexual contra mulheres, diz relatório