Nações Unidas, Nova Iorque, António Guterres, Onu, Marcelo Rebelo De Sousa, Presidente Da República, Diplomacia, Estados Unidos Da América, Eua

Nações Unidas, Nova Iorque

Marcelo: Portugal em “total sintonia” com Guterres “realista e determinado”

Nova Iorque: Marcelo: Portugal em “total sintonia” com Guterres “realista e determinado”

20/09/2021 03:01:00

Nova Iorque : Marcelo: Portugal em “total sintonia” com Guterres “realista e determinado”

“Total sintonia, isto é, concordância entre os apelos, as prioridades, os objectivos do secretário-geral e a posição portuguesa. Em tudo”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa em Nova Iorque .

, o Presidente da República disse ter encontrado António Guterres “simultaneamente realista e determinado”. Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que a “total concordância” de posições se verifica também quanto à “importância da conferência dos oceanos a realizar no ano que vem em Lisboa, que tem tudo a ver com as alterações climáticas”.

Combustíveis: Governo anuncia desconto de 10 cêntimos por litro Adotado da IURD que matou a mãe com 20 facadas absolvido de homicídio devido a esquizofrenia Abel Ferreira: «Cristiano Ronaldo? Quanto mais o criticam, mais gasolina lhe dão»

Segundo o chefe de Estado, o secretário-geral da ONU “está a ver a situação, está a ver o que a pandemia significou e significa ainda e as exigências que coloca para o futuro, está a ver aquilo que é preciso fazer de recuperação económica e social”. “Está a ver o que é preciso fazer ainda em termos de alterações climáticas para conseguir uma convergência entre os vários mundos do mundo que todos formamos. Está muito consciente da situação”, prosseguiu.

De acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, Guterres está ao mesmo tempo “muito determinado a explicar por que é que as Nações Unidas são fundamentais, outras organizações universais são fundamentais, e como aquilo que defendeu desde o momento em que entrou nesta casa tem mais razão de ser agora, ainda mais, porque aquilo que se passou ainda recentemente só dá razão de ser àquilo que ele vinha dizendo há muito tempo”. “Isso enche-nos de orgulho”, declarou. headtopics.com

O Presidente da República chegou no sábado aos Estados Unidos da América, onde ficará até quarta-feira, para participar na76.ª sessão da Assembleia Geral da ONU, onde irá intervir na terça-feira, primeiro dia do debate geral entre chefes de Estado e de Governo dos 193 Estados-membros da organização, a que Portugal aderiu em 1955.

Sobre o seu discurso, o chefe de Estado adiantou no sábado que irá “saudar muito especialmente o secretário-geral reeleito por aclamação” e que irá “apoiar as prioridades dele para os próximos cinco anos”.Há três meses, quando António Guterres prestou juramento para um segundo mandato de cinco anos como secretário-geral da ONU, em 18 de Junho, Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente e falou perante a Assembleia Geral elogiando a acção do antigo primeiro-ministro português à frente desta organização e o seu empenho no multilateralismo.

Osegundo mandatode António Guterres como secretário-geral da ONU decorrerá do início de 2022 até ao fim de 2026.Desde que Guterres iniciou o seu mandato à frente da ONU, em 1 de Janeiro de 2017, Marcelo Rebelo de Sousa reiterou sucessivas vezes o apoio de Portugal à sua agenda de defesa do multilateralismo, do diálogo e do combate às alterações climáticas — em divergência com as posições do anterior Presidente norte-americano, Donald Trump, que iniciou funções na mesma altura, Janeiro de 2017.

Em Dezembro de 2020, o Presidente português anteviu “um horizonte de regresso ao multilateralismo” e um “novo tempo” para a ONU liderada por António Guterres, depois de “tempo perdido nos anos recentes”. Consulte Mais informação: Público »

Marcelo visita hoje memorial do 11 de setembro e reúne-se com Guterres em Nova IorqueMarcelo Rebelo de Sousa chegou no sábado aos Estados Unidos da América, onde ficará até quarta-feira, para participar no debate geral da 76.ª sessão da Assembleia Geral da ONU . Quem supervisiona as omissões fiscais práticas em notários com o conhecimento do Ministério Público de Lisboa e o Ministério Público de Cascais, não generalizando na falta de ética de Procuradores da República. PI 1550/14

Marcelo promete apoio de Portugal a Guterres em novo mandato cheio de esperançaO chefe de Estado, que este domingo vai reunir-se com António Guterres, defendeu que Portugal já tem estado 'a ajudar, com um papel fundamental, dando até o exemplo, no financiamento das Nações Unidas.

Marcelo visita memorial do 11 de Setembro e reúne-se com Guterres este domingo em Nova IorquePresidente da República estará com familiares de vítimas portuguesas e luso-americanas dos atentados terroristas de há vinte anos. EH SOH PASSEAR AH CUSTA DO NOSSO POVO, COM GRANDES COMITIVAS ACOMPANHA LO E PAGA ZE. CHEGA DE TANTAS DESLOCACOES NO PAIIS E NO ESTRANGEIRO. SE O PRESIDENTE TIVER CARATER DEVE DIVULGAR PUBLICAMENTE QUANTO GASTA AO PAIIS POR MES.

Marcelo visita memorial do 11 de Setembro este domingo. E vai encontrar-se com Guterres em Nova IorqueO Presidente da República vai visitar o memorial do 11 de Setembro, em Nova Iorque , onde depois terá uma reunião com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas ( ONU ), António Guterres.

O retrato das empresas centenárias portuguesas em seis gráficosPortugal tem 402 empresas com mais de 100 anos de existência. A mais antiga em atividade no país foi criada em 1670.

Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se este sábado com portugueses e lusodescendentes em Nova JérsiaPolítica - Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se este sábado com portugueses e lusodescendentes em Nova Jérsia