Impasse na decisão sobre a mensalidade para a CPAS. Direção quer aumento para 258 euros

A reunião do Conselho Geral desta sexta-feira terminou num impasse e a decisão sobre as prestações mensais para a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) só será tomada no final de dezembro

03/12/2021 21:45:00

A reunião do Conselho Geral desta sexta-feira terminou num impasse e a decisão sobre as prestações mensais para a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) só será tomada no final de dezembro

A reunião do Conselho Geral desta sexta-feira terminou num impasse e a decisão sobre as prestações mensais para a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) só será tomada no final de dezembro. Em cima da mesa está um aumento para os 281 euros que os bastonários recusam.

E usufrua de todas as vantagens de ser assinanteA Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) continua sem uma decisão sobre o valor das prestações mensais que os seus membros terão de suportar no próximo ano. A direção avançou com uma proposta de

Morreu Paco Gento, lenda do Real Madrid

6,63euros, para os258,01euros mensais, mas os bastonários das duas ordens envolvidas, a dos Advogados e a dos Solicitadores e agentes de Execução, recusam, terminantemente, qualquer aumento. O assunto esteve agendado para uma reunião do Conselho Geral da CPAS, marcada para esta sexta-feira e onde, além da direção da CPAS, têm assento os bastonários. A reunião, porém, terminou num impasse e a decisão foi adiada para nova reunião, que deverá acontecer a 20 de dezembro. 

Leia TambémSolicitadores e advogados na incerteza sobre contribuições a pagar em 2022No ano passado, recorde-se, assistiu-se a idênticobraço de ferro com a direção da CPAS, liderada pelo advogado Carlos Pinto de Abreu. No final, as prestações acabaram por ficar inalteradas. Os argumentos então usados pelos bastonários para recusar aumento são os mesmos que agora invocam: a situação de pandemia que o país ainda atravessa e a fragilidade financeira que enfrentam muitos dos membros das duas ordens. headtopics.com

Leia TambémCaixa dos advogados e solicitadores quer aumentar quotasAdvogados, solicitadores e agentes de execução são obrigados a descontar para a CPAS e têm de pagar uma mensalidade fixa, independentemente dos rendimentos que obtenham a cada mês. A maioria (cerca de 90%) opta pelo 5º escalão, que atualmente implica uma mensalidade de 251,38. 

José Calado: «Luisão bufo? Não estamos a falar de um jogador que passou pelo Benfica um ano»

Desde 2018 que a forma de apuramento da base de incidência contributiva para a CPAS deixou de estar indexada à remuneração mínima mensal garantida, como acontecia até aí. Foi então criado um Indexante Contributivo, atualizado com base no Índice de Preços no Consumidor, mas ao qual foi aplicado um fator de correção, que inicialmente foi de 14%. Este alívio tem vindo a ser reduzido, mas tem-se mantido sempre, sendo que cabe à direção da CPAS, no final de cada ano, apresentar ao Conselho Geral um fator de correção para o ano seguinte. Caso este aceite, então a proposta segue para o Governo, que há de proceder, por portaria, à sua fixação.

Leia TambémJosé Carlos Resende: “Devem criar-se as condições para ir toda a gente para a Segurança Social” 

Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »

O debate entre António Costa e Jerónimo de Sousa na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Covid-19: Alemanha vai impor confinamento parcial aos não vacinadosAlém do aumento das restrições para pessoas não vacinadas, um projeto de lei sobre a vacinação obrigatória será submetido ao Parlamento, para entrar em vigor em fevereiro ou março Se os vacinados tb transmitem o vírus qual os pontos em que se basearam ....

Trabalhadores das rodoviárias privadas em greveTrabalhadores reivindicam o aumento do salário base do motorista para 750 euros e uma atualização, na mesma percentagem, para os demais trabalhadores. Começa a saga do mês! Vamos ver quem se segue! Metro? CP? Carris? Ja sabemos que a Transtejo faz greve na semana do Natal!

Trabalhadores das rodoviárias privadas cumprem hoje nova greve de 24 horasOs trabalhadores reivindicam o aumento do salário base do motorista para 750 euros, bem como uma atualização, na mesma percentagem, para os demais trabalhadores.

Trump quer mais mil milhões de dólares para financiar o seu projeto de rede socialO antigo presidente dos Estados Unidos quer angariar junto de investidores privados mais dinheiro fresco para financiar o seu projeto de media, sem ainda ter mostrado detalhes sobre esta mesma iniciativa

Trabalhadores das rodoviárias privadas cumprem hoje nova greve de 24 horasSociedade - Trabalhadores das rodoviárias privadas cumprem hoje nova greve de 24 horas

Câmara de Lisboa cancela festejos da passagem de ano e vai decidir sobre fogo de artifícioSociedade - Câmara de Lisboa cancela festejos da passagem de ano e vai decidir sobre fogo de artifício