Morreu a última filha ilegítima do ditador italiano Benito Mussolini

18/01/2022 03:30:00

Morreu a última filha ilegítima do ditador italiano Benito Mussolini

Morreu a última filha ilegítima do ditador italiano Benito Mussolini

Durante 20 anos, Elena Curti desconheceu a verdadeira identidade do pai. A última filha ilegítima do ditador regressou à cidade natal no início dos anos 2000 e morreu aos 99 anos de idade.

Mondadori via Getty Imagesfaria em 19 de outubro cem anos.PUBteve cinco filhosque teve com muitas mulheres, assim como os filhos ilegítimos que daí resultaram., quando a própria mãe lhe revelou, assegurando-lhe que Mussolini também sabia.

Consulte Mais informação:
Observador »

Infarmed notificado de suspeita de reação adversa no caso de criança que morreuO Infarmed confirmou que recebeu, esta segunda-feira, notificação de suspeita de reação adversa no caso da morte de uma criança com teste positivo para SARS-CoV-2 no domingo no Hospital de Santa Maria.

Morreu uma criança de 6 anos com teste positivo à covid-19O menino deu sábado entrada sábado no Hospital de Santa Maria em paragem cardio-respiratória. Internado nos cuidados intensivos, acabou por morrer no domingo. A causa da morte está a ser investigada. E por acaso até já tinha vacina covid… a tal segura e boa… que até provoca paragens cardíacas… Agora a questão...os pais das outras crianças devem estar em apuros!?

Morreu criança de seis anos infetada com covid-19 este domingo no Hospital de Santa Maria

Criança de seis anos infetada com covid-19 morreu este domingo no Hospital de Santa Maria

Morreu o cantor Armando Gama. Tinha 67 anosPortugal - Morreu o cantor Armando Gama. Tinha 67 anos

Armando Gama morreu aos 67 anos

Elena Curti viveu durante quatro décadas em Espanha Mondadori via Getty Images Elena Curti viveu durante quatro décadas em Espanha Mondadori via Getty Images Elena Curti, a última filha ilegítima do ditador italiano Benito Mussolini, morreu esta segunda-feira, aos 99 anos, na sua casa em Acquapendente, no centro de Itália, noticiaram diversos órgãos de comunicação social locais."Confirmamos que recebemos a notificação de suspeita de reação adversa no decorrer do dia de hoje e que a mesma se encontra a ser tratada pelo Infarmed em conjunto com a Unidade Regional de Farmacovigilância de Lisboa, Setúbal e Santarém", adiantou a Autoridade Nacional do Medicamento à agência Lusa.por RTP.Email As causas da morte ainda estão por apurar.

Filha de Mussolini e da mulher do chefe da brigada fascista de Milão, Bruno Curti, Elena Curti faria em 19 de outubro cem anos. Elena Curti era um dos vários filhos ilegítimos do ditador e nasceu na véspera da marcha sobre Roma, que permitiu a Mussolini chegar ao poder em 27 de outubro de 1922 e estabelecer o regime fascista que derrubou o sistema parlamentar em Itália. Esta análise precede a sua comunicação à base de dados europeia EudraVigilance, o sistema de gestão e análise de informações sobre suspeitas de reações adversas a medicamentos, que foram autorizados ou em estudo em ensaios clínicos no Espaço Económico Europeu. O escritor Antonio Scurati narrou, na biografia que elaborou sobre o ditador, o encontro entre o “duce” e Angela Cucciati, em 1921, quando esta o procurou para pedir a libertação do marido, preso devido aos violentos distúrbios de rua ocorridos na época. PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR O ditador italiano Benito Mussolini, considerado o pai do fascismo e aliado de Hitler, que morreu em 1945, foi casado com Rachele Guidi, com quem teve cinco filhos — Edda, Vittorio, Bruno, Romano e Anna Maria. O centro hospitalar afirmou, em comunicado, que a criança deu entrada no Hospital de Santa Maria no sábado com"um quadro de paragem cardiorrespiratória". Mas são conhecidas as muitas relações extraconjugais que teve com muitas mulheres, assim como os filhos ilegítimos que daí resultaram. Este domingo, estava 100 pessoas internadas com covid-19 no CHULN, indicou a mesma fonte à agência Lusa, dos quais 15 estavam em cuidados intensivos.

Elena Curti era a última filha ilegítima do “duce” e desconheceu a verdadeira identidade do seu pai até os 20 anos , quando a própria mãe lhe revelou, assegurando-lhe que Mussolini também sabia. Segundo os dados da DGS, desde o início da pandemia, morreram três crianças entre os zero e os nove anos. A última filha ilegítima do ditador a ser descoberta viveu durante quatro décadas em Espanha com o marido, o piloto militar Enrico Miranda, que morreu em 2008, e tinha regressado à sua cidade natal no início dos anos 2000. Segundo as reconstituições históricas, Mussolini foi detido em abril de 1945 juntamente com alguns dos seus colaboradores mais leais e a sua companheira Clara Pettaci, durante uma fuga até Valtellina (norte de Itália) na qual ia vestido com um uniforme alemão, mas foi reconhecido na localidade de Dongo por um elemento da Resistência. Benito Mussolini e Clara Pettaci foram fuzilados dias depois. Os seus corpos e os de outros cinco chefes fascistas foram expostos na praça pública em Milão, pendurados pelos pés.

Leia também: .