Matos Fernandes, Governo, Isp, Iva

Matos Fernandes, Governo

Matos Fernandes quer atuação do Governo nas margens dos combustíveis

Face ao aumento do preço nos mercados de combustíveis, o ministro disse também ser 'fundamental garantir', numa perspetiva de justiça, que é devolvido aos portugueses a receita que o Governo está a ter no seguimento deste aumento

18/10/2021 16:05:00

Face ao aumento do preço nos mercados de combustíveis, o ministro disse também ser 'fundamental garantir', numa perspetiva de justiça, que é devolvido aos portugueses a receita que o Governo está a ter no seguimento deste aumento

Face ao aumento do preço nos mercados de combustíveis, o ministro disse também ser 'fundamental garantir', numa perspetiva de justiça, que é devolvido aos portugueses a receita que o Governo está a ter no seguimento deste aumento.

E usufrua de todas as vantagens de ser assinanteO ministro do Ambiente defendeu esta segunda-feira que é"necessário" que o Governo possa"agir nas margens" de comercialização dos combustíveis para fazer face ao aumento dos preços, apesar de não ter ainda"qualquer capacidade" para o fazer.

Comissão Política. A vitória de Rei Rio, o que ela quer dizer sobre o PSD e as apostas para as legislativas Blaya Rodrigues: “Não podemos esquecer quem éramos antes. Isto aqui, o bebé, é só um extra” Perfil: quem é o coronel que agora comanda a vacinação

"No que diz respeito aos combustíveis, trata-se, sobretudo, de garantir questões de justiça e por isso, ainda não está publicada nem promulgada, mas no entender do Governo é mesmo necessário que se possa agir nas margens, não só da comercialização, da bomba de gasolina, mas em todas as margens dos inúmeros atores que existem ao longo do processo", afirmou o ministro do Ambiente e da Ação Climática.

Matos Fernandes, que participou esta segunda-feira na cerimónia de apresentação dos vencedores da primeira fase do concurso público para a execução da nova ponte sobre o rio Douro, salientou, no entanto, não existir hoje"qualquer capacidade de o Governo o fazer". headtopics.com

Em 08 de outubro, a Assembleia da República aprovou o texto final da proposta de lei do Governo que permite a fixação de margens máximas de comercialização para os combustíveis simples e GPL engarrafado.O texto final apresentado pela Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, relativo à proposta de lei n.º 109/XIV/2.ª (GOV), foi aprovado em plenário com votos contra do CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal e a abstenção do PSD, tendo-se os restantes partidos pronunciado favoravelmente.

"O aumento dos combustíveis é ditado pelo aumento do preço do petróleo e por isso só mesmo quem produz, distribui e comercializa o petróleo e seus derivados é responsável pelo aumento do preço dos combustíveis", afirmou esta segunda-feira o governante.

Face ao aumento do preço nos mercados de combustíveis, o ministro disse também ser"fundamental garantir", numa perspetiva de justiça, que é devolvido aos portugueses a receita que o Governo está a ter no seguimento deste aumento."Os meus colegas das Finanças, quando anunciaram esta medida, que é uma medida fiscal, garantiram estar atentos para poder, se for o caso, repetir mais vezes o seu propósito", acrescentou.

Aos jornalistas, Matos Fernandes lembrou que os impostos sobre os combustíveis"há anos que não têm tido qualquer alteração" e que a medida anunciada não tem como"objetivo repor aquilo que é o aumento dos combustíveis, mas devolver às pessoas aquilo que tem sido a receita que o Estado tem tido a mais, não por causa do ISP, mas por causa do IVA". headtopics.com

Portugueses sem medo de viajar esgotam Natal e passagem de ano Como interpretar o novo “semáforo” alemão Uma pessoa morreu num acidente na Ponte 25 de Abril esta madrugada

"Com aquilo que foi a atitude do Governo conseguimos amortecer até, na prática, aquilo que foi o aumento dos combustíveis que aconteceu hoje de manhã", disse. O ministro disse também acreditar que o preço do petróleo"vai ficar por aqui" e que"não irá subir", lembrando, no entanto, que"vale a pena fazer a conta à energia toda".

Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Exatamente, já o PNS nos disse o mesmo. Não sei qual é a parte que as pessoas não percebem que depois temos o retorno em ações paah..

Matos Fernandes quer atuação do Governo ″nas margens″ dos mercados dos combustíveisO ministro do Ambiente disse também acreditar que o preço do petróleo 'vai ficar por aqui' e que 'não irá subir', lembrando, no entanto, que 'vale a pena fazer a conta à energia toda'. 🤡 Este Srº só pode estar a brincar… com areia e a atirá-la aos olhos de todos os Portugueses 🧐🧐🧐. O problema não são as margens, mas sim a especulação em torno da procura. Onde estão as reservas de combustíveis em Portugal?!

ANTRAM diz que transportadoras vão ser obrigadas a aumentar os preçosPor causa da subida dos preços dos combustíveis. À semelhança daquilo que está a acontecer no resto do mundo. Temos de estar alinhados. O caos é global. A coisa há-de melhorar, mas antes terá mesmo de piorar. No fim de contas ficam os mais fortes, os outros… temos pena. Esperteza Saloia ...quem acha que ñ aumentaria?

Condutores aproveitam para abastecer antes do aumento dos combustíveis na segunda-feiraHá quem esteja a abastecer este fim de semana para evitar mais uma subida de preços anunciada para segunda-feira. Então O Gov não baixa em 2 centimos o preço da gasolina? Isso deve dar para cobrir os aumentos até ao fim do ano!!! 25° ou 26° aumento? ...já lhe perdia a conta Com a generosidade do governo na redução da carga fiscal sobre os combustíveis até estranho esta reação 😂😂😂 toca a pagar q o governo precisa de continuar a ajudar a família socialista

Só 12 pessoas no protesto contra preços dos combustíveis'Juntem-se a nós em vez de tirarem fotografias'. Cláudio Fonseca, organizador do protesto, admitiu que a adesão à manifestação contra o peso dos impostos nos combustíveis, este sábado, em Lisboa, ficou muito aquém do esperado. Juntaram-se 12 manifestantes que desceram a Avenida da Liberdade. Estás pessoas mereciam um globo! Todos sem combustível! Povo manso

O aumento dos combustíveis e o passa culpa dos preços altos