Mais de 225 mil sanções por violação de confinamento em França

Mais de 225 mil sanções por violação de confinamento em França

27.3.2020

Mais de 225 mil sanções por violação de confinamento em França

França impôs o isolamento social no dia 17 de março e, desde então, realizou 3,7 milhões de ações de controlo em todo o país.

As forças da ordem francesas já aplicaram mais de 225 mil sanções por violação do confinamento obrigatório imposto em França, em resposta à pandemia de covid-19 . A informação foi dada pelo ministro da Administração Interna francês, Christophe Castaner, em declarações ao canal France 2, na quinta-feira. França impôs o isolamento social no dia 17 de março e, desde então, realizou 3,7 milhões de ações de controlo em todo o país, referiu o ministro, citado pela agência espanhola Efe. As violações do confinamento são multadas com 135 euros, podendo aumentar até aos 1.500 euros em caso de reincidência num período de 15 dias. Se a infração se repetir por mais de três vezes num mês, a pena pode chegar aos seis meses de prisão e 3.750 euros de multa. Um total de 100 mil polícias estão a patrulhar as ruas, mas, nesta quinta-feira, os sindicatos ameaçaram deixar de fazer controlos se o Governo francês não garantir meios de proteção adequados para os agentes, nomeadamente máscaras. Segundo os dados comunicados pelo diretor-geral da Saúde, a covid-19 já matou 1.696 pessoas em França, 365 das quais apenas na quinta-feira, um crescimento sem precedentes. As estatísticas mencionam apenas as mortes em contexto hospitalar, porque os dados sobre lares e habitações próprias ainda não foram tornados públicos. O novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, já infetou mais 505 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 23.000. Dos casos de infeção, pelo menos 108.900 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. O continente europeu, com quase 275.000 infetados e 16.000 mortos, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos. A Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, seguida por Espanha. A França ocupa o quinto lugar da tabela. Veja também: Consulte Mais informação: SIC Notícias

França é o único que se safa da recessão económica, quando isto acabar, o governo está rico ás custas das multas.

Entrega digital, mais verbas mais cedo: há novas medidas excepcionais do ICA para agilizar apoiosDocumentos, cópias e reuniões via Internet, primeiras tranches para escrita e desenvolvimento com mais financiamento e festivais apoiados mesmo que adiados. Sector da exibição, que vive paralisação inédita, sem novas medidas específicas.

EUA são agora o país com mais casos de covid-19, ainda mais que a ChinaNova Iorque é agora o epicentro da epidemia, mas a Louisiana pode ser o próximo foco da doença que se está a espalhar rapidamente. Uma tragédia

França. Registado recorde de mortes em 24 horasFrança e acompanham com um monumento de Barcelona?

França utiliza TGV para transportar doentes da AlsáciaDurante a madrugada as ambulâncias transportaram os doentes para a estação de caminhos de ferro de Estrasburgo. Pois sabendo que os hospitais privados da Alsácia estão prontos para receber doentes, o estado vai transportá-los para o oeste onde em breve serão carregados também... Gestão muito boa mesmo...

França anuncia total de 1.331 mortos e avisa que ″crise vai ser longa″O diretor-geral da Saúde, Jérôme Salomon, anunciou esta quarta-feira que o país tem 25.233 casos confirmados do novo coronavírus, 1.331 mortos em meio hospitalar e que a 'crise vai ser longa'.

Morreu o treinador que levou a seleção de França ao primeiro títuloMichel Hidalgo tinha 87 anos e comandou a França à conquista do Euro 84, depois de nas meias-finais ter afastado Portugal no prolongamento.



DGS admite dupla contagem de casos de Covid-19 no Porto

Bolsonaro ameaça acabar com quarentenas no Brasil porque 'todos morremos um dia'

Inspetores do SEF matam ucraniano à pancada no aeroporto de Lisboa

Twitter apaga vídeos de Bolsonaro por violarem recomendações sobre a pandemia

Messi confirma: plantel do Barcelona abdica de 70% do salário

Adepta do Benfica acorda de um AVC e diz: Samaris!

Portugal recebe hoje 200 mil testes e 700 mil respiradores

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

27 março 2020, sexta-feira Notícia

Notícias anteriores

Covid-19. Novos alertas, um aviso e uma nota de esperança no dia em que o vírus passou uma barreira mais do que psicológica

Próxima notícia

Vacina para tratar tuberculose vai ser testada contra a Covid-19
Hospital no Pavilhão Rosa Mota pronto para a semana com 300 camas Há 160 mortes por Covid-19 em Portugal. Mais de sete mil infetados Rei da Tailândia faz quarentena com 20 mulheres em hotel alemão Menina de 12 anos morre com Covid-19 na Bélgica Idosos espanhóis com coronavírus pedem que não os discriminem nos cuidados intensivos Comissão vai investigar decisão da Hungria que dá plenos poderes a Viktor Orbán Dolores Aveiro mostra-se confiante com a neta Valentina: 'Inspiração do dia' Lar de idosos em Barcelos evacuado devido ao coronavírus. Há 9 infetados Neve sai à rua em tempos de quarentena e pinta de branco Norte e Centro do País. Veja as imagens Pedro Granger obrigado a passar a noite fora de casa: 'Vou andar sem saber se tenho corona por ter dormido no chão' Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro cria Linha Apoio Covid-19 Futebolista Rúben Neves oferece dois ventiladores ao hospital da Feira
DGS admite dupla contagem de casos de Covid-19 no Porto Bolsonaro ameaça acabar com quarentenas no Brasil porque 'todos morremos um dia' Inspetores do SEF matam ucraniano à pancada no aeroporto de Lisboa Twitter apaga vídeos de Bolsonaro por violarem recomendações sobre a pandemia Messi confirma: plantel do Barcelona abdica de 70% do salário Adepta do Benfica acorda de um AVC e diz: Samaris! Portugal recebe hoje 200 mil testes e 700 mil respiradores Ginásios não podem cobrar totalidade da mensalidade Menino de 14 anos com Covid-19 morreu devido a meningite Bolsonaro desvaloriza coronavírus e diz que todos vamos morrer Homem apanhado a caminhar na faixa do meio da A1 em Aveiras 'A Imortal': Italiana de 102 anos vence coronavírus e tem alta hospitalar