Nelson Veríssimo: 'Conquista da Taça da Liga não vai salvar a época' - SIC Notícias

24/01/2022 21:36:00

Treinador do Benfica diz que o principal objetivo é a I Liga.

Nelson Veríssimo: “Conquista da Taça da Liga não vai salvar a época”

Treinador do Benfica diz que o principal objetivo é a I Liga.

O treinador Nelson Veríssimo assegurou esta segunda-feira que conquistar a Taça da Liga é um objetivo assumido da equipa de futebol do Benfica desde o início da época, mas não salva a temporada.Questionado sobre se a conquista do troféu salva uma época, em que os ‘encarnados’ já estão a nove pontos do líder do campeonato, o FC Porto, e eliminados da Taça de Portugal, o técnico foi perentório e admitiu que “o principal objetivo” do clube continua a ser a I Liga.

Consulte Mais informação:
SIC Notícias »

Taça da Liga: Troféu é objetivo do Benfica, mas não salva a época para Nelson Veríssimo

Nélson Veríssimo diz que a Taça da Liga não salva a épocaNa antevisão do jogo frente ao Boavista, o treinador avançou ainda que Gedson falhou o último treino porque “pode estar de saída do clube” e detalhou o momento menos fulgurante de Rafa.

Nélson Veríssimo: 'A conquista da Taça da Liga não vai salvar a época'O Benfica enfrenta amanhã o Boavista nas meias finais da Taça da Liga, mas o técnico admite que o campeonato continua a ser o principal objetivo. ...

«Conquista da Taça da Liga não salva a época» (Benfica)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

«Temos como claro objetivo vencer a Taça da Liga» (Benfica)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

Ruben Amorim chama Geny Catamo para a preparação da Taça da LigaLeões já preparam embate com o Santa Clara marcado para quarta-feira (19h45)

Lusa O treinador Nelson Veríssimo assegurou esta segunda-feira que conquistar a Taça da Liga é um objetivo assumido da equipa de futebol do Benfica desde o início da época, mas não salva a temporada.O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores.Foto EPA/JOSE COELHO Conquistar a Taça da Liga não será suficiente para “desculpar” um campeonato perdido pelo Benfica..

Questionado sobre se a conquista do troféu salva uma época, em que os ‘encarnados’ já estão a nove pontos do líder do campeonato, o FC Porto, e eliminados da Taça de Portugal, o técnico foi perentório e admitiu que “o principal objetivo” do clube continua a ser a I Liga. “Não! A conquista da Taça da Liga não vai salvar a época. O principal objetivo é a Liga portuguesa. O principal objectivo é a Liga portuguesa e, do nosso ponto de vista, ainda estamos envolvidos nessa luta. No nosso ponto de vista, ainda estamos envolvidos nessa luta. Temos consciência das dificuldades, mas ainda estamos envolvidos”, atirou o técnico.ad-ctn:not(:empty):before {top:0;} Nélson Veríssimo, treinador do Benfica, fez esta segunda-feira a antevisão ao encontro com o Boavista das meias finais da Taça da Liga, onde admitiu que uma eventual conquista da prova não será o suficiente para salvar a época encarnada.

No entanto, Veríssimo lembrou que, “tendo em conta o momento, o foco [da equipa] tem de ser o jogo com o Boavista” e que a Taça da Liga é uma competição que o Benfica tem “como objetivo principal conquistá-la”, mas frisou que esta “não tem mais nem menos importância em função da classificação” no campeonato. “Sabemos que para ganhar a competição ainda temos dois jogos que serão certamente difíceis pela frente. “Recuando ao início desta época, e tendo em conta as aspirações e objetivos da grandeza deste clube, a importância é a mesma. Vamos para esta competição, começando já amanhã [terça-feira], no jogo com o Boavista, com o intuito de a vencer”, sustentou. Treino desta segunda-feira contou com avançado da equipa B O adversário das meias-finais é, segundo Veríssimo, “uma equipa muito competente e bem orientada” por Petit, pelo que o treinador espera “uma tarefa difícil”, mas sublinhou a sua confiança no “processo de treino” e na “resposta muito positiva dos jogadores”. E justificou: “Somaram pontos nos últimos sete jogos, são uma equipa bem orientada e com processos bem definidos. “Sabemos que temos dois jogos pela frente que certamente serão difíceis, mas acreditamos muito no que temos vindo a fazer, na qualidade dos jogadores e no trabalho que têm feito todos os dias. O objetivo é conquistar o campeonato e ainda estamos nessa luta.

Portanto, vamos com o sentimento positivo para esta competição e já para o jogo de amanhã [terça-feira], com o Boavista”, comentou. E o trabalho da equipa contou esta segunda-feira com a presença de Henrique Araújo, avançado da equipa B que foi chamado para colmatar as ausências de Seferovic (lesionado) e Darwin (ausente na seleção do Uruguai). Esperamos um jogo competitivo e aberto, uma vez que dá acesso à final”. O técnico não se coibiu de comentar a chamada do jovem jogador, de 20 anos, que já foi por si orientado na equipa secundária, e colocou-o no mesmo patamar de “todos os que fazem parte da formação do clube”. “Reconhecendo que há qualidade e havendo uma necessidade, neste caso específico na posição de avançados, sentimos a necessidade de chamar mais um. Nesta lógica, olhando para os jogadores da equipa B, sentimos que o Henrique [Araújo] estaria preparado para dar essa resposta”, explicou. Estamos atentos ao que se passa na equipa B e nos sub-23. É essa a tónica.

Benfica defronta o Boavista na terça-feira De resto, o técnico, que também não vai poder contar com Otamendi, que se encontra ao serviço da seleção da Argentina, desvalorizou as ‘baixas’ e lembrou que isso pode ser uma oportunidade para outros jogadores mostrarem o seu valor. “A ausência de alguns jogadores é uma oportunidade para outros, assim como quando algum se lesiona, não podendo dar o seu contributo à equipa, abre uma oportunidade para outro jogador, como foi o caso do Henrique [Araújo], para treinar ou jogar. E nós temos de estar preparados para isso”, concluiu o técnico dos ‘encarnados’. “Conheço bem o Rafa, sabemos o que ele pode dar à equipa. O Benfica defronta o Boavista na terça-feira, às 19:45, na primeira meia-final da Taça da Liga de futebol que se disputa no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, com arbitragem de Fábio Veríssimo (AF Leiria). Subscrever Não fique fora de jogo! Siga o SAPO Desporto nas redes sociais.

O clube da Luz é o recordista de títulos da competição, com sete troféus conquistados, mas não a vence desde a época 2015/16, última vez em que alcançou a final, na qual bateu o Marítimo por 6-2. O Rafa é um jogador versátil, em função das suas características pode dar coisas diferentes à equipa e está a fazer o seu caminho”. .