Optime Investments passou a Green One Capital

Optime Investments passou a Green One Capital

24/09/2021 00:26:00

Optime Investments passou a Green One Capital

Depois de ter sido comprada pelo Emerald Group, a Optime Investments mudou de marca para refletir a aposta em áreas estratégicas como a transição climática e energética, inovação social e 'silver economy', África e Lusofonia, assim como a transformação digital. A notícia foi revelada pela revista F

23 Setembro 2021, 21:24Depois de ter sido comprada pelo Emerald Group, a Optime Investments mudou de marca para refletir a aposta em áreas estratégicas como a transição climática e energética, inovação social e ‘silver economy’, África e Lusofonia, assim como a transformação digital. A notícia foi revelada pela revista Forbes e confirmada pelo Jornal Económico.

A sociedade capital de risco Optime Investments, que este ano foi comprada pelo Emerald Group, mudou a marca para Green One Capital, para mostrar que a empresa que atua nos mercados de capital privado e capital de risco, apostou num novo posicionamento estratégico. A notícia foi avançada pela revista Forbes que refere que a mudança reflete a alteração da estrutura acionista e a renovação do seu modelo de negócios.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Maria Luís Albuquerque perde corrida para presidir a supervisor europeu dos mercadosESMA vai ter uma mulher alemã na sua direção: Verena Ross. Escolha demorou e passou toda a presidência portuguesa da UE sem novidades O piesse a ser porco. Como alguém incompetente pode querer ascender a esse cargo. Recordar Bes e Banif para entender a calamidade de TAL possivel nomeacao ...passa pelos problems sem se incomodar com os mesmos, eles que SE resolvam..estilo passista, a vida e regabife e politica.

Guatemala em alerta pela entrada em erupção do vulcão mais ativo da América CentralEstá situado a cerca de 45 quilómetros a oeste da capital guatemalteca.

Circulação na Avenida Fontes Pereira de Melo já foi repostaArtéria da capital estava cortada ao trânsito desde sábado para obras.

Messi em mudanças? Palácio em Paris avaliado em 41 milhões debaixo de olho pelo craque argentino. Veja as imagensConheça o palácio histórico que Lionel Messi estará disposto a alugar durante a sua estadia na capital francesa.

Habitação. Apoio ao arrendamento (quase) consensual entre candidatos a LisboaÉ um dos grandes problemas da capital e tem centrado atenções durante a campanha. O que propõe cada candidato para resolver as dificuldades de acesso à habitação na capital?

Pressão sobre serviços de saúde baixa para menos de metade no desconfinamentoDesde o início deste desconfinamento, o número de pessoas que completaram a vacinação passou de 5,8 milhões para mais de 8,5 milhões, uma evolução de 57% para 83%, que os especialistas consideram ter sido decisiva para a redução que se verifica na pressão sobre os serviços de saúde.

Maria Teixeira Alves 23 Setembro 2021, 21:24 Depois de ter sido comprada pelo Emerald Group, a Optime Investments mudou de marca para refletir a aposta em áreas estratégicas como a transição climática e energética, inovação social e ‘silver economy’, África e Lusofonia, assim como a transformação digital. A notícia foi revelada pela revista Forbes e confirmada pelo Jornal Económico. A sociedade capital de risco Optime Investments, que este ano foi comprada pelo Emerald Group, mudou a marca para Green One Capital, para mostrar que a empresa que atua nos mercados de capital privado e capital de risco, apostou num novo posicionamento estratégico. A notícia foi avançada pela revista Forbes que refere que a mudança reflete a alteração da estrutura acionista e a renovação do seu modelo de negócios. A aposta estratégica já está a dar frutos, segundo o administrador nova Green One Capital, Paulo Dinis, pois a sociedade tem em pipeline um conjunto de fundos e projetos a desenvolver que refletem os princípios ESG (Environmental, Social and Governance), como a transição climática e energética, a inovação social e a silver economy, posicionamento. Exemplo disso, é o lançamento do fundo de capital de risco CoVivir, um projeto desenvolvido em parceria com a luxemburguesa Tabah Capital que pretende criar alojamentos para os três segmentos-alvo: residências para estudantes, co-living para jovens profissionais e espaços para a faixa etária mais sénior. Pedro Cardoso é o chairman da Green One Capital que substitui a Optime Investments. Em declarações à revista Forbes, o administrador da nova Green One Capital, Paulo Dinis, revelou que “a aposta em áreas estratégicas como a transição climática e energética, inovação social e silver economy, África e Lusofonia assim como a transformação digital, fazem com que a private equity se direcione na seleção de projetos que aportem valor à sociedade, aos investidores e empreendedores”. Assim, ainda segundo o mesmo administrador, a atuação da empresa não se cinge apenas à ótica financeira, sendo fundamental também avaliar a consciência coletiva do projeto e o respetivo impacto nos fatores ambientais, sociais e de sustentabilidade.