Espanha, Sars-Cov-2, Gatos, Covid-19, Coronavírus, Animais Domésticos

Espanha, Sars-Cov-2

Investigação confirma que animais domésticos podem ser infetados pelos donos

Investigação confirma que animais domésticos podem ser infetados pelos donos

23/05/2020 13:25:00

Investigação confirma que animais domésticos podem ser infetados pelos donos

Um gato infetado com o coronavírus e cujo dono sofre de covid-19 encontra-se saudável e assintomático, revela um estudo de investigadores, divulgado em Espanha , naquele que pode ser o primeiro caso detetado na Europa.

A pesquisa foi realizada entre 8 de abril e 4 de maio junto de 23 animais de companhia de pessoas com doença de coronavírus em La Rioja, província situada no norte de Espanha."A infeção foi encontrada na amostra recolhida na boca de um dos gatos, assintomático e que continua perfeito, saudável", disse à EFE o investigador.

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Trump com tributo a George Floyd Açores sem casos de covid-19. Último doente internado recuperou Jardins do vinho do Porto: Taylor’s e Churchill’s reabrem caves e têm propostas ao ar livre

Para José António Oteo, esteresultado vem confirmar que"os animais de estimação podem ser infetados por pessoas doentese, como tal, há necessidade de os proteger"."Ninguém mostrou que os animais de companhia podem ser uma fonte de infeção para os seres humanos

", explicou, defendendo a necessidade de ser realizada"mais investigação" nesta área."Provavelmente, eles [animais domésticos] não têm carga viral suficiente para nos infetar, mas as informações devem ser geradas quando uma nova infeção emergente aparecer", como aconteceu com a covid-19, referiu.

Considerado um dos principais especialistas mundiais em doenças transmitidas por carrapatos, JoséAntónio Oteo manifestou-se preocupado com a possibilidade das martas (ou visons) poderem transmitir a doença aos seres humanos.O investigador referia-se ao caso detetado, esta semana, na Holanda. Os especialistas daquele país colocam a hipótese de o trabalhador numa quinta de criação de visons (martas) ter sido infetado por aquela espécie.

Para Oteo, quando uma nova doença aparece,"é necessário gerar conhecimento". O investigador alertou que não se podem retirar muitas conclusões da pesquisa agora realizada, mas defendeu que"os gatos podem ficar doentes".

"Podemos infetar os nossos animais de estimação", apelando aos donos para que"tenham cuidado e quando estiverem doentes não exponham os animais às suas secreções"."Protejam os animais de estimação, cuidem deles e sigam as regras de higiene, como acontece com as pessoas", insistiu.

O projeto-piloto envolveu doze cães, oito gatos, dois coelhos, um porquinho-da-índia e os respetivos donos. Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

E se a investigação prosseguir vai descobrir por exemplo que certas vacinas para animais já prevê defensas contra Covid.

Covid-19: será este um ano de estrelas Michelin?Com a Covid-19 e a lenta reabertura dos restaurantes com estrelas Michelin, a dúvida instala-se: o famoso guia de capa vermelha será publicado em novembro, como manda a tradição?

O que a covid-19 fez ao corpo de um enfermeiro infetadoUm enfermeiro norte-americano infetado com o novo coronavírus perdeu 22,5 quilos em seis semanas, depois de um agravamento da doença o ter atirado para uma cama de hospital. industria de produtos para emagrecer vao ja comprar a patente tornou-o numa pessoa normal.

Desigualdades sociais pós-covid-19: um teste à saúde mental dos portuguesesNum país com um crónico subinvestimento na área da saúde mental, em que cerca de 65% dos casos de doença se encontram sem tratamento e que anualmente provocam perdas de mais de 300 milhões de euros na economia, urge apostar na contratação de recurso

Uganda apreende 200 quilos de escamas de pangolim, um dos suspeitos de transmitir covid-19As autoridades do Uganda apreenderam 200 quilos de escamas de pangolim, que podem corresponder a mais de 600 exemplares deste animal, um dos mais ameaçados do planeta, noticiaram as agências internacionais.

''Existe um odor específico nas pessoas infetadas com covid-19'' que os cães conseguem identificar“Existe um odor específico nas pessoas infetadas com covid-19“ que os cães conseguem identificar

Solskjaer: «Prefiro ver um buraco na equipa do que um idiota»Treinador que foi contratado em 2018 pelo Manchester United garante que na primeira época teve de lidar com 'maçãs podres'