Menezes é o primeiro ex-líder do PSD a entrar na campanha para apoiar Rio

Eleições Legislativas 2022: Menezes é o primeiro ex-líder do PSD a entrar na campanha para apoiar Rio

Eleições Legislativas 2022, Luís Filipe Menezes

22/01/2022 17:09:00

Eleições Legislativas 2022 : Menezes é o primeiro ex-líder do PSD a entrar na campanha para apoiar Rio

O ex-presidente da Câmara de Gaia participou este sábado numa arruada, na Afurada, uma freguesia de pescadores, e disse que estava ali para apoiar Rui Rio a ser primeiro–ministro. Declarou que se sente uma “dinâmica de vitória” no PSD e, em relação

Nelson GarridoLuís Filipe Menezes juntou-se este sábado à campanha do PSD no distrito do Porto para apoiar Rui Rio por entender que “é melhor candidato” a primeiro-ministro do que António Costa.Em declarações aos jornalistas, antes de se lançar numa arruada na Afurada, uma freguesia de Vila Nova de Gaia, ao som dos Mareantes do Rio Douro, Luís Filipe Menezes, que é o primeiro ex-líder do PSD a entrar na campanha, disse, “sem triunfalismos”, que Rui Rio tem condições para ganhar as eleições legislativas do dia 30.

Consulte Mais informação: Público »

O tal...? (Era preferível para RR, nem aparecer...)

Luís Filipe Menezes fala em 'cheiro' a vitória do PSDO antigo líder do PSD Luís Filipe Menezes admitiu este sábado que lhe 'cheira' a vitória nas eleições legislativas, garantindo que irá a todas as ações de campanha social-democrata para as quais for convidado. Já agora... qual será o cheiro da... Rosa Mota?!!! (aposto que é... dinheiro!)

Menezes fala em cheiro a vitória do PSD, nota que Costa está 'muito, muito nervoso' e vê no PS 'muita tristeza'Apesar das 'querelas' com Rio, Luís Filipe Menezes apoia o PSD , 'cheirando-lhe' a vitória. Sobre o PS, a opinião muda: 'Vê-se muita tristeza' na campanha. 'Está a aproximar-se o fim de um ciclo.'

Sondagem indica aproximação entre PS e PSDA política é a ilusão da escolha

PSD quer 'colocar um cabresto ao Ministério Público”, diz Sindicato dos Magistrados - RenascençaPropostas dos partidos para a área da Justiça, nos programas para as eleições legislativas de dia 30, em destaque no Em Nome da Lei desta semana.

Campanha aproxima PSD do PS e direita da esquerda

Costa acusa PSD de querer rutura no Estado social e de colocar em risco as pensõesAntónio das mentiras Dos fake news Das negociatas Dos amigos Salafrario Já ninguém acredita em Costa. Há muitos que fingem, mas é puro interesse. 😂😂😂👌

Luís Filipe Menezes entrou na campanha das legisaltivas para apoiar Rui Rio Nelson Garrido Luís Filipe Menezes juntou-se este sábado à campanha do PSD no distrito do Porto para apoiar Rui Rio por entender que “é melhor candidato” a primeiro-ministro do que António Costa. Em declarações aos jornalistas, antes de se lançar numa arruada na Afurada, uma freguesia de Vila Nova de Gaia, ao som dos Mareantes do Rio Douro, Luís Filipe Menezes, que é o primeiro ex-líder do PSD a entrar na campanha, disse, “sem triunfalismos”, que Rui Rio tem condições para ganhar as eleições legislativas do dia 30. “Olhando para a realidade, sem triunfalismos, acho que depois das autárquicas se tem notado um crescendo do apoio popular ao PSD. Já fiz muitas campanhas – o PSD sempre foi muito forte na rua e às vezes perdia eleições – e lembro-me, por exemplo, das eleições de 1995, em que o PSD meteu 100 mil pessoas na Avenida dos Aliados e o engenheiro Guterres meteu meia dúzia de pessoas na Praça D. João I e ganhou as eleições, mas isso é um episódio”, declarou. Embalado, o ex-líder social-democrata referiu que se nota uma “diferença substancialíssima” entre o que era a capacidade de mobilização e de adesão popular ao PSD há quatro, há, há seis e agora. “Isso tem que ter algum significado, e, no meu entender, cheira-me a vitória, cheira-me a vitória. Não tenho a certeza, não sou como o Partido Socialista que anda a boiar na maionese, mas se esta dinâmica se mantiver, se não houver erros, o PSD pode vencer”, profetizou, rodeado de militantes e dirigentes do partido e da deputada Sónia Matos, cabeça de lista pelo Porto. O antigo líder do PSD desvalorizou as querelas pessoais e políticas que são conhecidas entre si e Rui Rio, afirmando que elas só existem quando há eleições. “A democracia funciona dentro do PSD”, atirou, dizendo que agora que as eleições internas no partido terminaram, o partido tem de estar todo unido. “O dr. Rui Rio é melhor candidato a primeiro-ministro do que o dr. António Costa”, disse, elogiando o desempenho e a confiança que o actual líder do PSD passou para o país no frente-a-frente televisivo que teve com o candidato socialista. E chegou a dizer que Rui Rio deu uma “tareia política” a António Costa. Ganhar debates não chega para vencer eleições reconheceu Menezes, mas, sublinhou, “mostra a segurança do dr. Rui Rio em relação a matérias de governação, nomeadamente a politica economia”. Afirmando que “em liberdade as pessoas nunca votam com racionalidade, votam com o coração e com sentimento”, Menezes deixou uma mensagem de esperança para o partido: “Neste momento o coração e o sentimento [dos portugueses] estão a pender para o lado do dr. Rio.” Na Afurada, Luís Filipe Menezes teve uma recepção muito calorosa, com honras de “sr .presidente”. Tirou fotografias, abraçou pessoas e houve quem chorasse ao revê-lo numa manhã de sábado onde o frio quase cortava a respiração.