IL quer despedir 'treinador' António Costa por descer Portugal de divisão

23/01/2022 00:48:00

João Cotrim Figueiredo diz que geringonça durou enquanto 'reverteu e destruiu'.

Il, João Cotrim Figueiredo

Política - IL quer despedir 'treinador' António Costa por descer Portugal de divisão

João Cotrim Figueiredo diz que geringonça durou enquanto 'reverteu e destruiu'.

João Cotrim Figueiredo diz que geringonça durou enquanto"reverteu e destruiu".LusaJoão Cotrim FigueiredoFOTO: LusaO presidente da Iniciativa Liberal (IL) disse este sábado que nas eleições legislativas de 30 de janeiro os portugueses vão ter a oportunidade de despedir o"treinador" António Costa por ter descido Portugal de divisão.

"Portugal desceu de divisão, se António Costa fosse um treinador estava prestes a ser despedido e, no próximo dia 30 de janeiro, os portugueses têm mesmo a oportunidade de o despedir", afirmou João Cotrim Figueiredo, num comício realizado no Mercado de Santa Clara, em Lisboa.

Consulte Mais informação: Correio da Manhã »

È inútil votar na IL. Cotrim é mais do mesmo. Vocês já viram este fulano alguma vez falar em corrupção? Despedimento é com a IL mesmo

IL apela ao voto porque 'futuro de Portugal depende da escolha de cada português' - SIC NotíciasJoão Cotrim de Figueiredo disse ainda esperar que as pessoas que estejam em isolamento se sintam “suficientemente” seguras para irem votar. João Cotrim de Figueiredo disse ainda esperar que as pessoas que estejam em isolamento se sintam “suficientemente” seguras para irem votar.

IL procurou mochila para carregar peso de mudar o país'É muito pesada a responsabilidade de mudar Portugal', disse o líder do Iniciativa Liberal , de visita a uma feira, onde procurou uma mochila para carregar o peso de 'mudar' o país.

Legislativas: Cotrim de Figueiredo (IL) dá a palavra em como não fará governo com o ChegaAinda bem....nada a favor do sistema....este é mais do mesmo...mais uma mosca para a mesma m...å

Tracking Poll: PSD ultrapassa PS. Chega, BE e IL muito próximosCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. Força António Costa, o que importa é no dia 30 ☘️ A CNN a dar colinho ao nazizinho. Dia 30 é que conta. Força AC

Costa acusa PSD de falta de clareza e de fazer uma campanha 'de graçolas' - SIC NotíciasCosta acusa PSD de falta de clareza e de fazer uma campanha “de graçolas” Um homem desesperado, apenas isso!! O PSP tem de prometer, prometer, prometer, como faz o PS para enganar as pessoas? Há muito mais de 6 anos que o PS engana as pessoas e os próprios partidos de esquerda com promessas que não cumpre! Chapéus há muitos...

IL quer despedir"treinador" António Costa por descer Portugal de divisão João Cotrim Figueiredo diz que geringonça durou enquanto"reverteu e destruiu".eleições legislativas de 30 de janeiro porque o próximo governo está nas “suas mãos”.Falando que a sua posição é, neste aspeto, “claríssima”, o liberal teve a oportunidade de comprar um “relógio anti-Chega” , isto segundo o feirante, mas optou por não o fazer por já ter muitos.O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores.

Lusa João Cotrim Figueiredo FOTO: Lusa O presidente da Iniciativa Liberal (IL) disse este sábado que nas eleições legislativas de 30 de janeiro os portugueses vão ter a oportunidade de despedir o"treinador" António Costa por ter descido Portugal de divisão. "Portugal desceu de divisão, se António Costa fosse um treinador estava prestes a ser despedido e, no próximo dia 30 de janeiro, os portugueses têm mesmo a oportunidade de o despedir", afirmou João Cotrim Figueiredo, num comício realizado no Mercado de Santa Clara, em Lisboa. À saída de uma reunião com a Associação da Indústria da Península de Setúbal, o liberal, dirigindo-se ao eleitorado em geral pediu para que se informe bem, escolha e, depois, vote. Perante uma sala cheia, e num discurso de 20 minutos marcado pela repetição das palavras crescer, mudar e IL, o liberal alertou"estar na hora de mudar de governo" porque o atual não é aquele que Portugal precisa. A meio do percurso, João Cotrim Figueiredo foi interpelado por uma senhora que, mais do que o IRS, estava preocupada com o estado da saúde em Portugal, nomeadamente com o facto de estar sem médico de família há oito anos. E advertiu:"podemos estar a pouco mais de seis dias de acabar com seis anos de geringonça". “O futuro de Portugal depende da escolha de cada português, portanto, é importante que cada um exerça esse seu direito de voto, sobretudo agora”, considerou. Leia também IL diz que Portugal precisa de um antibiótico contra o socialismo Geringonça, acrescentou, que durou enquanto"reverteu e destruiu" o que estava feito, nunca tendo servido para pôr o país a crescer.

Cotrim Figueiredo referiu que estes seis anos incutiram no PS a ideia de que era"dono disto tudo" e levaram PCP e BE a defenderem coisas para o país que"não existem ou não funcionam em lado nenhum". Voto antecipado Já sobre o total de 315. Apesar dos gritos “dia 30 Portugal é liberal” que assinalavam a presença da comitiva, Cotrim Figueiredo conseguiu ouvir um feirante dizer “este é dos bons, que eu sei, gosto de o ouvir falar” e, na abordagem, perguntou se tal afirmação era suficiente para contar com o seu voto. Esta geringonça têm à frente um"primeiro-ministro cansado, sem chão, sem energia e a recorrer à mentira e mistificação como se vê na campanha", reforçou. Nesta ocasião ouviram-se assobios na sala para, de seguida, se ouvirem palmas quando o liberal afirmou que Portugal precisa de crescer, mas para isso tem de mudar porque se mantiver as mesmas políticas vai produzir os mesmos resultados. “Não é, de facto, um bom sinal, mas espero que não seja um indicador direto que vai haver menos afluência às urnas”, sublinhou. Leia também Rio será bom primeiro-ministro com IL ao seu lado, afirma Cotrim Figueiredo O presidente da IL aproveitou para fazer um apelo ao voto"verdadeiramente útil", acentuando que votar na IL é votar numa alternativa e não numa alternância. Cotrim Figueiredo sublinhou que costuma ir às feiras, não só em período de campanha política, porque gosta daquele “clima de confusão organizada” de pessoas a fazer pela vida. Um voto na IL"nunca irá dar ao Costa", mas um"voto deitado ao Rio poderá eventualmente ir dar ao Costa" e isso, ressalvou o liberal, não é bom para o país. Nas anteriores legislativas, em 2019, mais de 50.

"Querem diferente, não votem igual, votem na Iniciativa Liberal. Votar na IL é um voto útil porque só nós é que trazemos níveis de exigência, dependência, coragem, energia, frescura e imaginação que os partidos do sistema já perderam", afiançou.903 portugueses exerceram o seu direito uma semana antes da data do ato eleitoral. A importância de votar na IL é a mensagem desta última semana de campanha eleitoral, assumiu. Leia também . Saiba mais:.