Pandemia, Praias, Desconfinamento, Dgs, Covid-19, Coronavírus, Coronavírus Portugal

Pandemia, Praias

Praias devem ter equipa para avaliar medidas de segurança

Praias devem ter equipa para avaliar medidas de segurança

21/05/2020 13:37:00

Praias devem ter equipa para avaliar medidas de segurança

As praias devem ter uma equipa de informação e segurança, para facilitar a avaliação das medidas relativas à covid-19 e a articulação com concessionários e restantes entidades, refere o manual sobre a época balnear enviado às câmaras municipais.

zonas balneares com maior afluência, promover a constituição de uma equipa de informação e segurança, que poderá ser comum a várias zonas balneares de um concelho, e que pode facilitar a avaliação da implementação das medidas e a articulação com o concessionário e com as restantes entidades", indica o manual"Ir à praia em segurança".

Pinto da Costa foi o único presidente que não manifestou apoio a Luís Filipe Vieira Parlamento recomenda ao Governo que adopte medidas de combate ao racismo – só Ventura votou contra Trump diz que queda no desemprego representa um ''ótimo dia'' para George Floyd

Depois de o Governo ter anunciado que a época balnear pode começar a partir de 6 de junho, ascâmaras municipais receberam um manual, com 34 páginas, em que se apresentam as linhas orientadoras sobre o regime excecional e temporário para a ocupação e utilização das praias, no contexto da pandemia covid-19, que se aplica ao território continental, excluindo as regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

"É necessário reinventar a forma como as praias são usufruídas, em segurança, salientando-se anecessidade de manter-se o distanciamento físico e as medidas sanitárias básicas, e ao mesmo tempo garantir aos banhistas uma experiência suficientemente confortável na praia", lê-se no documento.

Neste sentido, a segurança das zonas balneares"depende essencialmente da capacidade detransmitir aos cidadãos que devem ser eles próprios a acautelar, em primeiro lugar, a sua situação de risco", pelo que se deve apostar em campanhas de sensibilização, através da"divulgação intensiva" à população dos cuidados a ter nestes espaços públicos.

"Complementarmente, as autoridades policiais, autarquias, e outros intervenientes, e meios que venham a ser envolvidos, devem promover ações que promovam a adoção destes comportamentos que minimizam o risco de contágio", propõe o manual"Ir à praia em segurança", defendendo a articulação de todas as entidades com competência para potenciar as ações de prevenção e fiscalização das zonas balneares.

O documento sobre a ocupação e utilização das praias, no contexto da pandemia covid-19, prevê ainda a possibilidade de"reforço de monitorização" da qualidade da água das zonas balneares, referindo que"os avisos de desaconselhamento e interdição, por alteração da qualidade da água, vão ser amplamente divulgados e os utentes devem respeitá-los agora mais do que nunca, para proteger a sua saúde".

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Praias devem ter equipa de informação e segurança para avaliar implementação das medidasAs câmaras municipais receberam um manual, com 34 páginas, com as linhas orientadoras sobre o regime excecional e temporário para a ocupação e utilização das praias. As praias já estão cheias de gente que não respeita nada ! Não vamos chegar ao verão continuando assim ! BB will be watching you

Bandeira Azul em 360 praias costeiras e fluviais, mais oito face a 2019Sociedade - Bandeira Azul em 360 praias costeiras e fluviais, mais oito face a 2019

Bandeira Azul em 360 praias, mais oito do que em 2019Coordenação nacional do programa pede responsabilidade aos veraneantes no regresso ao mar.

Algarve é a região com mais praias com bandeira azulDas 360 praias distinguidas, 322 são costeiras e 38 fluviais.

Praias de Sintra não vão ter toldos nem barracas na época balnear

Praias com bandeira azul no Norte, Centro e AlentejoGráficos - Praias com bandeira azul no Norte, Centro e Alentejo