Papa envia ajuda às Filipinas e aos migrantes na fronteira Polónia-Bielorrússia - Renascença

Papa envia ajuda às Filipinas e aos migrantes na fronteira Polónia-Bielorrússia

18/01/2022 17:00:00

Papa envia ajuda às Filipinas e aos migrantes na fronteira Polónia-Bielorrússia

São 200 mil euros divididos em partes iguais. O contributo do Papa destina-se a ajudar as vítimas da catástrofe que se abateu sobre as Filipinas e a Cáritas da Polónia que acompanha os migrantes na “terra de ninguém”.

O Papa Francisco enviou uma contribuição de 100 mil euros à Igreja das Filipinas, para ajudar o país asiático a minimizar as consequências do tufão Rai, que segundo fontes das Nações Unidas atingiu cerca de 8 milhões de pessoas em 11 regiões, causando extensos danos materiais.

“A quantia será enviada à Igreja local e destinada às dioceses mais afetadas pelo desastre a serem utilizadas em trabalhos assistenciais. Pretende-se que seja uma expressão imediata do sentimento do Santo Padre de proximidade espiritual e incentivo paterno para com as pessoas e territórios afetados”, lê-se no comunicado do Vaticano enviado à

Consulte Mais informação: Renascença »

Dois oficiais próximos do Papa Francisco testam positivo à Covid-19Cardeal Pietro Parolin e o arcebispo Edgar Pena Parra reúnem-se regularmente com o Papa.

Cáritas de Vila Real duplica ajuda aos mais carenciados - RenascençaBispo de Vila Real pede a todos os cristãos uma atenção redobrada aos vários tipos de dificuldades, carências e sofrimentos.

Polónia e Alemanha apuradas, Islândia ″ajuda″ PortugalAlemanha e Polónia apuraram-se, este domingo, para a segunda fase do Europeu, que está a decorrer na Hungria e na Eslováquia, juntando-se a Espanha e Dinamarca, que o tinham conseguido na véspera.

Bielorrússia: Perto de 4.000 migrantes iraquianos repatriados em dois meses

Bielorrússia. Perto de 4.000 migrantes iraquianos repatriados em dois mesesDesde 18 de novembro que o governo iraquiano organizou “dez voos de Bagdad para a Bielorrússia” que, na volta, transportaram os iraquianos para suas casas, avançou o chefe da diplomacia iraquiana.

Dia a seguir às eleições 'vai ser um grande 31', diz Vitorino Silva - RenascençaPresidente do Reagir, Incluir, Reciclar (RIR) defende que é preciso 'sangue novo' no parlamento.