Opinião, Inovação, Internet, Inteligência Artificial, Cultura E Entretenimento

Opinião, Inovação

O trabalho digital, conexão, solidão, distração

Opinião: O trabalho digital, conexão, solidão, distração

19/10/2021 04:18:00

Opinião : O trabalho digital, conexão, solidão, distração

Já não vivemos o presente, vivemos o instante de uma realidade acelerada. O risco de alienação é enorme, se não respeitarmos todos os tempos que o tempo tem.

Receber alertasConexão, solidão, distração, eis um dos triângulos paradigmáticos do século XXI. A este propósito, é quase impossível escapar às reflexões certeiras produzidas pelo filósofo Paul Virilio acerca das relações entre velocidade, tecnologia e política, uma área de estudo interdisciplinar acerca do modo como a velocidade muda a perceção do tempo e do espaço, logo, a natureza dos fenómenos políticos, sociais, económicos e culturais.

Jorge Fonseca nomeado para judoca do ano Fiódor Dostoiévski. O condenado à morte que nunca morreu ″Rapariga não te cales″: gritos contra a violência e em defesa das mulheres Consulte Mais informação: Público »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Recuperados que precisem de segunda dose da vacina Covid-19 para viajar já podem ser vacinadosPessoas que se encontrem nesta situação precisam apenas de se dirigir a um centro de vacinação e pedir a inoculação.

Solskjaer não convence e já apontam estes nomes ao banco do Manchester United

Países asiáticos já estão a encomendar medicamento não aprovadoA Merck aguarda uma autorização de emergência da FDA, a agência norte-americana do medicamento, para começar a usar um comprimido antiviral para tratar a covid-19.

Já há produtos esgotados e preços a subir ainda sem corrida às comprasRetalhistas apelam à calma mas preparam o alargamento da época alta do consumo. Distribuição alerta para riscos de a alimentação ficar mais cara. É o Brexit….😏

RTP Play já está disponível na televisãoEste era um serviço que funcionava apenas online e que foi integrado pelas três operadoras de televisão, MEO, NOS e Vodafone. A plataforma chega assim, de uma forma mais rápida e cómoda, a novos públicos. São mais de 150 conteúdos, incluindo produções portuguesas e estrangeiras, séries, filmes, documentários, informação, entretenimento, programas infantis e podcasts. Boas notícias. Excelente! e agora com os 4 euros de dupla tributação a ajudar é que vai ser. sai mais uma TAP

OCC. José Araújo já oficializou candidatura