Quatro escolas de negócio portuguesas no top 95 das melhores da Europa

Quatro escolas de negócio portuguesas no top 95 das melhores da Europa

06/12/2021 03:47:00

Quatro escolas de negócio portuguesas no top 95 das melhores da Europa

Nova SBE, Católica-Lisbon e Porto Business School reafirmam a sua presença no ranking europeu do Financial Times de 2021, onde volta a estar o ISCTE após um ano de ausência. A escola do Porto é a que mais cresce e a Nova a primeira das portuguesas.

ranking de 2021 do Financial Times, no 27.º lugar. Dois lugares abaixo figura a Católica-Lisbon, que melhora a sua performance face ao ano passado. Na 66.ª posição, a Porto Business School, terceira melhor posicionada, regista, no entanto, a maior subida homóloga: 13 lugares. O ISCTE Business School, que, em 2019, foi 66.º e o ano passado esteve fora, regressa este ano ao ranking na 77.ª posição.

“É uma enorme satisfação continuarmos a figurar neste prestigiado ranking como a escola portuguesa mais bem classificada, um reconhecimento à aposta que a escola tem feito no sentido de consolidar a sua oferta académica de mestrados e de formação de executivos, assente num crescimento sustentado, numa cultura de inovação e excelência e na internacionalização nos mestrados e na formação de executivos”, afirma Daniel Traça, Dean da Nova SBE. Segundo o professor, este desempenho traduz-se num acréscimo de responsabilidade da escola para continuar a distinguir-se pela qualidade que entrega no ensino, investigação e contributo de impacto para uma sociedade cada vez mais sustentável e global”.

Também Filipe Santos, Diretor da Católica Lisbon School of Business & Economics, expressa orgulho pela subida consistente da escola no ranking das melhores business schools europeias e prestigiar assim Portugal. “A CATÓLICA-LISBON é um headtopics.com

'Stock' de crédito à habitação sobe para 96,9 mil milhões de euros em dezembro e toca máximo desde 2016

hubde atração de talento de docentes e alunos de nível mundial e uma verdadeira rampa de lançamento para uma carreira de sucesso com verdadeiro impacto na sociedade”, salienta.Ramon O’Callaghan, dean da Porto Business School, destaca a presença da escola no restrito grupo das cinco que mais posições subiram este ano. “Perante um contexto volátil e incerto, que nos estimula a todos a estarmos atualizados e bem preparados para os desafios do mercado profissional, é gratificante ver que a Porto Business School reforça o seu papel enquanto referência internacional na área da formação em gestão”, afirma a propósito.

Por seu turno, Maria João Cortinhal, diretora da Iscte Business School, congratula-se pelo regresso ao olimpo das escolas de negócios europeias: “Os resultados do Financial Times são um nítido indício do empenho que a Iscte Business School mantém para com os seus estudantes e para com os seus

stakeholders, traduzido pela qualidade da investigação e formação nas áreas da Gestão e da Economia aliadas à sustentabilidade e à responsabilidade social empresarial”.O ranking 2021 é liderado pelo quarto ano consecutivo pela escola de negócios francesa HEC Paris. Em segundo lugar, também há quatro anos, segue a London Business School. No

Bernardo Tavares estreia-se com vitória (Finlândia)

podiumfigura ainda a escola de Fontainebleau INSEAD que tem também Campus em Singapura e nos Emirados Árabes Unidos.O Financial Times avalia 95 escolas de negócios em três categorias: MBA, EMBA, Master in Management e Formação de Executivos. De referir que a Porto Business School compete apenas em três das quatro categorias que contribuem para a pontuação final deste ranking europeu. Destaque para o programa de MBA full-time, o The International MBA, que ocupa a 42ª posição na categoria de MBA. headtopics.com

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Egito de Carlos Queiroz está nos quartos-de-final da Taça das Nações ÁrabesO Egito venceu, este sábado, o Sudão por 5-0 e avançou para os 'quartos' da competição que Carlos Queiroz encara como preparação para o play-off de apuramento, agendado para março, rumo ao Mundial do próximo ano

Papa Francisco visita campo de refugiados em LesbosÉ uma das principais portas de entrada de migrantes na Europa.

Empresário da Golegã é dos maiores criadores e exportadores de corais da EuropaBiólogo marinho dedica-se à exposição, criação, estudo e exportação de corais, peixes e tartarugas. 'MALDITO SEJA QUEM VOTOU NO BOLSONARO' TUDO FDP! BOLSONARO ESTÁ MATANDO ÍNDIOS E MATANDO AS FLORESTAS DO BRASIL. A AMAZÔNIA E AS FLORESTAS DO BRASIL ESTÃO SENDO DESTRUÍDAS! ISSO VAI CAUSAR CRISES CLIMÁTICAS,SECAS,INUNDAÇÕES, FALTA DE ÁGUA,POLUIÇÃO E MORTES NO BRASIL. 'OXOSSI '

Detidos pais de adolescente suspeito da morte de estudantes em escola de MichiganJovem de 15 anos é suspeito de efetuar vários disparos numa escola que causaram a morte de quatro estudantes.

O autocarro que nunca chegaA inexistência de linhas transfronteiriças e a escassez de transporte público no mundo rural raiano motiva o debate sobre o despovoamento e a interligação das vilas galegas e portuguesas.

Dívida a empresas portuguesas em Angola supera 500 milhõesA dívida às empresas portuguesas em Angola ultrapassa os 500 milhões de euros, dos quais cerca de 25% estão ainda por pagar, segundo o delegado da AICEP no país. 50% verdade! Não é preocupante. Os portugueses continuam a acreditar é porque dá resultado, suponho!