Membro do novo IRA detido na Irlanda do Norte por fabrico de explosivos - SIC Notícias

12/01/2022 03:41:00

Membro do novo IRA detido na Irlanda do Norte por fabrico de explosivos

Membro do novo IRA detido na Irlanda do Norte por fabrico de explosivos

A detenção ocorre três semanas antes do cinquentenário do massacre do 'Domingo Sangrento'.

A mulher, de 52 anos, foi detida nobairro católico de Greggan em Derry/Londonderry, no âmbito de uma investigação sobre “as novas atividades de fabricação de bombas do IRA”,bem como o armazenamento de artefactos explosivos, disse em comunicado a investigadora Clara Heaton, da polícia da Irlanda do Norte.

“A nossa investigação visa garantir a segurança da população e protegê-la da ameaça representada por grupos violentos”, explicou Heaton, sublinhando que “o fabrico, o armazenamento de explosivos caseiros instáveis em zonas residenciais põe todos em perigo, sem discriminação”.

Consulte Mais informação:
SIC Notícias »

Ex-chefe dos serviços secretos da Dinamarca detido - SIC NotíciasEx-chefe dos serviços secretos da Dinamarca detido

Coreia do Norte lança novo projétil para o Mar do Japão - SIC NotíciasLíder norte-coreano, Kim Jong Un, tinha prometido reforçar as forças militares. Ganda malucos. Não estavam melhor a fazer amor? Enfim É deixar o atrasado mental brincar.

Livre admite chamar BE e PCP para 'eco-geringonça', PAN recusa fazer futurologiaRui Tavares e Inês Sousa Real estiveram frente a frente na SIC Notícias. Um tipo que nem será eleito. Patético. Na realidade, a Geringonça sempre cheirou mal mas está em estado de putrefação.O DN, Expresso, SIC e TSF são operários socialistas a tentar de neutralizar o cheiro ferido. Para isso era necessário que o Livre fosse alguma coisa de relevante...

ONU critica uso de capacetes azuis por militares cazaques na repressão de motins - SIC NotíciasONU critica uso de capacetes azuis por militares cazaques na repressão de motins Quando não é a ONU estuprando e matando civis ela fica chateada...

Covid-19: DGS recomenda 'fortemente' vacinação dos profissionais de instituições - SIC NotíciasForam também atualizadas as normas para a realização de visitas em lares e Unidades de Cuidados Continuados Integrados.

Idoneidade dos banqueiros é reavaliada a 'cada momento', garante Banco de Portugal - SIC NotíciasEis a resposta do BdP ao ser questionado sobre a idoneidade do presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho. Kkkkkkkkkkkk E vós acreditais...

A polícia da Irlanda do Norte anunciou na terça-feira a detenção de uma mulher, durante uma investigação sobre atividades de fabricação de dispositivos explosivos pelo novo IRA, um grupo dissidente republicano.Lusa O ex-chefe do serviço de inteligência de Defesa da Dinamarca, Lars Findsen, está em prisão preventiva há um mês, acusado de divulgar documentos confidenciais, noticiou na segunda-feira a comunicação social local.Lusa A Coreia do Norte lançou novo “projétil não identificado” na direção do Mar do Japão, informou esta segunda-feira o exército sul-coreano, apenas seis dias depois de um teste do que Pyongyang descreveu como um míssil hipersónico.e receba as informações em primeira mão.

A mulher, de 52 anos, foi detida no bairro católico de Greggan em Derry/Londonderry, no âmbito de uma investigação sobre “as novas atividades de fabricação de bombas do IRA”, bem como o armazenamento de artefactos explosivos, disse em comunicado a investigadora Clara Heaton, da polícia da Irlanda do Norte. “A nossa investigação visa garantir a segurança da população e protegê-la da ameaça representada por grupos violentos”, explicou Heaton, sublinhando que “o fabrico, o armazenamento de explosivos caseiros instáveis em zonas residenciais põe todos em perigo, sem discriminação”. Estes eram acusados, entre outros crimes, de terem divulgado “sem autorização informações altamente confidenciais dos serviços de inteligência”. A detenção ocorre três semanas antes do cinquentenário do massacre do “Domingo Sangrento”, durante o qual um total de 14 civis foram mortos por soldados britânicos durante uma marcha pacífica, representando um dos episódios mais trágicos do conflito entre católicos e protestantes na Irlanda do Norte. Na passada semana, o líder norte-coreano Kim Jong Un, durante uma conferência política, prometeu reforçar as suas forças militares, apesar das dificuldades relacionadas com a pandemia de covid-19. O novo IRA admitiu ser responsável pela morte, em abril de 2019, da jornalista Lyra McKee, que foi baleada enquanto fazia a cobertura informativa de confrontos em Londonderry. Durante uma audiência que decorreu na segunda-feira, à porta fechada, num tribunal em Copenhaga, a identidade de Lars Findsen foi divulgada a pedido do próprio, segundo noticiaram vários órgãos de comunicação dinamarqueses. O novo IRA apresentou “as suas sinceras e completas desculpas” à família da jornalista, argumentando que a balearam porque McKee “estava ao lado das forças inimigas”, referindo-se à força policial. "O que terá de ser avaliado, não vamos fazer futurologia, é, se de facto, após o dia 30 janeiro, quais é que serão essas condições", realçou, notando, desde logo,"uma diferença" de opinião em relação ao Livre.

O grupo dissidente republicano também reivindicou a colocação de um dispositivo explosivo que foi descoberto em abril de 2021 sob o carro de uma polícia na cidade de Dungiven. A investigação é secreta, o que significa que as acusações exatas e a natureza da divulgação dos dados confidenciais permanecem desconhecidas. SAIBA MAIS. Estes acontecimentos ocorreram num contexto de escalada de tensões na Irlanda do Norte, após uma dúzia de noites de violência num cenário de revolta contra os controlos alfandegários introduzidos pelo Brexit entre Londres e a Irlanda do Norte, uma província britânica. A violência fez ressurgir memórias dos confrontos que ao longo de três décadas opôs republicanos, maioritariamente católicos, a favor da reunificação da Irlanda contra unionistas protestantes, defensores da adesão do norte da ilha ao Reino Unido. Vários jornalistas terão sido ouvidos pelos investigadores. O Acordo da Sexta-feira Santa, concluído em 1998, pôs fim ao conflito que provocou 3.500 mortes e que estabeleceu uma paz frágil, mas os grupos paramilitares permaneceram ativos. Os serviços de inteligência deste país nórdico estão divididos em dois, o serviço de inteligência (FE), responsável por monitorar, prevenir e combater ameaças externas à Dinamarca e aos interesses dinamarqueses e faz parte do Ministério da Defesa e o PET, que se foca mais na segurança interna e depende da Justiça. Já Inês de Sousa Real adiantou que o PAN defende que"na reforma do SNS deve haver uma maior aposta nas terapias preventivas, onde também há lugar para as terapias alternativas", recusando a ideia de o partido ser"negacionista da ciência".

.