Quebras do BCP e Galp penalizam PSI 20

27/10/2020 11:51:00

Quebras do BCP e Galp penalizam PSI 20

O principal índice bolsista português iniciou a sessão desta terça-feira a perder 0,35%, para 4.037,53 pontos.O principal índice bolsista português (PSI 20) iniciou a sessão desta terça-feira a perder 0,35%, para 4.037,53 pontos. A bolsa portuguesa negoceia em queda, numa altura em que as principais congéneres europeias negoceiam mistas, com o aumento significativo do número de infeções com o novo coronavírus a marcar o sentimento dos investidores.

Professores querem ser vacinados a seguir aos profissionais de saúde Na lama, entre pobreza, para ajudar uma criança: quando Maradona jogou num batatal contra a vontade do Nápoles Modelo Continente, Pingo Doce, Auchan e Active Brands acusados de concertação de preços

A bolsa nacional apresenta quebras na abertura, sendo penalizada pelas quedas de 13 empresas cotadas, enquanto três negoceiam no verde e outras duas não apresentam variação. Entre estas, destaca-se o mau arranque do BCP e da Galp Energia.

O BCP arrancou a cair 1,46%, para 0,74 euros, depois de ter apresentado os resultados relativos ao terceiro trimestre do banco na Polónia antes do início da sessão. O polaco Bank Millennium apresentou um quebra de 75% nos ganhos face ao terceiro trimestre de 2019, o que corresponde a um lucro de 132 milhões de zlótis (29,8 milhões de euros) nos primeiros nove meses deste ano.

A par do banco liderado por Miguel Maya, também a Galp Energia se evidencia no arranque da sessão. A petrolífera portuguesa recua 0,70%, para 7,69 euros, continuando a ser penalizada pelos prejuízos apresentados na segunda-feira relativamente ao terceiro trimestre do ano.

A Galpapresentouum prejuízo de 23 milhões de euros no terceiro trimestre do ano, um valor que contrasta com os 101 milhões de lucros registados em período homólogo de 2019. Ainda assim, o valor prejuízo registado representa uma recuperação face ao segundo trimestre do ano, em que o prejuízo foi de 52 milhões de euros. Acresce aos resultados, o

anúncioda venda da unidade de distribuição, a Galp Gás Natural Distribuição à Allianz Capital Partners.As perdas da Jerónimo Martins (-0,48%) e das papeleiras Navigator (-0,68%), Altri (-0,35%) e Semapa (-0,30) também penalizam o PSI 20.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

PSI 20 penalizado pelos preju\u00edzos da Galp no arranque da sess\u00e3o

Preço de venda das casas desce pela primeira vez em cinco anosO Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário reportou uma quebra de 2,1% em Setembro face ao mês anterior, desenhando a primeira quebra acentuada em cadeia desde 2015 E vai descer mais... é aguardar...

Bolsas europeias negoceiam no ‘vermelho’. PSI-20 tomba com perdas da Novabase

Galp teve prejuízos de 45 milhões nos primeiros nove meses do anoA empresa refere que o investimento totalizou 724 milhões de euros, com a área de Renováveis e Novos Negócios a corresponder a 46%, após o pagamento de 325 milhões de euros referente à transação de 2,9 GW de projetos de energia solar fotovoltaica em Espanha, já no terceiro trimestre. Já teve muito lucro. 😅😂

Galp teve prejuízos de 45 milhões nos primeiros nove meses do anoNo período homólogo tinha havido 403 milhões de lucros. Petrolífera viu cair 10% o cash flow das atividades operacionais, em grande parte como reflexo da pandemia

Galp Energia continua com prejuízos no terceiro trimestreResultados ficaram abaixo do esperado pelos analistas, que contavam com um regresso aos lucros no terceiro trimestre