O recado de Sócrates a Costa: quem quer 'maioria absoluta não devia desmerecer a única que o PS teve' - SIC Notícias

22/01/2022 02:21:00

Quem quer “maioria absoluta não devia desmerecer a única que o PS teve”

Quem quer “maioria absoluta não devia desmerecer a única que o PS teve”

José Sócrates não quer entrar na campanha eleitoral mas deixa um aviso ao líder do PS.

O antigo primeiro-ministro José Sócrates disse, esta sexta-feira, que “quem quer uma maioria absoluta talvez devesse começar por não desmerecer a única que o Partido Socialista teve na sua história”, referindo-se à sua eleição em 2005 e alertando António Costa.

Em entrevista à CNN Portugal, conduzida pelo jornalista Júlio Magalhães, o antigo primeiro-ministro socialista afirmou que “não quer entrar na campanha”, dizendo apenas estar ao lado todos aqueles que fizeram a seu lado “política durante os últimos 40 anos”.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

A barriga dos senhores Deputadas da direita e esquerda, falou mais alto. Se perdeu a independência na governação e os donos dos média, nada tem para dizer. Da’ jeito estarem calados 💃🏿

Governar à Guterres é “ser campeão das privatizações”, diz Catarina Martins sobre PS - SIC NotíciasAlvo principal do discurso foi o PS e os avisos para os riscos da maioria absoluta que António Costa tem pedido para as eleições legislativas de 30 de janeiro. Alvo principal do discurso foi o PS e os avisos para os riscos da maioria absoluta que António Costa tem pedido para as eleições legislativas de 30 de janeiro.

Legislativas: Líder do CDS-PP, contra voto útil, critica entendimentos entre PSD a PS - SIC NotíciasNo seu discurso, Francisco Rodrigues dos Santos aproveitou a presença do vice-presidente da Câmara de Lisboa, Filipe Anacoreta Correia, para dizer que se lembra do que as sondagens apontavam nas últimas eleições autárquicas e do resultado que teve a coligação encabeçada pelo social-democrata Carlos Moedas, que foi eleito o novo presidente do município, anteriormente nas mãos do PS.

Legislativas: CDU considera que PS e PSD já têm acordo de governação - SIC NotíciasEsta quinta-feira, a CDU esteve em Leiria, onde vai tentar eleger Heloísa Apolónia como cabeça-de-lista. É um desejo expresso de senhor Presidente camarada

Costa apela ao voto no PS para ″haver tranquilidade outra vez na vida dos portugueses″'Os que não votarem no domingo, que votem no dia 30, e que votem bem para dar estabilidade ao país para os próximos quatro anos, para haver tranquilidade outra vez na vida dos portugueses', salientou. votar em ti nunca, foda se tu fechas tudo .....

António Costa volta pedir uma vitória que não faça o PS ficar dependente de outros partidosO secretário-geral do PS critica quem tenta fazer da maioria absoluta “um papão”, contrapondo que o partido evitou a confrontação no “Verão Quente” de 1975 e uniu os portugueses contra a pandemia

Quanto mais o PS bate, mais Rio gosta do PSSem fazer nada, Rio recebeu de bandeja um insulto em forma de 'nazizinho' e só teve de reforçar a narrativa de que António Costa está a jogar 'feio'. O eleitor do centrão agradece - e Rio ainda mais.

SIC Notícias O antigo primeiro-ministro José Sócrates disse, esta sexta-feira, que “quem quer uma maioria absoluta talvez devesse começar por não desmerecer a única que o Partido Socialista teve na sua história”, referindo-se à sua eleição em 2005 e alertando António Costa.“ PS passou, anos depois, a ser o campeão das privatizações” “Depois de ter defendido a nacionalização dos mais variados setores logo após Portugal chegar à democracia e discutir como é que ultrapassávamos o atraso, o PS passou, anos depois, a ser o campeão das privatizações”, acusou.“Também me lembro bem da vitória eleitoral que tivemos em urnas e é essa a fórmula que eu quero repetir no dia 30 de janeiro, más sondagens mas um grande resultado do CDS”, salienta..

Em entrevista à CNN Portugal, conduzida pelo jornalista Júlio Magalhães, o antigo primeiro-ministro socialista afirmou que “não quer entrar na campanha”, dizendo apenas estar ao lado todos aqueles que fizeram a seu lado “política durante os últimos 40 anos”. “Eu filiei-me nessa família política e tenho muitos amigos que são candidatos a deputados, os meus principais amigos. “Alguns membros do Governo atual começaram em funções nesse tempo, no campeonato das privatizações”, afirmou. Os meus companheiros de muitos anos estão neste momento em campanha eleitoral e não quero dizer nada que possa ferir a sensibilidade deles”, salientou. “Nós sabemos do passado o que é que isso dá em Portugal, nós sabemos o que o ‘centrão’ dos interesses faz com isso”, acrescenta, criticando a falta de crescimento da economia. Considerando “as maiorias absolutas muito difíceis”, José Sócrates que já não pertence ao Partido Socialista (PS) deixou ainda implícito na entrevista que irá votar em António Costa, nas eleições legislativas agendadas para 30 de janeiro. “No contrato assinado com o Bloco de Esquerda estava proibida qualquer privatização e, mais do que isso, revertemos as privatizações dos transportes públicos em Lisboa e avançámos nos direitos das pessoas e avançámos contra o atraso”, enfatizou. “Eu não sou do Partido Socialista, eu não pertenço ao Partido Socialista, mas sou socialista […].

[…] Vou para isso? Sim. “Sabemos que os grandes interesses económicos, que ganharam com os processos de privatização, que ganham com a economia de privilégio, vão preferir sempre uma maioria absoluta”, defendeu. Eu gostava que os meus amigos tivessem sucesso”, garantiu. COM LUSA . Saiba mais:.