Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente do Parlamento Europeu - SIC Notícias

Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente do Parlamento Europeu

18/01/2022 20:41:00

Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente do Parlamento Europeu

O eurodeputado socialista recolheu 517 votos - bem acima da maioria absoluta necessária dos 680 votos expressos válidos.

A nova presidente da assembleia, a maltesa e até agora primeira vice-presidenteRoberta Metsola, tinha já hoje sido eleita num ato eleitoral dirigido por Silva Pereira, enquanto segundo vice-presidente.O Parlamento procedeu de seguida ao início da eleição dos vice-presidentes, tendo eleito já nove na primeira volta, com o deputado português a ser o terceiro mais votado.

Pedro Silva Pereira recolheu 517 votos –bem acima da maioria absolutanecessária dos 680 votos expressos válidos, no caso 341, ficando apenas atrás do austríaco Othmar Karas, do Partido Popular Europeu (536) e do italiano Pina Picierno (527), também socialista, pelo que será o terceiro vice-presidente do Parlamento Europeu até às próximas eleições europeias, em 2024.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Ultrapassados por bicicletas e trotinetes, buzinados no fim: fomos andar de carro a 30km/h com a vereadora de Lisboa que o propõe

CNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. Consulte Mais informação >>

não larga o tacho este mamista socrático..até o filho já lá tem …o teu lugar era na prisão com mais uns poucos que eu sei … Para manter os do sul controlados há que dar alguns tachos aos dos partidos desses países... Nota-se bem a diferença que isso faz..fez, faz pfff Ah ah ah ah

Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente do Parlamento EuropeuO socialista português foi o terceiro mais votado, atrás da italiana Pina Picierno (também dos Socialistas e Democratas), com a primeira vice-presidência a ficar também para o Partido Popular Europeu, nas mãos do austríaco Othmar Karas. e agora e só reuniões comer dormir fora deslocações pagas que luxo pagando europeu pople ?🙏🙏🙏🙏🙏

Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente do Parlamento EuropeuEurodeputado socialista recolheu 517 votos, número bem acima da maioria absoluta necessária. Ó Sócrates!!! Agora se vê a bandalheira da UE.!

Pedro Silva Pereira reeleito vice-presidente da EurocâmaraO português, da família socialista, obteve 517 votos, menos que o austríaco Othmar Karas (536) e o italiano Pina Picierno (527), pelo que será o terceiro vice-presidente do PE até 2024.

Santa Clara e Tondela empatam na estreia de Mário Silva como treinador dos açorianosSanta Clara e Tondela empataram este dom 2-2, em jogo da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, primeira da segunda volta, que marcou a estreia de Mário Silva como treinador da equipa açoriana.

Mário Silva: «Temos de trabalhar mais a parte emocional e anímica»Santa Clara - Mário Silva: «Temos de trabalhar mais a parte emocional e anímica»

Dia a seguir às eleições 'vai ser um grande 31', diz Vitorino Silva - RenascençaPresidente do Reagir, Incluir, Reciclar (RIR) defende que é preciso 'sangue novo' no parlamento.

O eurodeputado socialista português Pedro Silva Pereira foi esta terça-feira reeleito vice-presidente do Parlamento Europeu, na primeira volta da eleição dos 14 vice-presidentes para a segunda metade da legislatura, até 2024, realizada em Estrasburgo, França. A nova presidente da assembleia, a maltesa e até agora primeira vice-presidente Roberta Metsola , tinha já hoje sido eleita num ato eleitoral dirigido por Silva Pereira, enquanto segundo vice-presidente. O Parlamento procedeu de seguida ao início da eleição dos vice-presidentes, tendo eleito já nove na primeira volta, com o deputado português a ser o terceiro mais votado. Pedro Silva Pereira recolheu 517 votos – bem acima da maioria absoluta necessária dos 680 votos expressos válidos, no caso 341, ficando apenas atrás do austríaco Othmar Karas, do Partido Popular Europeu (536) e do italiano Pina Picierno (527), também socialista, pelo que será o terceiro vice-presidente do Parlamento Europeu até às próximas eleições europeias, em 2024. Dos nove vice-presidentes já eleitos – os nove candidatos que conseguiram a maioria absoluta necessária para a eleição -, cinco são da família dos Socialistas e Democratas (S&D, à qual pertence a delegação do PS), três do PPE, e um do grupo Renovar (Liberais). Para eleger os restantes cinco vice-presidentes, proceder-se-á ainda hoje a uma segunda volta, não havendo mais nenhum português candidato. “Fui reeleito vice-presidente e vejo nisso um reconhecimento internacional que é muito importante, pessoalmente e também para o país, porque é uma função de prestígio para Portugal”, comentou Pedro Silva Pereira, em declarações em Estrasburgo após a votação. De manhã, o Parlamento elegeu Metsola, do PPE, para suceder ao socialista italiano David Sassoli, falecido na semana passada . Metsola obteve 458 votos entre 616 votos expressos válidos, superando por larga margem a maioria absoluta de que necessitava (309). A sua vitória já era aguardada, em função do entendimento entre as três maiores bancadas do hemiciclo, que previa que a presidência da assembleia europeia na segunda metade da legislatura coubesse a uma figura escolhida pelo PPE, de centro-direita, após o socialista Sassoli a ter assumido nos dois primeiros dois anos e meio. Roberta Metsola, que cumpre hoje 43 anos, é advogada e torna-se na terceira mulher a presidir ao Parlamento Europeu – depois das francesas Simone Veil e Nicole Fontaine . Será a primeira maltesa a dirigir uma instituição europeia, e ainda a mais jovem presidente de sempre da assembleia europeia.