Covid-19, Vacina Covid-19, Pfizer, Janssen, Moderna, Eua

Covid-19, Vacina Covid-19

Peritos dos EUA apoiam doses de reforço de vacinas Moderna, Pfizer e Janssen

Peritos dos EUA apoiam doses de reforço de vacinas Moderna, Pfizer e Janssen

22/10/2021 02:34:00

Peritos dos EUA apoiam doses de reforço de vacinas Moderna , Pfizer e Janssen

Um painel consultivo do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) norte-americano apoiou, esta quinta-feira, a administração de doses de reforço das vacinas da Moderna , Pfizer e Johnson & Johnson ( Janssen ) contra a covid-19.

Pfizerhá vários meses já estavam habilitados para realizar um reforço. Agora, os consultores do CDC dizem que as pessoas que foram inoculadas com a Moderna e a Johnson & Johnson também podem receber uma dose reforçada.

Rui Moreira anuncia cancelamento das festas de fim de ano no Porto Covid-19: 70% dos internados nos cuidados intensivos em Lisboa não estão vacinados Peng Shuai. WTA diz que “nada disto é aceitável” e fez o que ameaçou fazer: suspendeu todos os torneios na China

A agência norte-americana reguladora de medicamentos (FDA) já havia autorizado a campanha de reforço na quarta-feira, mas o CDC, coordenado pelo seu painel consultivo, tem a palavra final sobre o assunto.A aprovação da FDA surgiu depois de um comité científico dos Estados Unidos (EUA) ter recomendado na semana passada doses de reforço da Moderna para certos grupos populacionais e da Johnson & Johnson para pessoas com 18 ou mais anos.

Na decisão, a FDA observa que a segunda dose da Johnson & Johnson pode ser dada dois meses após a primeira em pessoas com mais de 18 anos, recomendando o reforço da Moderna seis meses depois da vacinação completa, para determinados grupos. headtopics.com

No caso da Moderna, a agência autoriza a dose para todas as pessoas com mais de 65 anos, bem como para os maiores de 18 anos que corram o risco de sofrer complicações de saúde graves com covid-19 ou com empregos em impliquem exposição à doença. De forma paralela, a FDA permite que a vacina de reforço seja diferente da inicialmente recebida.

Para ilustrar isso, o regulador deu como exemplo o caso de uma pessoa que recebeu a vacina da Johnson & Johnson (dose única), que agora poderia optar por um reforço da Moderna ou da-- nesta situação, indica, teria de ser apenas meia dose.

PUBPor seu turno, as pessoas que receberam duas doses da Pfizer ou Moderna podem escolher a terceira de qualquer uma das duas soluções (se alguém tiver a vacinação da Pfizer completa, deve ser administrada apenas meia dose da Moderna) ou da Johnson & Johnson.

O diretor do centro da FDA para Avaliação e Pesquisa Biológica, Peter Marks, disse esta quinta-feira, citado em comunicado, que vão ser recolhidos dados adicionais sobre os benefícios e riscos do uso de doses de reforço em mais grupos populacionais. Por sua vez, a comissária interina da FDA, Janet Woodcock, lembrou na mesma nota que"a ciência mostrou que a vacinação continua a ser a forma mais segura e eficaz de prevenir a covid-19, incluindo as consequências mais sérias da doença". Em setembro, os headtopics.com

Porto cancela festejos de rua e fogo-de-artifício na passagem de ano “Talvez a pandemia tenha acabado com as ‘cidades “superstar”’” Legislativas: BE admite apoiar uma maioria que melhore a vida do país

aprovaram a dose de reforço da vacina da Pfizer para os mesmos grupos autorizados hoje para a Moderna.Segundo dados do CDC, mais de 11,2 milhões de pessoas nosreceberam uma inoculação de reforço. Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

EMA prevê recomendação sobre vacina da Pfizer em crianças dentro de dois mesesA proposta assenta numa dose três vezes mais baixa do que a dose aprovada para adultos. Da vez de vacinarem crianças vão vacinar o cu da vossa mãe ok seus covideiros fanáticos

Agência do Medicamento decide sobre vacina da Pfizer em crianças dentro de dois mesesSociedade - Agência do Medicamento decide sobre vacina da Pfizer em crianças dentro de dois meses

Vacina da pfizer é 'altamente eficaz' contra a variante Delta em adolescentes, revela estudo (com áudio)As descobertas, entretanto publicadas no 'New England Journal of Medicine', fornecem mais garantias de que a injeção é eficaz contra a variante entre os jovens, já que o regulador de medicamentos dos EUA (FDA - sigla em inglês) considera autorizar o uso da vacina em crianças de apenas cinco anos.

Covid-19: Pfizer/BioNTech anuncia eficácia de 95,6% em vacina de reforçoVários países já autorizaram a administração de uma dose de reforço contra o coronavírus para estimular a imunidade das pessoas vacinadas. Not again 🥱

Covid-19. Consórcio Pfizer/BioNTech anuncia eficácia de 95,6% em vacina de reforçoO ensaio clínico de fase 3, realizado em '10.000 pessoas com mais de 16 anos', demonstra 'uma eficácia de 95,6%' e um 'perfil de segurança favorável', de acordo com um comunicado da farmacêutica

EMA vai apresentar decisão sobre inoculação da vacina da Pfizer em crianças entre os 5 e 11 anos dentro de dois meses