Moreira Da Cruz Coronavírus İrmãos Família Comunicação Tecnologia

Moreira Da Cruz Coronavírus İrmãos Família Comunicação Tecnologia

Quatro irmãos em quatro países

10/04/2020 15:03:00

Como tantas outras famílias portuguesas, os Moreira da Cruz estão a viver uma separação forçada, imposta pela pandemia de covid-19. Mas há uma particularidade: são quatro irmãos em quatro países diferentes e sem data para um reencontro. O SOL vai acompanhar todas as semanas os seus testemunhos.

'Nem mais um cêntimo para os países da Europa do sul': A capa de revista holandesa que está a causar polémica Youtubers abandonaram bebé autista com quem ganharam dinheiro durante anos Detenção de jornalistas da CNN em Minneapolis “acontece em ditaduras e regimes autoritários”

Dos quatro, só um vive em Portugal. Os outros três estão divididos entre França (Saint-Malo), Itália (Verona) e Reino Unido (Londres). As razões para terem saído do país foram as mais variadas: um empurrado pela crise de 2008, outros simplesmente foram à procura de novas desafios para virarem costas a um país que consideravam ‘demasiado pequeno’. Não se arrependem da escolha, mas agora admitem que Portugal ‘jogou’ pelo seguro e está a conseguir ‘escapar’ de forma mais moderada por esta pandemia. 

O SOL quis saber como é que estes quatro irmãos não só comunicam entre si como também enfrentam o desafio em cada um dos países onde vivem atualmente, que são dos mais fustigados pela covid-19. Ao SOL deixam os seus testemunhos: como encaram o dia a dia, as restrições que enfrentam, as penalizações a que são sujeitos se violarem as regras, o que acham das medidas impostas pelos respetivos governos e, acima de tudo, como conseguem matar as saudades entre si. 

Leia o artigo na íntegra na edição impressa do SOL. Já pode receber o SOL em sua casa. Saiba como  Consulte Mais informação: Jornal SOL »

Quatro pessoas morreram em incêndio em lar de idosos de MoscovoFalta de condições do edifício poderá estar na causa do incêndio.

Golos de Marcano já ofereceram quatro vitóriasFC Porto - Golos de Marcano já ofereceram quatro vitórias

Bruxelas aponta para quatro grandes problemas do país além do vírusSalários públicos, despesa com pensões e com saúde. E a eterna fragilidade do setor financeiro, que pode tornar-se outra vez instável, alerta a CE. ue=urss 2.0 chega!

Quatro amigos em isolamentoPreocupamo-nos com o futuro, não o nosso, mas dos nossos e dos que mais vão sofrer com tudo isto so com 4 aminaGas

Os quatro países que resistem a colocar a bola de ladoMais de 200 campeonatos foram parados em todo o mundo.

Javier Solana, 77 anos, resiste ao vírus. Tem alta ao fim de quatro semanasO antigo secretário-geral da NATO revelou no Twitter que vai para casa após quatro semanas e meia hospitalizado. E agradece a médicos e enfermeiros: 'Deram-me uma grande lição de responsabilidade e entrega.'