Porque é que a Europa conta cada vez menos?

Porque é que a Europa conta cada vez menos?

28/11/2021 23:20:00

Porque é que a Europa conta cada vez menos?

O anúncio do AUKUS, a nova aliança estratégica entre os EUA, o Reino Unido e a Austrália, com a China no lado oposto da barricada, é um sinal evidente de que a zona do Pacífico será decisiva no grande palco geopolítico do século XXI. A fúria da França, preterida pelos antigos aliados, é um sinal de que algo está a mudar para a Europa

IlustradorCarbis Bay, Cornualha, 12 de junho de 2021. A cimeira dos G7 estava a decorrer bem. Antes de darem início à sua primeira reunião bilateral à margem do encontro, Joe Biden e Emmanuel Macron sentaram-se para uma breve conversa com a imprensa. A tarde estava azul e as ondas do mar batiam na praia mesmo atrás dos Presidentes dos EUA e da França. “Como já tive oportunidade de afirmar, os Estados Unidos estão de volta,” disse Biden. “Acho que as coisas estão a correr bem. Como dizemos nos Estados Unidos, estamos na mesma página [da França].” Macron sorriu e disse: “É muito bom ter um Presidente dos Estados Unidos que é parte do clube e com vontade de cooperar. A liderança faz-se com parcerias.” Os dois líderes políticos apertaram as mãos.

Sócrates deixa um conselho a Costa: não devia 'desmerecer a única maioria absoluta' que o PS teve

Washington e Paris pareciam partilhar vários objetivos em Carbis Bay. Além da agenda da cimeira, Biden e Macron estavam interessados em aprofundar o relacionamento entre os seus países, debater o papel da NATO e da União Europeia nas relações transatlânticas e discutir os termos das suas relações com a China. Acrescia o interesse de ambos em tornar claro que o trauma euroatlântico causado pela tumultuosa presidência de Donald Trump estava em vias de ser ultrapassado. O aperto de mão entre Biden e Macron e a cordialidade que rodeou a sua conversa com a imprensa serviu para comunicar que Carbis Bay seria uma cimeira sobre os benefícios políticos da convergência de interesses entre os seus países.

Consulte Mais informação: Expresso »

Decisão 22: o confronto entre António Costa e André Ventura na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

China,Russia e USA Nao quer uma UE forte e solidària e conseguem porque todos querem o proprio interesse . E Nao se investe numa UE de defesa 🥴🥴🥴

Porque é que a Europa conta cada vez menos: a capa da revista ECapas

Crise migratória na Europa: centenas de iraquianos obrigados a voltar para casaAssociações humanitárias pedem que seja criada uma passagem segura entre França e Reino Unido.

Pretória refuta que nova variante na Europa tenha origem na África do SulO Governo sul-africano refutou as alegações de que a nova variante do coronavírus que provoca a covid-19, detetada na União Europeia (UE), seja oriunda da África do Sul.

Na era do digital faltam hackers éticos na EuropaAtacar para corrigir vulnerabilidades é a missão dos hackers éticos que estão do lado das organizações e das empresas para as protegerem de possíveis ataques informáticos. Esta aposta na segurança tem sido feita um pouco todo o mundo, mas na Europa, e consequentemente em Portugal, há um claro problema de 'falta de mão-de-obra qualificada e de qualidade' capaz de exercer o hacking ético. Chamem o Rui Pinto E os que há, não se lhe dá o devido valor ...

Crise migratória. Governo britânico vai exigir 'mais cooperação' à EuropaEXIGIR .. pobres 'piratas', como dizia o Marquês de Pombal..

Portugal é o quarto país do mundo com a maior fatia de população idosa. Sul da Europa é a região mais envelhecidaMais idosos, mais centenários e cada vez menos jovens. Com a sociedade a envelhecer torna-se urgente adaptarmo-nos e largar “padrões do passado que não estão ajustados à nova realidade da longevidade”