Opinião, Tribunais, Famílias, Advogado

Opinião, Tribunais

Por que não querem advogados nos tribunais de família e menores?

Opinião: Por que não querem advogados nos tribunais de família e menores?

03/06/2020 08:56:00

Opinião : Por que não querem advogados nos tribunais de família e menores?

Permitir-se que as partes, especialmente em questões de família e menores, possam litigar em tribunal sem advogado é inaceitável. A justiça não se faz sem advogados, e menos ainda a justiça das crianças.

Consulte Mais informação: Público »

Os advogados são um empecilho na justiça e grande. A maior glória a que aspiram é vencer uma causa por expedientes processuais, não lhes interessa se foi ou não feita justiça. Coisa que me parece não distinguem, no que são acompanhados por muitos juízes. O Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos garante o direito à própria defesa. É o processo jurídico que se tem de adaptar a está garantia.

Trump culpa extrema esquerda por protestos violentos e critica Biden por pagar fian\u00e7a a manifestantes

Equipa da Primeira Divisão ucraniana em quarentena por ter 25 infetados por Covid-19Internacional - Coronavírus: Karpaty Lviv em quarentena por ter 25 infetados

Jorge Jesus perto de renovar com Flamengo por mais uma temporadaDesporto - Jorge Jesus perto de renovar com Flamengo por mais uma temporada

Autarca da Azambuja insiste em cordão sanitário a prédio habitado por famílias de “etnia cigana”“[O cordão] seria para eles ficarem isolados dentro das suas casas, o que é difícil porque eles têm muitas crianças e andam constantemente na rua”, diz Luís de Sousa. Estão a ser testados 40 moradores de um prédio num bairro social da Azambuja. Asso A saúde pública é superior a complexos etnico-raciais.

República Democrática do Congo está a ser atingida por um novo surto de ÉbolaCinco pessoas já morreram. 2020 no seu melhor. Este fim de ano aparecem os ETs pra nos eliminar de vez

Responda aos inquéritos lançados por Rui SantosEm destaque a demissão de Luís Nazaré da presidência da Mesa da Assembleia Geral do Benfica e a absolvição de Bruno de Carvalho de todos os crimes relacionados com o ataque à academia do Sporting. Quem...? Não. Era só o que faltava...