Quatro serviços do Curry Cabral vão ser transferidos até ao final da próxima semana

01/04/2020 23:57:00
Quatro serviços do Curry Cabral vão ser transferidos até ao final da próxima semana

Coronavírus: Quatro serviços do Curry Cabral vão ser transferidos até ao final da próxima semana

Covid-19, Coronavírus

Coronavírus : Quatro serviços do Curry Cabral vão ser transferidos até ao final da próxima semana

Centro de referência de transplante hepático vai para o Hospital de Santa Marta, mas a decisão não é bem aceite por todos. Equipamento de ponta não pode ser retirado do Curry Cabral.

É “uma dor de alma”, descreve Élia Coimbra, coordenadora da unidade de Radiologia de Intervenção do CHLC, que funciona no Curry Cabral. A trabalhar nesta quarta-feira, a médica assegura que todos os procedimentos urgentes continuam a ser cumpridos, mas confirma que há consultas e procedimentos considerados não urgentes, incluindo de doentes oncológicos que já foram cancelados. “Os doentes oncológicos podem esperar um bocadinho, mas não podem esperar muito”, diz a médica, assegurando que é essencial garantir que nenhum destes doentes corre o risco de ser infectado com o novo coronavírus SARS-Cov-2 por continuar o tratamento num hospital como o Curry Cabral, 

Consulte Mais informação: Público »

«Um guerreiro venceu a batalha do ventilador'» O relato comovente de um enfermeiro do Curry CabralFora de Campo - «Um guerreiro venceu a batalha do ventilador'» O relato comovente de um enfermeiro do Curry Cabral

'Um guerreiro venceu a batalha do ventilador': O relato de um enfermeiro do Hospital Curry Cabral após paciente derrotar coronavírusSociedade - 'Um guerreiro venceu a batalha do ventilador': O relato de um enfermeiro do Hospital Curry Cabral...

Lar de idosos em Barcelos evacuado devido ao coronavírus. Há 9 infetados

Lar de idosos em Barcelos evacuado devido ao coronavírus. Há 9 infetadosDezoito idosos que não estão infetados vão ser transferidos para o Seminário da Silva. Pronto e vão morrer todos.

Deputados socialistas querem Gomes Cravinho no ParlamentoAudição deverá ser na próxima semana, reunindo o minstro com os parlamentares via Skype.

Arranca a entrega do IRS. Fisco desaconselha idosos a irem aos serviços

Arranca a entrega do IRS. Fisco desaconselha idosos a irem aos serviçosPeríodo para apresentar as declarações começa nesta quarta-feira e, como dura até Junho, a administração fiscal desaconselha as idas aos serviços e uma corrida ao Portal das Finanças. O que sugere o fisco

“Uma parte importante da população vai ficar infectada, com certeza”Esta pandemia é a segunda do século, mas é completamente diferente da primeira, a da gripe A, diz o director do serviço de doenças infecciosas do Hospital Curry Cabral, Fernando Maltez.

Humanos em quarentena, animais em turismo: no País de Gales, há cabras a passear nas ruas É “uma dor de alma”, descreve Élia Coimbra, coordenadora da unidade de Radiologia de Intervenção do CHLC, que funciona no Curry Cabral.(@nuno.(@nuno.Lusa Idosos xxx FOTO: Getty Images O Centro de Apoio e Solidariedade da Pousa (CASP), em Barcelos, onde já se registaram pelo menos nove casos positivos de coronavírus está a ser evacuado, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

A trabalhar nesta quarta-feira, a médica assegura que todos os procedimentos urgentes continuam a ser cumpridos, mas confirma que há consultas e procedimentos considerados não urgentes, incluindo de doentes oncológicos que já foram cancelados. “Os doentes oncológicos podem esperar um bocadinho, mas não podem esperar muito”, diz a médica, assegurando que é essencial garantir que nenhum destes doentes corre o risco de ser infectado com o novo coronavírus SARS-Cov-2 por continuar o tratamento num hospital como o Curry Cabral,  unidade de referência para o tratamento da doença covid-19  e que ficará exclusivamente dedicado a ela.da. “Precisamos de um hospital limpo.fonseca) a 31 de Mar, 2020 às 7:52 PDT "Um doente igual a tantos outros com quem lutamos lado a lado, todas estas batalhas ganhas serão o culminar duma grande vitória. É péssimo, é horrível, mas perante a hipótese de algum doente ser infectado por ser operado aqui, não podemos arriscar”, diz. Hoje foi um dia bom", descreve o enfermeiro. Filipe Veloso Gomes, médico radiologia de intervenção do CHBPT, acredita que a solução de transferir o serviço é um erro que ainda “se está perfeitamente a tempo de corrigir”.

