Ponte 25 de Abril sobre o Guadiana já foi inaugurada em Badajoz

15/01/2022 02:50:00

Ponte 25 de Abril sobre o Guadiana já foi inaugurada em Badajoz

Sociedade, Badajoz

Ponte 25 de Abril sobre o Guadiana já foi inaugurada em Badajoz

Ponte é assim designada como homenagem a Portugal, mas o nome escolhido não foi consensual, pois coligação de direita preferia o nome de Barbara de Bragança, a princesa portuguesa que viria a ser Rainha de Espanha e que protagonizou a Troca das Princesas que se realizou a 19 de janeiro de 1729.

SubscreverO nome escolhido pela Junta da Estremadura, governada pelos socialistas espanhóis, não foi consensual, já que a Câmara de Badajoz, onde governa uma coligação de direita entre o PP e o Cyudadanos, preferia o nome de Barbara de Bragança, a princesa portuguesa que viria a ser Rainha de Espanha e que protagonizou a Troca das Princesas que se realizou a 19 de janeiro de 1729.

A troca foi feita a cerca de quatro quilómetros da nova ponte, no Rio Caia, afluente do rio Guadiana, onde se encontra a fronteira entre Elvas (Portugal) e Badajoz (Espanha). A cerimónia de 1729, fez-se literalmente a meio do rio, numa grande ponte-palácio de madeira ricamente decorada construída para a ocasião, com vários pavilhões em ambas as margens do rio.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Utentes buzinaram na ponte 25 de Abril contra preços dos combustíveisProtesto organizado por utentes da travessia entre as duas margens do Tejo pretendeu alertar para o aumento dos preço dos combustíveis e dos bens essenciais e não essenciais. Se os aumentos não forem travados, 'a pobreza pode ser muito maior do que em 2021', alerta a organização.

Utentes buzinaram na ponte 25 de Abril contra preços dos combustíveis - RenascençaProtesto também quer exigir que no debate desta noite, os líderes do PS e do PSD se pronunciem sobre esta matéria. E, nas bombas, nada de novo... 🤔

Utentes buzinaram na ponte 25 de Abril contra preços dos combustíveisAssociação Democrática de Utentes da 25 de Abril quer que os líderes do PS e do PSD se pronunciem sobre esta matéria no debate desta noite. É preciso salvar o Pateta. Você não consegue vender a sua revista nas bancas, mesmo a dar prémios, e vem para aqui para apanhar a identidade dos cidadãos? Afinal, o constitucional deita-lhe a mão, ou fica parado?

Utentes da ponte 25 de Abril buzinaram contra aumento dos combustíveis esta manhãJá pagámos para aí 10 pontes e a chulice continua ...

IGCP vai ao mercado emitir entre 1,25 e 1,5 mil milhões em Bilhetes do TesouroO IGCP anuncia dois primeiros leilões de linhas de BT do ano para 19 de janeiro. O montante indicativo global situa-se entre 1.250 milhões e 1.500 milhões de euros.

Acordo de venda de ações do Benfica a John Textor reduz de 25% para 16% do capitalSegundo o comunicado divulgado na CMVM, as negociações ainda decorrem e John Textor 'mantém interesse na conclusão do negócio que respeita à transmissão de um total de 3.680.000 ações ordinárias, escriturais e nominativas, representativas de 16% do capital social da Benfica SAD'.

e receba as informações em primeira mão.Dois anos de pandemia.Foto: Miguel A.+ Utentes da Ponte 25 de Abril realizaram hoje de manhã um buzinão contra o aumento do preço dos combustíveis e para exigir que no debate desta noite entre os líderes do PS e do PSD se pronunciem sobre esta matéria.

