Mota-Engil Central Europe, Mece, Polónia, Ploski, Construção Civil

Mota-Engil Central Europe, Mece

Mota-Engil ganha contrato de 72 milhões de euros na Polónia

A construtora liderada por Gonçalo Moura Martins foi selecionada entre nove empresas internacionais a concurso

30/11/2020 19:53:00

A construtora liderada por Gonçalo Moura Martins foi selecionada entre nove empresas internacionais a concurso

A construtora liderada por Gonçalo Moura Martins foi selecionada entre nove empresas internacionais a concurso.

...A Mota-Engil anunciou que a sua participada Mota-Engil Central Europe (MECE) celebrou um novo contrato na Polónia, no valor de 72 milhões de euros, para a execução do projeto e construção da via rápida S19 no nó Bialystok Poludnie – Ploski.

O pior dia da pandemia: Portugal regista novos máximos de 10.947 casos e 166 mortes Liga dos Bombeiros diz que há doentes horas retidos nas macas em ambulâncias e que já houve uma morte ″A Praia Norte está vazia. Há 15 dias estava cheia de gente″

 Para este projeto apresentaram-se algumas das maiores empresas europeias, num total de nove de diversas nacionalidades que estiveram a concurso, sublinha a empresa em comunicado.Leia TambémAumento de capital da Mota-Engil a metade do preço pago à família

 No troço de 13 quilómetros serão construídas – em 36 meses – duas faixas em cada direção, incluindo uma reserva para a terceira faixa, prevendo-se em contrato o desenvolvimento do projeto e consequente construção, a finalizar em 2024. headtopics.com

 Construtora chinesa compra 23% da Mota-Engil por 169,4 milhões. Ações disparam 14%"A MECE foi assim selecionada para a execução de um projeto num segmento de atividade como é a construção rodoviária onde tem vindo a afirmar a sua capacidade no mercado polaco desde 1996, estando desde há vários anos entre as 15 maiores empresas no mercado polaco de engenharia e construção", sublinha.

Na sessão desta segunda-feira, a construtora liderada por Gonçalo Moura Martins (na foto) fechou a recuar 15,15%, para 1,46 euros, a corrigir das fortes subidas anteriores.Na semana passada, a Mota-Engil disparou 26,18%, tendo o seu apogeu com a subida de 14,5% na sexta-feira. Depois do anúncio de três novos contratos no Peru, o impulso final foi dado após a quarta maior construtora do mundo, a China Communications Construction Company, ter comprado 23% da construtora portuguesa por 169,4 milhões de euros.

Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »