Parecia guerra mas foi nitrato de amónio: “Depois da explosão não percebi se estava vivo ou não”

Parecia guerra mas foi nitrato de amónio: “Não percebi se estava vivo ou não”

05/08/2020 04:32:00

Parecia guerra mas foi nitrato de amónio: “Não percebi se estava vivo ou não”

O epicentro foi num armazém do porto de Beirute: uma explosão seguida de outra provocou destruição até ao centro da capital libanesa e mais além. O balanço mais recente aponta para pelo menos 78 mortos e cerca de quatro mil feridos (um deles é português), mas os relatos de destruição fazem recear um aumento rápido do número de baixas - há muitos desaparecidos. O Presidente do país considera “inaceitável” que 2750 toneladas de nitrato de amónio tenham ficado armazenadas durante seis anos sem condições de segurança nas instalações que explodiram no porto. E promete “as mais duras punições para os responsáveis”

Vidros partidos, pânico, gritos. O antes e o depois da explosão que devastou esta terça-feira o centro da capital do Líbano foi registada por dezenas de telemóveis“Voou tudo à minha volta, eu próprio voei um metro, entrei em choque”: o relato de José, que tinha chegado a Beirute há 24 horas

Perigoso, fraco, mentiroso e incompetente: é desta forma que a única sobrinha de Trump o descreve Daniel Ramos: «Sp. Braga não merecia perder pelo que fez» Rui Gomes da Silva: «Muitos sócios votaram sem lhes ter sido pedida identificação»

José Cortez, português de 26 anos, estava há 24 horas na capital libanesa, para onde se mudou para estudar. Ao Expresso conta, num depoimento na primeira pessoa, o que se passou desde a explosão na cidade (que fez mais de 70 mortos e 3000 feridos) até finalmente chegar ao seu quarto, a quatro quilómetros do local do acidente, que encontrou totalmente destruído. “Só vi o vídeo há pouco, antes de falar contigo, é impressionante”

“Fiz quatro quilómetros de caminho em cima de vidro partido”: Joachim Paul explica ao Expresso como o acaso o salvou em BeiruteJoachim Paul, diretor do escritório de Beirute da fundação alemã Heinrich Böll para a promoção da democracia, chegou a casa e encontrou tudo totalmente destruído. Uma violenta explosão na cidade provocou mais de 70 mortos e de 3000 feridos - a explosão foi no porto da cidade e os danos chegaram ao centro de Beirute. Por isso mesmo Joachim Paul caminhou sobre vidros ao longo de quatro quilómetros - e deixou ao Expresso um breve depoimento na primeira pessoa

“Choveu vidro”: Ahmad sobreviveu à grande explosão em Beirute e a seguir fez-se repórter (pelo meio falou ao Expresso)Trabalha como ativista mas, assim que se recompôs do susto, assumiu a função de repórter. Grande explosão na capital do Líbano fez mais de 70 mortos e de 3000 feridos esta terça-feira

“A explosão foi 10 vezes maior do que a do bombardeamento de depósitos de combustível por Israel”: Ihab Kraidly, em Beirute para o ExpressoIhab Kraidly é agente de segurança da multinacional brasileira Andrade Gutierrez na capital do Líbano, onde esta terça-feira uma explosão com origem no porto da cidade fez mais de 70 mortos e de 3000 feridos. Ihab explica que ofereceu a sua segunda casa a quem foi afetado pela explosão e deixa um breve depoimento acompanhado de uma foto e de um vídeo que enviou ao Expresso

Kareem diz que a explosão demorou 15 minutos a chegar-lhe: “Claro que vos conto o que vi e ouvi”Kareem Chehayeb estava a alguns quilómetros do porto de Beirute quando se deu a explosão que matou mais de 70 pessoas e feriu mais de 3000. Diz que só muito depois é que se apercebeu do que se passava - e foi “enorme” quando o caos lhe chegou. “Beirute está devastada”, conta ao Expresso

“Parece o fim do mundo”: as imagens pós-explosão em BeiruteUma forte explosão ocorreu tarde desta terça-feira em Beirute, capital do Líbano. Não se sabe a sua origem, o Ministério da Saúde diz que “há várias vítimas” e “enormes estragos”. Os números oficiais apontam para pelo menos 30 mortos e 3.000 feridos. “Parece o fim do mundo”, escreveu no Twitter um dos habitantes. Estas são as primeiras imagens que chegaram do acidente.

Maddie. Investigação alemã admite ter mais provas que não revela Sócios do Benfica aprovam Relatório e Contas com 71,38% dos votos na Assembleia Geral Embaixador dos EUA em Lisboa diz que Portugal tem de escolher entre EUA e China

Aviso: há algumas imagens que podem ferir a suscetibilidade dos leitores Consulte Mais informação: Expresso »

“Não percebi se estava vivo ou não”: Ahmad sobreviveu à grande explosão em Beirute e a seguir fez-se repórter (pelo meio falou ao Expresso)Trabalha como ativista mas, assim que se recompôs do susto, assumiu a função de repórter. Grande explosão na capital do Líbano fez pelo menos 30 mortos e 3000 feridos esta terça-feira

2.750 toneladas de nitrato de amónio na origem das explosões em BeiruteCerca de 2.750 toneladas de nitrato de amónio estavam armazenadas no depósito do porto de Beirute que hoje explodiu, fazendo pelo menos 70 mortos e mais de 3.700 feridos, revelou o primeiro-ministro libanês, Hassan Diab. E mesmo capaz de ter sido isso, muito areia para os olhos das pessoas A origem não é o nitrato. A origem é o que o fez explodir e isso não sabem

Associação que organiza os Globos de Ouro é processada por monopólioUma jornalista norueguesa não se conforma por não ter sido aceite como membro da Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, organizadora dos prémios dos Globos de Ouro.

Masters 1.000 de Madrid canceladoO torneio de ténis na capital espanhola deveria decorrer entre 12 e 20 de Setembro, mas não se vai realizar devido à pandemia da covid-19.

Sismo de magnitude 3,9 registado a 70 quilómetros de AlbufeiraTremor de terra não causou danos pessoais ou materiais.

Sismo de magnitude 3,9 registado a 70 quilómetros de AlbufeiraSismos: Sismo de magnitude 3,9 registado a 70 quilómetros de Albufeira