Pinhal de Leiria vai ter menos autóctones que o previsto e outro modelo de exploração

12/01/2022 03:01:00

Pinhal de Leiria: Pinhal de Leiria vai ter menos autóctones que o previsto e outro modelo de exploração

Pinhal de Leiria: Pinhal de Leiria vai ter menos autóctones que o previsto e outro modelo de exploração

Plano de Gestão Florestal da Mata Nacional de Leiria entra hoje em consulta pública. Maioria do pinhal foi destruído nos incêndios de 2017.

Pinhal de Leiria foi devastado pelos fogos em 2017 Adriano Miranda em 2017 viu 9,5 mil dos seus 11 mil hectares consumidos pelas chamas , vai ter menos árvores autóctones do que o previsto inicialmente e um modelo de exploração diferente ao que estava em vigor antes do incêndio.PJ detém suspeito de violação em praia de Leiria O Tribunal Judicial de Leiria condenou um homem de 24 anos a seis meses de prisão pelo crime de detenção de arma proibida quando estava preso no Estabelecimento Prisional de Leiria -- Jovens, anunciou esta segunda-feira a Procuradoria da Comarca.Por Eduardo Pedrosa Marques Terminou o calvário de Kuca.PAULO CUNHA/LUSA PAULO CUNHA/LUSA As comunidades intermunicipais das regiões de Leiria (CIMRL) e Coimbra (CIM RC), que se reuniram esta terça-feira em cimeira em Ansião, reclamaram “atenção redobrada” e pediram que não se continue a apostar no centralismo de Lisboa e das duas áreas metropolitanas.

De acordo com declarações do secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Catarino, ao PÚBLICO, estas são algumas das novidades da nova versão do Plano de Gestão Florestal da Mata Nacional de Leiria (PGFMNL), que está a partir desta quarta-feira em consulta pública.Antes de 2017, apenas 3% a 4% desta mata, que foi também afectada pela tempestade Leslie em 2018, não estava ocupada por pinheiro-bravo."O arguido havia fabricado essa arma apenas com o objetivo de a usar para molestar fisicamente terceiros", adiantou a fonte, explicando que,"anteriormente, já tinha sido condenado pela prática de vários crimes, de diversa natureza, inclusive de detenção de arma proibida, estando a cumprir uma pena de prisão aquando do cometimento dos factos".Numa perspectiva de prevenção de incêndios, explica João Catarino, o objectivo era interromper as manchas de pinheiro bravo com outras espécies.Kuca foi lançado em jogo aos 76 minutos, podendo, nos últimos instantes do duelo com os piedenses, sentir novamente o prazer de jogar futebol, isto depois de uma grave lesão sofrida na época passada.No entanto, por causa das características do solo, tal “não é possível”.“Vamos ter algumas áreas de outras espécies, mas muito pouco em relação àquilo que gostaríamos”, disse.Elencando alguns dos 50 pontos de comum acordo distribuídos por oito áreas que constam num documento final distribuído à comunicação social, o autarca destacou a saúde, considerando esta “fundamental nos próximos anos”, para conseguir tornar o país “capaz de reagir a futuras crises”, como a da pandemia.

A secretaria de Estado avança que, com as intervenções em curso, “a área a ocupar com outras espécies aumenta para cerca de 10%”.Seguiu-se um longo período de recuperação e, em determinado momento, o extremo confessa que até pensou em terminar a carreira.A nova versão do PGFMNL prevê também que, daqui para a frente, se deixe de praticar cortes rasos (que significam a abertura de clareiras no pinhal), passando a optar-se por cortes selectivos.Uma opção que tem impacto na configuração do pinhal, mas é também “de uma questão de preservação de biodiversidade”, justificou o secretário de Estado.A realidade em que se baseou o anterior plano de gestão, aprovado em 2012, deixou de existir e o documento “ficou completamente desactualizado com os incêndios de 2017”, diz João Catarino.Mas com o apoio da minha família e através das palavras do Luís Nascimento (Physioclem), tive forças para ser resiliente e hoje sinto-me muito feliz por regressar aos relvados.Quase quatro anos e meio depois do fogo, só agora foi possível desenhar um novo documento porque era preciso perceber, “talhão a talhão” se haveria regeneração natural de pinheiro ou se era necessário rearborizar e adaptar o plano às características do terreno.Estas são algumas das áreas de atuação que estabelecemos, que irão ser reforçadas com uma intervenção política no decorrer das próximas semanas, com contactos com elementos do Governo, mas também, sobretudo, com os candidatos das diversas forças partidárias às próximas eleições legislativas, adiantou.