A solução preconizada pelo clínico, e que é acompanhada por outros médicos da instituição, é que fosse criado um circuito diferenciado entre o centro e a parte do hospital que ficará dedicada aos doentes com covid-19. Hoje foi um dia bom", revela Nuno Moreira da Fonseca desvendando que o paciente saiu do hospital"em passo acelerado, rosto aberto e sorriso largo empurrado pelo desejo do reencontro". Hoje foi um dia bom", revela Nuno Moreira da Fonseca desvendando que o paciente saiu do hospital"em passo acelerado, rosto aberto e sorriso largo empurrado pelo desejo do reencontro". “Temos condições físicas para fazer esta separação, acedendo a um bloco operatório que é único no país”, diz. Fonte do CHLC garante, contudo, que a transferência do CHBPT já está em curso e que o serviço deverá estar a funcionar em pleno no Santa Marta “até ao final da próxima semana”, o mesmo acontecendo com os outros três serviços que, acompanhados do respectivo pessoal, também serão transferidos. Na descrição da imagem lê-se ainda que aos enfermeiros faltam, durante este tempo de pandemia,"demasiadas vezes os abraços, os olhares os sorrisos e a ternura" daqueles que amam e que"em casa esperam ansiosos". “O serviço de Medicina Física e Reabilitação vai para o Hospital de Santo António dos Capuchos e dois serviços vão para o S."Estamos aqui para vos abrir as portas sempre, no intuito de tudo fazer para vos devolver às vossas vidas", afirma Nuno Moreira da Fonseca. José: Ortopedia e Cirurgia Geral. De recordar que , onde os dois se confortam.

”, diz. No caso do CHBPT, a mesma fonte explica que “foi feito o levantamento do material que será necessário colocar em Santa Marta no sentido do centro continuar a operar fora do Curry Cabral”. “O hospital de Santa Marta é uma  unidade dedicada ao transplante de coração e pulmões , pelo que está de alguma maneira equipado” com o que é necessário ao funcionamento do CHBPT, diz a mesma fonte, realçando que todas as unidades hospitalares que vão receber os serviços do Curry Cabral são “covid  free ”, ou seja, não recebem doentes com esta patologia. “E isto é muito importante, sobretudo no caso de transplantados”, frisa. De novo, Filipe Veloso Gomes discorda desta avaliação.

O médico diz que é “impossível” pensar que qualquer hospital do país será livre da covid-19 e, além disso, garante: “O Santa Marta não tem as mínimas condições para receber um centro com esta dimensão”. O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público. Subscrever × Há equipamento de ponta no Curry Cabral, que ajudou a tornar o CHBPT num centro de referência, que não será possível transferir. Um robô para intervenções cirúrgicas, oferecido pela Fundação Aga Khan, e outra tecnologia de ponta. “Vai ficar fechado no Curry Cabral”, admite Élia Coimbra sobre este equipamento.

Contudo, ressalva, isso não significa que os doentes não irão receber o tratamento necessário. “Isto é equipamento topo de gama, mas temos outros equipamentos e sempre tratámos os doentes com eles. E vamos continuar a tratar. Temos imensos doentes à espera. Tudo isto é uma dor de alma, para os doentes, mas também para nós”, afirma.

Filipe Veloso Gomes teme que os resultados, caso a decisão em curso avance, venham a ser desastrosos. “No ano passado morreram cerca de 113 mil pessoas no país, a maioria de doenças cardiovasculares e de cancro. Não podemos deixar de tratar essas doenças. Um doente com cancro de fígado pode ser tratado de forma curativa, mas se esperar 3 ou 4 meses já não pode. Fechar um centro com esta importância para a Grande Lisboa e todo o Sul do país é uma decisão errada que estamos perfeitamente a tempo de corrigir.

Caso contrário, vamos ver aumentar a mortalidade em casos em que era perfeitamente evitável”, diz. Continuar a ler .