Empresas, İmobiliário, Dinheiro

Empresas, İmobiliário

Pandemia deu confiança aos investidores. Há mais 9 projetos de retail parks

Pandemia deu confiança aos investidores. Há mais 9 projetos de retail parks

24/10/2021 13:43:00

Pandemia deu confiança aos investidores. Há mais 9 projetos de retail parks

Os retail parks provaram ser um formato comercial resistente a crises sanitárias. O mix de lojas, a maioria de bens essenciais, a dimensão dos espaços e as facilidades de estacionamento atraíram os consumidores. Atentos, os promotores estão a investir.

SubscreverConfiança no formatoTanto os consumidores portugueses como os investidores dão mostras de confiar no futuro deste formato comercial. Os planos para o crescimento deste conceito no país mantêm-se em alta, ao contrário do que sucede nos tradicionais centros comerciais, onde os investimentos esperados limitam-se a expansões e melhorias. A crise pandémica também trouxe ao de cima os atributos dos retail parks num contexto de rigorosas restrições de acesso a espaços comerciais. Como sublinha Luís Arrais, Retail Property Management Director Iberia da CBRE,"o segmento dos retail parks foi a tipologia de ativos mais resiliente aos efeitos negativos da pandemia" e isso deveu-se a vários fatores:"lojas grandes, com maior capacidade para receber clientes dentro das medidas impostas pelo Governo de cinco pessoas por 100 metros quadrados, porta aberta para o exterior, e um mix de lojas de conveniência, como as do ramo alimentar, mobiliário, DIY (do it yourself, ou faça você mesmo, em português) desporto ou eletrónica".

Jornalistas espanhóis relatam agressões em plena transmissão durante FC Porto e Atlético Bola de fogo observada no céu no sul de Portugal a 100 mil km/h Rio afasta das listas de deputados todos os apoiantes de Rangel. Veja os candidatos

João Esteves, Associate do departamento de retalho da Cushman & Wakefield, também não tem dúvidas que"os retail parks provaram ser uma proposta de valor resiliente e demonstraram um melhor desempenho quando comparado aos demais formatos de comércio". Como sublinha,"os consumidores procuram lugares seguros e de extrema conveniência que ofereçam a possibilidade de chegar de carro a uma zona de estacionamento exterior com acesso direto à loja e com a confiança de que podem fazer compras em grandes espaços, o que tem favorecido fortemente o formato".

Para demonstrar a resiliência deste conceito, Luís Arrais recorda que, em 2020, a quebra de visitantes nos retail parks rondou os 12% face a 2019, já o mercado português de centros comerciais recuou 34,9%, segundo os dados do Índice Footfall. E relativamente às vendas comparáveis, registaram uma retração de apenas 10,5% face aos valores de 2019. O responsável adianta ainda que, no primeiro semestre deste ano, apesar do período de confinamento,"o número de visitantes dos retail parks recuou só 9%, enquanto o mercado nacional registou uma quebra de aproximadamente 14%" quando comparado com o homólogo. No que toca às vendas,"apresentaram uma trajetória de recuperação mais acentuada do que outras tipologias de ativos de retalho, atingindo um crescimento acumulado de 11,5%" nos primeiros seis meses de 2021 em termos comparáveis, com os shoppings a apresentarem um aumento de 2,7%. headtopics.com

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Cão desaparecido há dez meses encontrado a mais de cem quilómetros de casaNinguém sabe o que aconteceu ao animal durante o tempo em que esteve desaparecido e como fez o percurso desde Cabeceiras de Basto até Carrazeda de Ansiães.

Fernando Mendes: «Ganhe ou perca, há sempre confusão no Sporting»Vídeos - Fernando Mendes: «Ganhe ou perca, há sempre confusão no Sporting»

Cão desaparecido há dez meses regressa a casa graças ao chipCão desapareceu no Minho e foi encontrado a mais de cem quilómetros, numa aldeia de Carrazeda de Ansiães, em Trás-os-Montes.

Há países dentro do meu paísEste amor ao Alentejo, este amor ao interior, vem com um preço. E esse preço, às vezes, é demasiado alto. Quase tão alto como o preço dos combustíveis que me tem obrigado a repensar muitas escolhas. Sabem que preço é esse? O preço de ter de aguentar

Feitiçarias de há um século nas mãos de Cláudia Guerreiro e St. James ParkHäxan, filme sueco de 1922, clássico do cinema fantástico que viaja à Idade Média de bruxas, demónios e fanáticos inquisidores, vai ganhar nova banda-sonora este sábado. A baixista dos Linda Martini e Tiago Sampaio encontraram-se para lhe dar nova v

Covid-19: morreram 8 pessoas em Portugal nas últimas 24 horas e há mais 930 casosO último balanço da Direção-Geral da Saúde. Espectaculo.....ja so morre de covid em portugal...sem dar por ela descobrimos a cura para doenças como o cancro ...