Nadadora sul-africana Tatjana Schoenmaker bate recorde do mundo dos 200 bruços

A nadadora já tinha batido o recorde olímpico nas eliminatórias.

30/07/2021 10:06:00

Nadadora sul-africana Tatjana Schoenmaker bate recorde do mundo dos 200 bruços

A nadadora já tinha batido o recorde olímpico nas eliminatórias.

Jogos OlímpicosTóquio 2020, ao nadar a final dos 200 metros bruços em 2.18,95 minutos, para superar uma marca com oito anos.Schoenmaker, que tinha sido medalha de prata nos 100 metros bruços, retirou 16 centésimos de segundo à anterior melhor marca de sempre, que pertencia à dinamarquesa Rikke Möller Pederson, com 2.19,11 minutos, em 01 de agosto de 2013.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Nadadora sul-africana Tatjana Schoenmaker bate segundo recorde olímpico em TóquioSchoenmaker nadou os 200 metros bruços em 2.19,16 minutos, retirando 43 centésimas ao anterior recorde olímpico, que pertencia à norte-americana Rebecca Soni desde Londres2012.

Tatjana Schoenmaker junta ouro a novo recorde mundial nos 200 metros bruçosNatação - Tatjana Schoenmaker junta ouro a novo recorde mundial nos 200 metros bruços

Tóquio2020. China bate recorde do mundo dos 4x200 metros livres femininos

Chegar, ver um recorde do Mundo a cair, os Estados Unidos a sofrer e ainda ouvir Tchaikovsky no Centro Aquático de TóquioNo dia que marca o fim da primeira semana dos Jogos Olímpicos, Tatjana Schoenmaker, sul-africana de 24 anos, foi a primeira atleta a conseguir um recorde mundial individual, num dia em que os Estados Unidos falharam medalhas de ouro e Rylov fez de novo soar o Concerto para Piano n.º 1

Tóquio 2020. China bate recorde do mundo dos 4x200 metros livres femininosYang Junxuan, Tang Muhan, Zhang Yufei e Li Binjie bateram um registo que pertencia à Austrália, com 7.41,50 minutos.

Treinador de Jorge Fonseca admite: «Temos pena de não dar ao país uma medalha mais dourada»Tóquio 2020 - Treinador de Jorge Fonseca admite: «Temos pena de não dar ao país uma medalha mais dourada»