Rio começa campanha a acusar Costa de mentir aos portugueses - Renascença

16/01/2022 20:40:00

Rio começa campanha a acusar Costa de mentir aos portugueses

Rio começa campanha a acusar Costa de mentir aos portugueses

O líder do PSD diz que António Costa e o PS deturpam aquilo que os sociais democratas e ele defendem em áreas como a saúde e a segurnaça social.

Nem pagam, nem vão continuar a pagar. O PS sabe disso, mas quer continuar a mentir e amedrontar as pessoas. Não é forma de fazer campanha eleitoral, e eu espero que isto mude", pede.Rio atacou ainda as sondagens que alargam as distâncias entre PS e PSD, lembrando os exemplos de Carlos Moedas em Lisboa e o seu próprio exemplo quando foi eleito presidente da Câmara Municipal do Porto.

"A cada dia que passa, quanto mais subimos, mais sondagens fazem a dizer que a distância é cada vez maior", disse o candidato. E depois atacou:"Ainda agora vimos o que foi em Lisboa e vimos como foi em diversos sítios. E eu no Porto em 2001, o máximo que tinha era 19% e depois tive 40 e tal por centro. Tem de haver mais decência nisto, porque não é forma de fazer campanha eleitoral".

Consulte Mais informação: Renascença »

Rio vota contra OE se Costa vencer eleições e apresentar documento igual - RenascençaNa entrevista à CMTV, Rio voltou a dizer que o cenário que considera 'mais provável' como resultado das eleições antecipadas de 30 de janeiro é o PSD vencer, mas sem maioria absoluta.

Debate de muitas diferenças entre 'socialismo' de Costa e 'liberalismo' de Cotrim Figueiredo - RenascençaO líder da Iniciativa Liberal disse que a ideia de que a Economia do país ter crescido nos últimos anos não passava de 'propaganda socialista'. Na resposta, o primeiro-ministro insistiu que a Enonomia cresceu sete vezes mais na última legislatura do que nos 15 anos anteriores.

Rui Rio acusa PS de deturpar propostas do PSD e insistir na mentiraPresidente do PSD acusou o PS de dizer que o 'PSD vai querer privatizar a Segurança Social'. o PS não deturpa as propostas do PSD o PS quer que eles as esclareçam coisa que eles não querem é como diz o povo quem não deve não teme RIO o que faz ataca para se defender isto não é política as propostas devem vir para cima da mesa sem isso há marosca

Rui Rio acusa PS de deturpar propostas do PSD e insistir na mentira - SIC NotíciasRui Rio acusa PS de deturpar propostas do PSD e insistir na mentira Propostas do PSD é? Pois, não sei, talvez, se calhar! costabem

Legislativas: Rui Rio acusa PS de deturpar propostas do PSD e insistir na mentira

PSD chumba OE se Costa vencer e apresentar proposta igualO presidente do PSD afirmou que, se o PS vencer as eleições legislativas de 30 de janeiro e António Costa apresentar o mesmo Orçamento do Estado para 2022 que foi chumbado, o partido votará contra. ah ah ah troca tintas Há um Rio que separa a realidade do País (PS) com a fantasia do Liberalismo (PSD, PP, IL CHEGA). O resto são pequenas pedras (BE, PCP, PAN). Não sei se os portugueses estão preparados financeiramente para um liberalismo.

Rio lamenta ainda que o PS deturpe as ideias do partido em relação à saúde"Dizem que nós queríamos por os portugueses a pagar o SNS, pagam com os seus impostos, mas não pagam quando vão ao hospital.Rui Rio Foto: Paulo Cunha/Lusa O presidente do PSD afirmou esta sexta-feira que, se o PS vencer as eleições legislativas de 30 de janeiro e António Costa apresentar o mesmo Orçamento do Estado para 2022 que foi"chumbado", o seu partido votará contra.Legislativas: Debate entre António Costa (PS) e João Cotrim Figueiredo (Iniciativa Liberal).Presidente do PSD acusou o PS de dizer que o"PSD vai querer privatizar a Segurança Social".

Nem pagam, nem vão continuar a pagar . O PS sabe disso, mas quer continuar a mentir e amedrontar as pessoas. Para Rui Rio, se o PS vencer as legislativas, António Costa deve ter"predisposição para negociar o OE com os outros partidos", incluindo o PSD. Não é forma de fazer campanha eleitoral, e eu espero que isto mude", pede. "Portugal cresceu 2,8% média. Rio atacou ainda as sondagens que alargam as distâncias entre PS e PSD, lembrando os exemplos de Carlos Moedas em Lisboa e o seu próprio exemplo quando foi eleito presidente da Câmara Municipal do Porto. Logo se vê é instabilidade", criticou. " A cada dia que passa, quanto mais subimos, mais sondagens fazem a dizer que a distância é cada vez maior ", disse o candidato.

  E depois atacou:"Ainda agora vimos o que foi em Lisboa e vimos como foi em diversos sítios. "Aí eu espero que os outros partidos, em particular os que me são mais próximos, negoceiem comigo para que possamos ter um Governo. E se compararmos Portugal com outros países comparáveis connosco, há 11 países a crescer mais do que nós", aponta. E eu no Porto em 2001, o máximo que tinha era 19% e depois tive 40 e tal por centro. Tem de haver mais decência nisto, porque não é forma de fazer campanha eleitoral". "Democraticamente negoceio, não é dizer"apresenta o que queres que está passado", nem quero que façam o mesmo comigo", ressalvou. O mesmo Rui Rio terminou com um apelo a todos os partidos, em particular ao PS, para que façam uma campanha pela positiva. A discussão centrou-se depois na política fiscal. "Vamos fazer uma campanha pela positiva, cada um defenda as suas propostas, e deixe os outros defenderem as deles, sem vir mentir às pessoas, sem vir meter medo às pessoas", rematou. "Olhando para todo o historial, não confio que a TAP consiga libertar-se de uma série de vícios que tem dentro para se tornar uma empresa rentável", admitiu.

Tópicos .