OE2022: Ministro da Defesa 'confiante' em acordo que evite cenário 'muito penalizador'

OE2022: Ministro da Defesa “confiante“ em acordo que evite cenário “muito penalizador“

21/10/2021 21:15:00

OE2022: Ministro da Defesa “confiante“ em acordo que evite cenário “muito penalizador“

Em declarações em Bruxelas à margem de uma reunião de ministros da Defesa da NATO, João Gomes Cravinho, questionado sobre o impasse nas negociações em torno do orçamento e a eventualidade de um chumbo, começou por afirmar que 'uma eventual não aprovação seria algo de muito penalizador para o país'.

O ministro da Defesa disse esta quinta-feira estar"confiante" de que haverá um acordo em torno do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), até porque, argumentou,"todos reconhecem" que um chumbo seria"muito penalizador" para o país,"de múltiplas maneiras".

Supremo condena André Ventura e Chega por segregação racial Na CNN Travel, o queijo Serra da Estrela é um dos “mais saborosos da Europa” Supremo Tribunal de Justiça recusa reapreciar condenação de André Ventura

Em declarações em Bruxelas à margem de uma reunião de ministros da Defesa da NATO, João Gomes Cravinho, questionado sobre o impasse nas negociações em torno do orçamento e a eventualidade de um chumbo, começou por afirmar que"uma eventual não aprovação seria algo de muito penalizador para o país".

Lembrando que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,"já indicou o seu entendimento quanto a essa matéria" -- ao afirmar que"muito provavelmente" um chumbo do OE2022 levaria à dissolução do parlamento e a eleições antecipadas -, o ministro enfatizou que esse cenário seria penalizador"não particularmente para a Defesa, [...] mas para todo o país" e para a sociedade. headtopics.com

João Gomes Cravinho disse concordar com a leitura do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que na passada segunda-feira advertiu também para as consequências que uma crise política teria para Portugal na cena europeia, onde a estabilidade tem sido um trunfo.

"As crises políticas fragilizam sempre os países, nós vemos isso nas nossas reuniões internacionais. Quando um país tem um Governo cessante, quando tem uma situação interna de crise, [vemos] que o país tem muita dificuldade em se projetar a médio e longo prazo e, portanto, tem muita dificuldade em projetar a sua voz no plano internacional", disse.

"Com certeza que qualquer circunstância de crise penaliza-nos de múltiplas maneiras, incluindo na nossa capacidade de defender os nossos pontos de vista internacionalmente", reforçou.No entanto, João Gomes Cravinho afirma-se"confiante de que as negociações estão atualmente a ter lugar resultarão num acordo", até porque"todos reconhecem que as consequências [de uma reprovação do OE2022] não têm qualquer tipo de justificação, não seriam justificáveis, e seria penalizador".

"Estou confiante de que até à votação na generalidade haverá um caminho, e depois da votação na generalidade, durante algumas semanas, ainda haverá mais trabalho a fazer para que depois o orçamento seja finalmente aprovado na especialidade", concluiu. headtopics.com

Estudo revela que Viagra pode prevenir doença de Alzheimer Biden contacta aliados europeus antes da conversa com Putin Casa aberta no novo centro de vacinação de Lisboa suspensa durante mais de duas horas

O Governo entregou no dia 11 à noite, na Assembleia da República, a proposta de OE2022, que prevê que a economia portuguesa cresça 4,8% em 2021 e 5,5% em 2022. Consulte Mais informação: Expresso »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Negociações para OE2022 sem fumo branco em dia de concertação socialNum dia em que o primeiro-ministro marcou presença na reunião de concertação social e num debate parlamentar, os avanços para a aprovação do Orçamento do Estado para 2022 foram parcos, com o PAN e PEV a colocarem as suas exigências em cima da mesa, enquanto PCP e BE permanecem distantes do Governo.

OE2022: Isenção de IMI passa a considerar o rendimento bruto em vez do coletávelA isenção temporária de IMI para habitação própria e permanente vai passar a ter em conta o rendimento bruto da família em vez do rendimento coletável, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

Um milhar de pessoas manifestam-se em Lisboa em defesa da ciclovia da Almirante ReisEliminação desta ciclovia foi uma das medidas defendidas pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas. É necessário desenvolver mais ciclovias e eventos com utilização de bicicletas e outros... a CamaraLisboa deve criar essa cultura no dia a dia dos Lisboetas, fazendo uma 'bola de neve' para todo país. CMoedasEU

Um milhar de pessoas manifestam-se em Lisboa em defesa da ciclovia da Almirante ReisAção teve como ponto de partida a Praça do Martim Moniz, passou pela ciclovia da Almirante Reis e terminou junto aos Paços do Concelho

Um milhar de pessoas manifestam-se em Lisboa em defesa da ciclovia da Almirante ReisPonto de partida foi a Praça Martim Moniz, com as centenas de pessoas em bicicletas e trotinetes a deslocarem-se depois até à Câmara Municipal de Lisboa. Manifestantes exigem que a ciclovia não seja destruída e que a prioridade seja a construção de Quem tem a função do urbanismo e transportes em Lisboa tem de ser competente. Ciclovias são um passo para melhorias, não esquecendo os transportes a ser reforçados e, não eliminar carros, encosta-los. Uma base bem feita, e o resto é só uma questão de civismo e não sermos burros. A ciclovia da Almirante Reis com ciclistas? Quem diria... Saíram hoje todos do buraco para a fotografia. Ridículo. Nojo desta esquerdalha nojenta

OE2022: PCP reconhece aproximação do Governo mas diz que ainda é insuficienteContinua a não existir uma convergência entre PS e PCP, por exemplo, no aumento dos salários e das pensões, e das creches gratuitas, indicou o líder da bancada comunista.