Tecnologia, Internet, Google, Itália, Internacional

Tecnologia, Internet

Itália impõe multa de 100 milhões de euros à Google

Itália impõe multa de 100 milhões de euros à Google

13/05/2021 11:29:00

Itália impõe multa de 100 milhões de euros à Google

Em causa está a recusa da Google em aceitar incluir na plataforma Google Play uma aplicação que permite encontrar pontos de carregamento para viaturas elétricas.

Subscrever"Através do sistema operacional Android e das aplicações Google Play, a Google detém uma posição dominante (...). É preciso recordar que em Itália três quartos dos smartphones que se utilizam são Android", refere o comunicado.

Um quarto da população portuguesa já completou a vacinação Bolsonaro gere crise pandémica com ajuda de um ministério-sombra Activista da Greenpeace cai no relvado antes do França-Alemanha

De acordo com o regulador italiano, a"Google não autorizou a utilização da aplicação JuicePass, desenvolvido pelo gigante italiano de energia Enel, no sistema Android Auto que permite ao veículo aceder a numerosos serviços.

"A JuicePass oferece uma vasta gama de serviços destinados ao carregamento de veículos elétricos que procuram pontos de recarga ou gestão de cobrança através da reserva de um terminal", acrescenta a entidade italiana. headtopics.com

Esta aplicação concorre diretamente com a aplicação Google Maps que atualmente permite"apenas" a busca de pontos de recarga para os veículos elétricos."A Google ao rejeitar à Enel X Itália (...) a disponibilização da aplicação JuicePass no Android Auto, limitou injustamente as possibilidades dos utilizadores", considera a autoridade da concorrência que iniciou o processo de investigação sobre o assunto em maio de 2019.

"Ao excluir a aplicação da Enel X Itália da Android Auto prolonga-se há mais de dois anos. A continuação desta conduta pode prejudicar de forma permanente a possibilidade da Enel X Itália de construir uma sólida base de utilizadores numa altura em que se verifica um aumento significativo das vendas de veículos elétricos", sublinha a autoridade da concorrência.

Neste contexto,o regulador italiano exigiu também à Google que venha a disponibilizar à Enel X Itália e a outras plataformas os"instrumentos para programar aplicações que devem funcionar no Android Auto".Esta obrigação vai estar sob monitorização de um especialista independente antimonopólio"a quem a Google deve fornecer toda a colaboração e informações necessárias", conclui o comunicado.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Itália impõe multa de 100 milhões de euros à GoogleA autoridade da concorrência italiana anunciou hoje que impôs à empresa norte-americana Google uma multa de mais de 100 milhões de euros por abuso de posição dominante. Que é como quem diz: 'precisamos de sacar mais dinheiro, é a vossa vez'.

Estado vai financiar a 100% habitação para famílias residentes em Odemira, diz António CostaO primeiro-ministro explicou, no Parlamento, que o Executivo está a trabalhar em 'respostas diferenciadas' para residentes e para trabalhadores sazonais e assegurou que irá garantir 'soluções de habitação' para todos os trabalhadores. 🤣🤣🤣🤣 E os meus primes de Miranda? ... XOAQUIN tens de ter có bide... para unha casita Propaganda ao mais alto nível. Que falta de tudo. Agora os emigrantes já são importantes...

Turista fica pendurado a 100 metros de altura após queda de ponte de vidro

Ponte de vidro parte e homem fica pendurado a 100 metros de alturaVelocidade do vento na altura em que a ponte se partiu era superior a 150 quilómetros por hora.

Retoma progressiva: Período normal de trabalho pode ser reduzido a 100% até junhoO Governo alargou o apoio à retoma progressiva até junho, permitindo às empresas com quebras de faturação de 75% que reduzam o período normal de trabalho até ao máximo de 100%.

AHRESP reitera necessidade de manter apoios para recuperar 100 mil empregos40% das empresas de restauração dizem já ter efetuado despedimentos desde o início da pandemia.