Subscrever O nome escolhido pela Junta da Estremadura, governada pelos socialistas espanhóis, não foi consensual, já que a Câmara de Badajoz, onde governa uma coligação de direita entre o PP e o Cyudadanos, preferia o nome de Barbara de Bragança, a princesa portuguesa que viria a ser Rainha de Espanha e que protagonizou a Troca das Princesas que se realizou a 19 de janeiro de 1729. A troca foi feita a cerca de quatro quilómetros da nova ponte, no Rio Caia, afluente do rio Guadiana, onde se encontra a fronteira entre Elvas (Portugal) e Badajoz (Espanha). Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação Democrática de Utentes da 25 de Abril, que convocou o protesto, explicou que o buzinão, que terminou às 9h, visou mostrar o descontentamento contra o preço dos combustíveis e o aumento galopante dos custos de vida e para chamar a atenção para a falta de debate sobre estas matérias . A cerimónia de 1729, fez-se literalmente a meio do rio, numa grande ponte-palácio de madeira ricamente decorada construída para a ocasião, com vários pavilhões em ambas as margens do rio. "Também hoje, dia 13, queremos exigir que no debate desta noite com os dois candidatos a primeiro-ministro [António Costa, pelo PS, e Rui Rio, pelo PSD, ]se pronunciem sobre esta matéria. Esta sexta-feira, o alcaide de Badajoz, Ignácio Gragera, não entrou na polémica e destacou a obra e a sua importância para Badajoz, mas também para Elvas, Campo Maior e Portugal . Se a questão do custo de vida, se a questão dos combustíveis e do custo vida é para ser travado, se empregaremos o verbo baixar ou se é para continuar com o mitigar que é um verbo insultuoso para as famílias que cada vez estão mais pobres ", disse. "Este é um dia feliz" , dizia o alcaide de Badajoz, Ignácio Gragera, sobre a inauguração desta nova infraestrutura que, acima de tudo,"vem mudar a própria cidade e a região, para que as pessoas desfrutem, lhe possam dar uso e, acima de tudo, que possa vir a melhorar a comunicação entre o interior e o exterior da cidade de Badajoz. "Feitas as contas não aconteceu porque hoje as pessoas com este valor do salário atual mínimo nacional têm menos poder económico do que tinham antes, no ano passado", sublinhou.

" O presidente da Junta da Estremadura, Guillermo Fernández Vara, afirmou que"este investimento contribui para"melhorar as acessibilidades de Badajoz, porque é uma cidade grande que se tiver desenvolvimento, pode servir de alavanca para a Estremadura"."Feitas as contas não aconteceu porque hoje as pessoas com este valor do salário atual mínimo nacional têm menos poder económico do que tinham antes, há um ano ", sublinhou."Feitas as contas não aconteceu porque hoje as pessoas com este valor do salário atual mínimo nacional têm menos poder económico do que tinham antes, no ano passado", sublinhou. O troço III, que será o mais caro por incluir a ponte, custou 30,7 milhões de euros, incluindo a remodelação da avenida Rui Nabeiro. São 4,1 quilómetros que ligam o Caia à estrada de Olivença e foram cofinanciados por fundos europeus. O responsável pelo projeto de construção da Ronda Sul e da Ponte 25 de Abril, José Luiz Lopez, revela que esta nova infraestrutura, agora inaugurada, tem um comprimento de cerca de quatro quilómetros e a nova ponte uma altura de 11 metros. Para nós é importante que entre na agenda das campanhas eleitoras e sobretudo na agenda dos dois maiores partidos políticos esta questão sobre a qual não se têm pronunciado, como se vivessem noutro planeta e como se nada se passasse e as famílias não tivessem entrado o ano muito mais pobres. A Junta da Extremadura convidou o primeiro-ministro português, António Costa, que devido ao período de campanha eleitoral para as legislativas não pôde comparecer na inauguração em Badajoz. Estamos a caminhar para uma maior pobreza relativamente ao ano passado e isso tem de ser mudado", realçou.

A população de Badajoz já inaugurou a ponte 25 de abril. Às 11h30 foram retiradas as vedações de construção que encerravam a avenida Rui Nabeiro e os automobilistas puderam inaugurar o primeiro troço da circular e passar a quinta ponte sobre o rio Guadiana, a ponte 25 de abril. Aristides Teixeira disse ainda que a associação avançou para este buzinão mesmo em situações adversas. Serviço especial da Rádio ELVAS para o DN Partilhar .