Economia Trabalho Leis Patrões Empresas Cıp

Economia Trabalho Leis Patrões Empresas Cıp

Patrões abandonam Concertação Social e acusam Governo de 'falta de respeito'

22/10/2021 20:06:00

As confederações patronais anunciaram, esta sexta-feira, que vão abandonar “de imediato” a Concertação Social. Decisão surge após a alteração das leis laborais anunciadas pelo Governo na quinta-feira."Desde 1984 que a Concertação Social não era tão desprestigiada por um Governo", disse António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), em conferência de imprensa.

"Mais grave é que, entre aquilo que ficou fechado na quarta-feira com os parceiros sociais, embora não aceite, foram novas medidas à revelia dos parceiros", acrescentou, sublinhando que o "Governo demonstrou uma desonestidade negocial, um total desrespeito pela Concertação Social, demonstrou uma total falta de respeito por cada um dos parceiros sociais". 

“Os parceiros sociais patronais não podem ter outra atitude do que suspenderem a sua participação na Concertação e solicitar ao Presidente da República uma audiência, para aí lhe apresentarmos as nossas ideias, sugestões e aquilo que já trazíamos da reunião”, rematou. headtopics.com

De sublinhar que o Governo anunciou, na quinta-feira, após o Conselho de Ministro, novas medidas em relação às leis laborais: alargamento da compensação para 24 dias por ano em cessação de contratos a termo ou termo incerto;

reposição dos valores das horas extraordinárias, a partir das 120º hora anual; travão aos contratos públicos com empresas com precários; alargamento do princípio do tratamento mais favorável às situações de teletrabalho e trabalho através das plataformas; e o prolongamento por 12 meses da suspensão da caducidade dos contratos coletivos e reforço do mecanismo de arbitragem.

Consulte Mais informação: Jornal SOL »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Patrões suspendem participação na Concertação SocialConfederações reagiram nesta sexta-feira a novas medidas para revisão do Código do Trabalho incluídas pelo governo após a discussão com parceiros.

Concertação Social acusa Governo de usar legislação laboral para viabilizar OE 2022A um dia de ser aprovado em Conselho de Ministros, o pacote para o emprego digno passou a ter duas novas medidas.

Negociações para OE2022 sem fumo branco em dia de concertação socialNum dia em que o primeiro-ministro marcou presença na reunião de concertação social e num debate parlamentar, os avanços para a aprovação do Orçamento do Estado para 2022 foram parcos, com o PAN e PEV a colocarem as suas exigências em cima da mesa, enquanto PCP e BE permanecem distantes do Governo.

Parceiros sociais mantêm visão negativa sobre proposta do Governo na lei laboralOs presidentes da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António saraiva, e da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes, falavam à entrada da reunião da Concertação Social.

OE2022: Patrões criticam que temas laborais sejam usados como ″moeda de troca″Presidentes das quatro confederações patronais criticaram o ritmo imposto à discussão das matérias, registado nestas últimas semanas, considerando inadmissíveis algumas das alterações sugeridas pelo Governo

Parlamento aprova novo presidente da CMVM (com abstenção do PCP)Falta agora nomeação final de Gabriel Bernardino pelo Conselho de Ministros