Israel lança novos ataques aéreos sobre a Faixa de Gaza

Israel lança novos ataques aéreos sobre a Faixa de Gaza

16/06/2021 02:55:00

Israel lança novos ataques aéreos sobre a Faixa de Gaza

Estes são os primeiros ataques israelitas desde que o novo Governo de coligação chegou ao poder

A Força Aérea israelita retomou os ataques na Faixa de Gaza, ao início da madrugada de quarta-feira, após o lançamento de balões incendiários na terça-feira desde o território palestiniano para o sul de Israel, revelaram forças de segurança.

MIlhares de manifestantes pró-Bolsonaro exigem mudança no sistema de voto Vacinação de crianças deve ter ″naturalmente″ intervenção médica Patrícia Mamona honrou o ″país pequeno″ ao voar acima dos 15 metros

Estes ataques e os balões incendiários são os primeiros grandes incidentes entre Israel e Gaza desde o cessar-fogo de 21 de maio, que terminou com 11 dias de uma guerra relâmpago que causou 260 mortos no lado palestiniano, incluindo crianças, adolescentes e combatentes, e 13 mortos em Israel, incluindo uma criança, uma adolescente e um soldado.

Segundo fontes das forças de segurança palestinianos, citadas pela agência AFP, a força aérea israelita teve como alvo pelo menos um local a leste de Khan Younès, uma cidade no sul da Faixa de Gaza, enclave de dois milhões de habitantes. headtopics.com

Também um fotógrafo da AFP, Khan Younes, presenciou os ataques.Estes são os primeiros ataques israelitas contra este território palestiniano, que é controlado pelo Hamas e que está sob bloqueio de Israel, desde que o novo Governo de coligação chegou ao poder, retirando após 12 anos de governação Benjamin Netanyahu.

O lançamento de balões incendiários causou cerca de 20 incêndios no sul de Israel, segundo os bombeiros locais, e surgiram como resposta ao desfile de milhares de ultranacionalistas israelitas.A 'Marcha das Bandeiras' realizada esta terça-feira foi um teste para o recente e frágil Governo israelita e para o cessar-fogo precário em vigor.

Embora meios de comunicação social e analistas de segurança antecipassem que este desfile podia desencadear graves episódios de violência, este decorreu sem incidentes de maior, embora tenham ocorrido alguns episódios isolados, sobretudo de jovens palestinianos que se recusaram a obedecer à polícia.

Os incidentes causaram ferimentos leves em 33 palestinianos, devido à intervenção das forças de segurança israelita com balas de borracha, relatou o movimento Internacional Crescente Vermelho, citado pela agência EFE.Um porta-voz da polícia israelita revelou que dois elementos policiais ficaram feridos durante os confrontos, nos quais jovens palestinos atiravam pedras contra a polícia, e foram efetuadas 17 detenções. headtopics.com

Hamilton examinado após corrida. Piloto desconfia de efeitos de longo prazo da covid-19 Uma semana de férias fora de casa? Quase quatro em cada dez portugueses não pode GP da Hungria: Vettel desclassificado... por acabar com menos de um litro de combustível

Este desfile que reivindica a soberania israelita sobre a Cidade Santa, já que celebra o que os israelitas consideram a reunificação da cidade em 1967, teve como resposta por parte dos palestinianos em Gaza o lançamento de balões incendiários.

Os Estados Unidos e a ONU pediram"contenção" antes deste desfile polémico que o novo Governo israelita, liderado por Naftali Bennett, autorizou, definindo a sua rota para evitar confrontos com os palestinianos. Consulte Mais informação: Expresso »

Israel lança ataque aéreo em Gaza em resposta a balões incendiáriosÉ a primeira atitude ofensiva entre os dois territórios desde o fim de uma ronda de 11 dias de combates transfronteiriços no mês passado. Claro, israel ataca sempre 'em resposta'. E os balões, foi em resposta a quê? Vocês não têm vergonha?

Israel quebra cessar-fogo e lança ataques aéreos em GazaA aviação israelita realizou ataques aéreos contra a Faixa de Gaza esta quarta-feira, um dia após balões incendiários terem sido lançados do território da Palestina contra o sul de Israel, de acordo com fontes de segurança palestinianas e testemunhas. Malditos israelenses. Não foi Israel a quebrar o cessar fogo. Primeiro houve ataque vindo da Palestina! Esses invasores estão a aniquilar um povo.

Explosões ouvidas em Gaza. Fontes de segurança palestinianas dizem que Israel lançou novo ataqueCessar-fogo aconteceu em maio. Exército israelita diz que atingiu locais militares do Hamas em Khan Yunis e na Cidade de Gaza.

Israel autoriza controversa marcha da extrema-direita em Jerusalém LesteA realização deste protesto levanta receios de mais violência entre israelitas e palestinianos. O aviso foi dado antes, se realmente acontecer, já sabem o que lhes espera... 🚀 Depois de voltarem a atacar a Palestina ...agora são Facistas ou nazis ... Devem ter a memória curta, será que a seguir também vão fazer um campo de concentração para os estrangeiros que vivem em Israel...👎

Benjamin Netanyahu deixou de ser primeiro-ministro de IsraelBenjamin Netanyahu deixou de ser primeiro-ministro de Israel, depois de doze anos consecutivos no poder. O Parlamento israelita votou favoravelmente a moção de confiança para a constituição de um novo governo, liderado pelo nacionalista Naftali Bennet.

Israel autoriza controversa marcha da extrema-direita em Jerusalém LesteO novo governo israelita autorizou esta segunda-feira a controversa marcha de judeus nacionalistas e da extrema-direita em Jerusalém Leste, cuja realização, na terça-feira, no setor palestiniano ocupado da Cidade Santa levanta receios de mais violência. eduardo_esteve3 A prova que trocar de presidente não é nada. É preciso mudar não só a figura do presidente, mas sim sua orientação política-ideologica. O massacre aos palestinos permanecerá.