Rui Moreira anuncia cancelamento das festas de fim de ano no Porto

Rui Moreira anuncia cancelamento das festas de fim de ano no Porto

01/12/2021 23:11:00

Rui Moreira anuncia cancelamento das festas de fim de ano no Porto

O espetáculo de fogo de artifício foi cancelado e o concerto antecipado.

Os números da vacinação em Portugal e no MundoRui Moreira decidiu cancelar as festas da noite de fim de ano no Porto, devido à situação pandémica. Não haverá nem fogo de artifício nem concertos para comemorar a chegada do ano 2022. É o segundo ano consecutivo que os festejos são cancelados.

“Era nossa intenção fazer fogo de artifício na praia desta vez, mas as circunstâncias são o que são, temos de nos ajustar e portanto falámos com os GNR com quem já tínhamos agendado o concerto – ainda não tínhamos anunciado – e passaram para o Pavilhão Rosa Mota no dia 30 [de dezembro]”, explicou o autarca, sublinhado que esta decisão pretende “evitar a concentração nas ruas”.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Este país, está Europa só tem governantes frouxos. Que cambada de inúteis. Expliquem-me o porque da vacina? Não evita a contaminação mas supostamente evita a doença grande. Então deixem-se de merdas e deixem as pessoas viver livremente. Trabalhar vais poder...

Porto cancela festejos de rua e fogo de artifício na Passagem de AnoConcerto dos GNR agendado para o último dia do ano no Queimódromo foi antecipado para a véspera, no Pavilhão Rosa Mota. ❤

PSP acionada para manifestação de trabalhadores junto à empresa Armasul no SeixalSociedade - PSP acionada para manifestação de trabalhadores junto à sede da empresa Armasul

Internet: uma miragem para mais de um terço do mundoUm relatório da União Internacional de Telecomunicações sugere um aumento da conectividade devido à pandemia, mas com os mais pobres a serem deixados para trás.

Associação de Ténis Feminino suspende torneios na China após 'desaparecimento' de Peng ShuaiSteve Simon admitiu que está 'muito preocupado' com os riscos que as jogadoras e as equipas poderiam enfrentar num evento na China.

″Injustiça e imoralidade″. Guterres critica comunidade internacional pelo tratamento dado a ÁfricaO secretário-geral da ONU, António Guterres, fez uma crítica à 'injustiça e imoralidade' com que a comunidade internacional está a tratar África, no fim de uma reunião com o representante da União Africana, em Nova Iorque.

Bayern MuniqueJosé Miguel Sampaio e Nora - Bayern Munique