“Há centenas de milhões” de detritos espaciais a orbitar a Terra

“Há centenas de milhões” de detritos espaciais a orbitar a Terra

09/05/2021 19:56:00

“Há centenas de milhões” de detritos espaciais a orbitar a Terra

Inês D'Ávila, da Agência Espacial Portuguesa, explica quais os riscos.

Em entrevista à SIC Notícias, Inês D'Ávila, da Agência Espacial Portuguesa, afirma que até ao momento não existem relatos de danos causados por esta “reentrada descontrolada”, mas explica que, caso houvesse, a responsabilidade seria apontada ao país lançador, a China.

″Cadê o Lázaro?″. Brasil busca serial killer há 13 dias Portugal está a entrar na zona vermelha da matriz de risco Administrador da SAD do FC Porto condenado por agressão ao líder da AF Lisboa

“Caso haja danos, a responsabilidade é clara e é do Estado lançador. Neste caso seria da China. Quanto aos detritos que orbitam na Terra, não existe regulamentação nem legislação. Não existem tratados internacionais, há uma grande falta desta legislação”, diz.

A especialista explica que, atualmente, existem cerca de 28 mil objetos catalocados, com cerca de 10 centímetros, a orbitar a Terra. Quando se fala em tamanhos menores, o número sobe para “centenas de milhões”.“Estes detritos aumentam probabilidade de colisão com satélites, o que pode levar, por exemplo, a perda de sistemas de comunicação, falhas na internet, entre outros”, explicou. headtopics.com

NASA acusa China de falhar “normas responsáveis” pelos destroços espaciaisA NASA aponta responsabilidades à China depois da queda dos detroços de um foguetão no Oceano Índico.Numa nota publica no site da agência espacial o admistrador da NASA, Bill Nelson, diz que a China falhou no cumprimento das"normas responsáveis" pelos seus detroços espaciais. Vai mais longe e diz que o país deve minimizar os riscos para as pessias e propriedades na terra.

Os detritos do foguetão chinês lançado no final de abrilcaíram no Oceano Índico, este domingo, depois de mais de uma semana de especulação sobre onde se iria despenhar.MAIOR PARTE DO FOGUETÃO CHINÊS DESINTEGRA-SE NO REGRESSO À TERRA

"De acordo com o percurso e análise, pelas 10:24 (03:34 em Lisboa) de 09 de maio de 2021, o primeiro andar do foguetão Longa Marcha 5B reentrou na atmosfera", declarou o Gabinete de Engenharia Espacial Tripulada chinês, em comunicado.

As coordenadas fornecidas pelas autoridades chinesas apontam para umlocal próximo das ilhas Maldivas, no oceano Índico, a sul da Índia. Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Claro, não nos contentámos a estragar a Terra (solo) como também tivémos de ir mais além.. É tudo isso mesmo SpaceToday1 Isso são o vírus que está em Órbita.. Tem ke levar a máscara... Mas que grande novidade!

Maior parte do foguetão chinês desintegra-se no regresso à Terra e cai no oceano ÍndicoCoordenadas fornecidas pelas autoridades chinesas apontam para um local próximo das ilhas Maldivas, no oceano Índico, a sul da Índia. '...desintegrou-se ... e caiu ...' ou não?!? Lixo espacial. Não só estragamos a Terra, como ainda fazemos questão de enviar lixo para o espaço

Foguetão chinês que 'ameaçou' Portugal desintegra-se no regresso à TerraFora de Campo - Foguetão chinês que 'ameaçou' Portugal desintegra-se no regresso à Terra Quanto muito poderia ameaçar algumas zonas específicas e nunca um País inteiro, enxerguem-se!

Prevista queda de detritos espaciais na Terra esta madrugadaSão restos de um foguetão chinês. Ontem, sabado, a sobrevoar a Lapa (Lisboa), emocionadamente filmado pelo meu filho Manuel Pereira da Silva. Pra ja....cai chuva....deve ser do modulo do wc do foguetao.

Vencer Thiem reforçou estatuto de Zverev na terra batidaO tenista alemão decide a final do Masters 1000 de Madrid com Matteo Berrettini.

Maior parte do foguetão chinês desintegra-se no regresso à TerraMundo - Maior parte do foguetão chinês desintegra-se no regresso à Terra