O trabalho partiu de um perspectiva de restauro do ecossistema, tendo em conta os serviços que a floresta presta, não só de captura de dióxido de carbono, mas também como barreira que trava o avanço dunar.“A melhor espécie para o impedir são os pinheiros”, mas numa lógica transitória, em que estes “sejam instalados, comecem a produzir matéria orgânica e a criar condições para o aparecimento de outras espécies”.Recorde-se que Kuca tem já um longo currículo no futebol português, onde chegou em 2010/2011, para representar o Mirandela.Esse processo, diz João Catarino, foi interrompido pelo incêndio, o que significa que “não há matéria orgânica suficiente para pensar noutras árvores”.Sobre as críticas ao investimento no pinhal, o secretário de Estado refere que, desde o incêndio, a receita com material lenhoso rondou os 17 milhões de euros.“Nos próximos cinco ou seis anos, essa receita será absorvida” pelos trabalhos a desenvolver ali.O emblema da cidade do Lis, recorde-se, lidera a Série Sul da Liga 3, com 33 pontos conquistados em 14 jornadas.Na saúde, é apontada uma nova maternidade em Coimbra ou a requalificação/ampliação do Centro Hospitalar de Leiria , passando ainda por outras unidades de saúde, como o Hospital dos Covões e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, além do “reforço da rede de cuidados de saúde primários e de cuidados continuados”.

“E o problema”, acrescenta, “é que nos próximos 30 anos não haverá receita ou será residual”.Outro dos objectivos estratégicos do plano é “potenciar a fruição da mata” através da reabilitação de parques de merendas, vias de circulação e sinalética.“Queremos voltar a ter uma Mata Nacional aonde as pessoas vão”, sintetizou o membro do governo.Também afectadas pelos incêndios de 2017, as matas nacionais atlânticas, como a do Urso, também no distrito de Leiria, ou da Leirosa, mais a Norte, já na Figueira da Foz, não têm ainda planos de gestão actualizados.Esses documentos estão a ser elaborados, refere o secretário de Estado.As duas comunidades intermunicipais reclamam, no âmbito da competitividade e inovação, a requalificação e ampliação do porto comercial da Figueira da Foz, mais investimento para áreas de acolhimento empresarial, a aposta no trabalho em rede das infraestruturas de incubação, aceleração e parques tecnológicos, além de um programa de redução fiscal dos custos de energia e de estabilização de preços dos contratos de fornecimento de eletricidade.

“Esperamos lançá-los em consulta pública brevemente”, acrescentou.Depois de fechar o período de consulta pública, serão avaliados os contributos e o plano poderá entrar em vigor nos próximos meses.“Não há razão para que, na próxima Primavera, não tenhamos um plano de gestão em vigor”, considera o responsável.Mas isso já só acontecerá com o próximo governo..

Consulte Mais informação:
Público »
Loading news...
Failed to load news.

Homem condenado a seis meses de prisão por posse de arma quando estava detido em LeiriaSegundo fonte, o 'arguido havia fabricado essa arma apenas com o objetivo de a usar para molestar fisicamente terceiros' e já tinha sido condenado por prática de vários crimes.

Kuca regressou aos relvados um ano depois (UD Leiria)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

Regiões de Leiria e de Coimbra estão contra o centralismo e reclamam 'atenção redobrada'Comunidades intermunicipais reivindicam que 'não se continue a apostar' no centralismo de Lisboa. Os autarcas das regiões defendem reforços na área da saúde, educação e transportes.

Leiria e Coimbra anunciam nova cimeira para discutir aeroporto na Região Centro - SIC NotíciasO assunto não foi 'intencionalmente' abordado na cimeira entre as duas comunidades intermunicipais que se realizou em Ansião. Se se tivesse construído o da OTA, a questão n iria colocar-se...

Regiões de Coimbra e Leiria juntam-se contra o centralismo das áreas metropolitanasNa primeira cimeira entre as duas comunidades intermunicipais, autarcas elaboraram um caderno de encargos com 50 pontos. De fora ficou o tema fracturante: a localização de um aeroporto na Região Centro. Nenhuma pessoa Sozinha vivia no Mundo, pelo que: (Minha Informação desde 2019) Se Portugal e os portugueses não contribuírem para um Interior mais forte no futuro vai acontecer isto e vocês também são os responsáveis: Os Governos e o Estado tem de contribuir para um Portugal sustentável.

Mais uma cidade chinesa confinada. População sob quarentena aumenta para 20 milhões - RenascençaO bloqueio da cidade de Anyang vai durar, pelo menos, até que todos os 5,5 milhões de habitantes sejam testados.