Papa Francisco pede aos pais que não condenem filhos homossexuais

Papa Francisco pede aos pais que não condenem filhos homossexuais

Papa Francisco, Vaticano

27/01/2022 02:43:00

Papa Francisco pede aos pais que não condenem filhos homossexuais

O Papa Francisco pediu esta quarta-feira aos pais com filhos homossexuais que não os condenem, apoiando, sim, a sua escolha.

Não é a primeira vez que o Papa Francisco fala sobre o tema. Já em outubro de 2020, num documentário, defendeu o casamento civil entre casais do mesmo sexo."As pessoas homossexuais têm o direito de pertencer a uma família. São filhos de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deve ser expulso ou condenado por isso", apontou, na altura.

"O que temos de criar é uma lei de união civil. Dessa forma, estarão legalmente abrangidos", acrescentou.

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Messi abençoado pelo Papa Francisco

Papa Francisco: apoiem os vossos filhos se eles forem homossexuaisOs comentários surgiram durante uma audiência semanal sobre as dificuldades que os pais podem enfrentar ao criarem os filhos.

Papa Francisco lança apelo a pais de homossexuais: devem apoiar os filhos, não condená-losSumo pontífice falou sobre dificuldades que os pais podem encontrar ao criar filhos. Face a diferentes orientações sexuais, o Papa Francisco refere que os pais não devem esconder-se “atrás de uma atitude de condenação”. Apoiar em quê ?! A tentar descobrir quais são as suas reações primárias com o sexo idêntico e com o sexo contrário !? Seguir a corrente !? Explique-se avozinho, Sua Excelência o Papa ! E tb os filhos devem de apoiar os pais que sao homossexuais . Está tudo dito !

Papa Francisco pede a pais de jovens homossexuais que apoiem os seus filhosO chefe da Igreja Católica abordou o tema durante a sua audiência semanal no Vaticano .

Papa repete apelo. É preciso travar a guerra entre a Rússia e Ucrânia - RenascençaEm dia de oração mundial pela Ucrânia, Francisco pede aos católicos que rezem para que “o bem de todos seja colocado à frente dos interesses particulares”.

Papa Francisco pede a pais de jovens homossexuais que apoiem os seus filhosO chefe da Igreja Católica abordou o tema durante a sua audiência semanal no Vaticano .

O Chefe da Igreja Católica defendeu, numa audiência semanal, no Vaticano, que quando os filhos têm"orientações sexuais diferentes", é preciso"acompanhá-los" e evitar"atitudes de condenação". Não é a primeira vez que o Papa Francisco fala sobre o tema. Já em outubro de 2020, num documentário, defendeu o casamento civil entre casais do mesmo sexo. "As pessoas homossexuais têm o direito de pertencer a uma família. São filhos de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deve ser expulso ou condenado por isso", apontou, na altura. "O que temos de criar é uma lei de união civil. Dessa forma, estarão legalmente abrangidos", acrescentou. JN