Internacional, Hungria, Budapeste, Orgulho Gay, Lgbt, Viktor Orban, Direitos Das Minorias

Internacional, Hungria

Manifestação de força gay contra Orbán

Manifestação de força gay contra Orbán

24/07/2021 21:15:00

Manifestação de força gay contra Orbán

Marcha anual em Budapeste converteu-se em protesto contra nova lei que restringe conteúdos nos media sobre LGBT .

Subscreverentrou em vigor uma leicontestada quer pela comunidade LGBT, quer pela União Europeia, em mais um tema que marginaliza o governo nacionalista e populista de Orbán em relação aos parceiros europeus (embora conte com a solidariedade polaca). A Comissão Europeia lançou na semana passada dois procedimentos judiciais contra Budapeste por causa da nova lei, alegando que é discriminatória e contrária aos valores europeus de tolerância e liberdade individual.

Rui Costa oficializa hoje candidatura à presidência do Benfica PSG confirma que Messi está lesionado João Félix castigado com dois jogos

Milhares participaram na marcha do orgulho gay em Budapeste.© FERENC ISZA / AFPA lei proíbe a exibição de conteúdos a menores que retratem a homossexualidade ou a mudança de género, exige que apenas organizações cívicas aprovadas pelo governo possam proporcionar educação sexual nas escolas, e limita a disponibilidade de conteúdos e textos nos media a menores que discutam a orientação sexual. As medidas foram anexadas a um projeto de lei que permite penas mais duras para os pedófilos.

O Fidesz, partido de Orbán, alega que as medidas relacionadas com as minorias sexuais visam proteger crianças e famílias e não visam os homossexuais adultos. Os manifestantes contrapõem que a legislação foi a mais recente ação governamental dirigida à comunidade LGBT, após uma proibição no ano passado da adoção por casais do mesmo sexo e mudança de género em documentos pessoais. A Hungria não permite o casamento homossexual, mas reconhece as uniões civis."O governo continuou a sua campanha infame, de exclusão, e estigmatizante contra a comunidade LGBTQ", disse a marcha Pride de Budapeste. headtopics.com

Na quarta-feira, Orbán anunciou a realização de um referendo sobre a lei, perguntando aos húngaros se as crianças devem ser introduzidas a temas de orientação sexual nas escolas, e se a mudança de sexo deve ser promovida ou retratada às crianças. Questões"abertamente transfóbicas e homofóbicas" que fazem parte de uma"campanha de propaganda" para incitar ao ressentimento contra a comunidade LGBT, condena Majercsik.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Este assunto cansa, que importa cada um come onde quer ponto final. Sempre está de serem vítimas cansa Sintaxe...please.. O que é força Gay ?

PSD força audição de ministro Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAIO PSD requereu hoje, sexta-feira, a audição parlamentar obrigatória do ministro Eduardo Cabrita sobre o inquérito da Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) relativa aos festejos do Sporting, e quer também explicações do presidente da Câmara de Lisboa.

Sporting campeão: PSD força audição obrigatória de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAINum segundo requerimento, já sem caráter potestativo - ou seja, sujeito à aprovação pela maioria dos partidos -, o PSD pede que também o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, seja ouvido sobre o mesmo tema Convocar ministros ao Parlamento é tudo o que o ppdpsd tem para propor aos portugueses. Cada vez mais se confirma que estamos perante uma agremiação de políticos incompetentes. Esse ministro, juntamente com o Merdina, foram os padrinhos desse super evento Covid que foi a festa do Sporting. Faz todo o sentido chamá-los ao Parlamento para explicarem esse atentado à Saúde Pública e já agora pq o PS se põe sempre de cócoras perante a bola.

Para Rio, Medina também deve dar esclarecimentos no Parlamento sobre festejos do SportingPSD força também audição do ministro da Administração Interna sobre inquérito da IGAI. O líder do ppdpsd só não tem tempo para participar no debate sobre o Estado da Nação.

Covid-19. Já sairam mais de 5 mil trabalhadores só de 30 empresasSindicatos promovem hoje ação de protesto no Porto contra despedimentos que ainda estão em curso.

Selecionador do País de Gales acusado de pontapear ex-mulher e deixá-la nua à porta de quarto de hotelEx-internacional galês respondeu às acusações de agressão contra a ex-companheira Kate Greville e também contra a sua cunhada.

Infarmed afasta necessidade de terceira dose de vacina contra a covid-19Infarmed refere que “a informação disponível até à data não permite concluir sobre a necessidade, e momento, de realização de reforço vacinal”.