Pandemia segue com 'tendência crescente' e é 'expectável impacto' nas escolas e no trabalho - SIC Notícias

Pandemia segue com “tendência crescente” e é “expectável impacto” nas escolas e no trabalho

22/01/2022 02:36:00

Pandemia segue com “tendência crescente” e é “expectável impacto” nas escolas e no trabalho

A última análise aos diferentes indicadores revela 'uma atividade epidémica de SARS-CoV-2 de intensidade muito elevada, com tendência crescente a nível nacional'.

O mais recente relatório de Monitorização das Linhas Vermelhas alerta, esta sexta-feira, para “o rápido aumento de casos” que, apesar da menor gravidade da variante Ómicron, “é expectável um impacto na sociedade em termos de absentismo escolar e laboral”.

De acordo com a análise da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), “o número de novos casos de infeção por 100 mil habitantes, acumulado nos últimos 14 dias, foi de 5.053 casos, com tendência crescente a nível nacional e em todas as regiões”.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Pancada de Meia-Noite: 'SIC (com dificuldade em dar) Notícias' - SIC NotíciasO ataque informático ao grupo Impresa analisado por Guilherme Fonseca.

Eixo do Mal: a campanha segue e os isolados já podem votar - SIC NotíciasDaniel Oliveira, Luís Pedro Nunes, Pedro Marques Lopes e Clara Ferreira Alves avaliam as prestações dos partidos na primeira semana oficial de campanha para as legislativas danielolivalx Sem Moderação, Eixo do Mal, Negócios da Semana e Expresso da MN podiam bem ser aproveitados como tempos de antena de qualquer dos partidos da direita e poupavam dinheiro. danielolivalx Olá danielolivalx. Por acaso já foi testar ou ver o votometro do Publico? É qe me parece bem pior do que o do observadorpt que tão prontamente criticou.

PSI-20 abre sessão no vermelho - SIC NotíciasPrincipal índice da bolsa portuguesa acusou esta sexta-feira a tendência negativa das maiores empresas, com EDP, EDP Renováveis, BCP, Galp e Jerónimo Martins em queda.

BPP: João Rendeiro volta a tribunal a 27 de janeiro - SIC NotíciasO ex-presidente do Banco Privado Português (BPP) continuará detido na prisão de Westville,

João Oliveira justifica adiamento do regresso de Jerónimo com 'avaliação médica' pós-cirurgia - SIC NotíciasJoão Oliveira justifica adiamento do regresso de Jerónimo com “avaliação médica” pós-cirurgia O corpo do Deputado Jerónimo S. também pertence ao partido? Os comunicados sobre a saúde do homem são todos feitos pelos camaradas, não tem família?🤨 O PCP o partido que contribuiu para a destruição do país e parecem todos concordar que é um partido que se pode confiar !!! É UM CASO DE ESTUDO PARA A PSQUIATRIA !!!

Homem morre em queda num ribeiro na ilha da Madeira - SIC NotíciasAinda não foi possível apurar a idade da vítima, mas aparentemente situa-se na faixa etária dos 40 anos. Ainda não foi possível apurar a idade da vítima, mas aparentemente situa-se na faixa etária dos 40 anos.

Ana Lemos O mais recente relatório de Monitorização das Linhas Vermelhas alerta, esta sexta-feira, para “o rápido aumento de casos” que, apesar da menor gravidade da variante Ómicron, “é expectável um impacto na sociedade em termos de absentismo escolar e laboral”. De acordo com a análise da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), “o número de novos casos de infeção por 100 mil habitantes, acumulado nos últimos 14 dias, foi de 5.053 casos, com tendência crescente a nível nacional e em todas as regiões”. O Rt, que na semana passada já apresentava um valor igual ou superior a 1 em todas as regiões, desceu para 1,10 a nível nacional (era de 1,19). Ainda assim, destaque para as regiões Norte e Algarve, “aquelas em que se registou o valor mais elevado – 1,14 . Também a baixar está o número de internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) no Continente, correspondendo agora “a 60% (na semana anterior foi de 64%) do valor crítico definido de 255 camas ocupadas”. Em sentido inverso está a “mortalidade específica por covid-19 (37,6 óbitos em 14 dias por um milhão de habitantes)”. que apresenta, neste momento, “uma tendência crescente”. “A variante Ómicron é dominante em Portugal, tendo atingido uma proporção estimada máxima (93%) entre os dias 7-9 de janeiro de 2022”, mas desde esta data “tem-se verificado um decréscimo da proporção de amostras positivas (…) possivelmente relacionado com a entrada em circulação da linhagem BA.2 (também classificada como Ómicron pela OMS)”, destaca o relatório da DGS e do INSA. Tendo em conta a análise dos diferentes indicadores constata-se que a atividade epidémica de SARS-CoV-2 segue com uma “intensidade muito elevada, com tendência crescente a nível nacional” e com impacto “elevado” nos serviços de saúde e na mortalidade. Mais, pode ler-se no relatório, “ dado o rápido aumento de casos, mesmo tendo em consideração a provável menor gravidade da variante Ómicron, é expectável impacto na sociedade em termos de absentismo escolar e laboral “, pelo que se recomenda “ a manutenção de todas as medidas de proteção individual e a intensificação da vacinação de reforço “.